Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

cabala

cabalacabala | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ca·ba·la ca·ba·la


(hebraico qabbalah, tradição)
nome feminino

1. Interpretação mística de textos bíblicos.

2. Ciência oculta.

3. Combinação secreta para prejudicar alguém. = COMPLÔ, CONLUIO, CONSPIRAÇÃO, INTRIGA, MAQUINAÇÃO, TRAMA

4. Conjunto de pessoas que entram nessa combinação secreta.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "cabala" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...ex-secretária de Estado Hillary Clinton e de outros líderes do Partido Democrata numa grande cabala de pedófilos;;

Em Vida Global

...Também a deputada do Bloco Mariana Mortágua quis deixar claro que “não há nenhuma cabala ” contra o PS, lembrando que a frase “mais dura” do relatório é talvez...

Em VISEU, terra de Viriato.

“Não há nenhuma cabala ” contra o PS, afirmou, adiantando que a frase “mais dura” do relatório é...

Em Aliás

...área do ensaio ocupou-se sobretudo de teatro, Camões, Gil Vicente e a influência da Cabala na poesia portuguesa dos séculos XVI

Em Da Literatura

Isso e a ideia que continua a alimentar em torno de uma cabala política

Em Entre as brumas da memória
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Estou estudando verbos, mas aprendi que existem 3 modos verbais; aqui neste site, vi que tem mais que três. Ainda não conhecia o que está aqui neste site. Por favor, gostaria que me explicasse. O que eu conheço são os modos no indicativo, subjuntivo e o imperativo.
Tal como é afirmado na Gramática Priberam, no capítulo sobre os Modos dos Verbos, são geralmente considerados pelos gramáticos três modos verbais: o indicativo (ex.: ele foi a São Paulo), o conjuntivo ou subjuntivo (ex.: talvez haja boas notícias) e o imperativo (ex.: come a sopa!). Há, no entanto, autores que referem que o condicional ou futuro do pretérito, o futuro do indicativo e o infinitivo podem também eles apresentar valores modais em certos contextos.

A divisão patente na conjugação dos verbos do Dicionário Priberam e no conjugador do FLiP apresenta uma categorização mista entre modos, tempos e formas nominais do verbo. Iremos, no entanto, repensar esta categorização para que os nossos usuários não sejam induzidos em erro.




Gostaria que me explicassem qual das expressões é a correta:
"Isto não tem nada a ver com aquilo."
"Isto não tem nada haver com aquilo."
Das frases que menciona, apenas a primeira (isto não tem nada a ver com aquilo) está correcta, pois, neste caso, a locução ter a ver com significa "estar relacionado com" ou "dizer respeito a" (ex.: fisicamente, o filho não tem nada a ver com o pai; quem disse que eu tenho alguma coisa a ver com essa história?). A segunda frase (*isto não tem nada haver com aquilo) está incorrecta e a dúvida resulta da semelhança fonética do verbo haver com a sequência a ver da locução ter a ver com.

É também a proximidade fonética entre ter a ver (com) e ter a haver que está na origem de outra dúvida muito semelhante, comum a muitos falantes de português, a que já respondemos aqui. É o caso em que a locução ter a ver (com) é confundida com a locução ter a haver, muito mais rara, que significa "ter a receber" ou “ficar na posse de algo” (ex.: a senhora ainda tem troco a haver; já recebi tudo, não tenho mais nada a haver). Nesse caso, qualquer frase decorrente de uma estrutura como ela não tem nada a _____ [ver/haver] com aquilo, é correcta: ela não tem nada a ver com aquilo significa “ela não tem relação com aquilo; aquilo não lhe diz respeito”; ela não tem nada a haver com aquilo significa “ela não recebe nada com aquilo”. No entanto, é altamente provável que, no caso dessa estrutura, a intenção seja indicar que o assunto ou a situação de que se está a falar [aquilo] não diz respeito ao interlocutor ou ao sujeito de quem se fala, pelo que, nesse caso, a única forma correcta de transmitir esse significado é através da locução ter a ver com, tal como ela é usada na frase isto não tem nada a ver com aquilo.

pub

Palavra do dia

war·fa·ri·na war·fa·ri·na


(inglês warfarin, de W[isconsin] A[lumni] R[esearch] F[oundation], sociónimo + [cum]arin, cumarina)
nome feminino

[Química]   [Química]  Substância (C19H16O4) usada como anticoagulante na prevenção de tromboses e na composição de raticidas. = VARFARINA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/cabala [consultado em 24-09-2021]