PT
BR
Pesquisar
Definições



caçula

A forma caçulapode ser[adjectivo de dois géneros e nome de dois génerosadjetivo de dois géneros e nome de dois géneros], [nome feminino] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
caçula1caçula1
( ca·çu·la

ca·çu·la

)


adjectivo de dois géneros e nome de dois génerosadjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

1. Diz-se de ou filho mais novo (ex.: filha caçula; o caçula é muito rebelde).

2. Diz-se de ou irmão mais novo.


nome masculino

3. [Ornitologia] [Ornitologia] Ave passeriforme (Myiornis ecaudatus) da família dos tiranídeos. = TIRANINHO-PIGMEU-DE-CAUDA-CURTA

etimologiaOrigem etimológica:quimbundo kasule, filho último, derradeiro, o último de uma série.
Confrontar: casula.
caçula2caçula2
( ca·çu·la

ca·çu·la

)


nome feminino

Acto de socar ou moer milho a braços, no pilão.

etimologiaOrigem etimológica:quimbundo kusula, surrar, malhar, açoitar, bater, trabalhar.
Confrontar: casula.

Auxiliares de tradução

Traduzir "caçula" para: Espanhol Francês Inglês

Esta palavra no dicionário



Dúvidas linguísticas



Qual denominação para a "operação" de passar Francisco a Chico, Helena a Lena, Alice a Lili, etc.
As palavras Chico, Lena ou Lili são hipocorísticos (isto é, nomes próprios usados para designar alguém de maneira informal ou carinhosa) em relação a Francisco, Helena e Alice, respectivamente. Estes três hipocorísticos mostram, contudo, fenómenos diferentes de formação de palavras: em Francisco > Chico há uma redução por aférese acompanhada de alteração expressiva da forma reduzida; em Helena > Lena há uma simples redução por aférese; em Alice > Lili há uma redução com aférese e apócope e com o redobro de uma sílaba. A estes mecanismos pode ainda juntar-se o frequente uso de sufixos aumentativos ou diminutivos (ex. Chicão, Leninha).



Numa frase em que se queira dizer para não continuar ou não voltar a ser escravo/servo de algo ou alguém, está correto "não sirvamos mais o.." ou "não sirvamos mais ao..."? Que opção está correta e porquê?
De acordo com o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa ou com o Novo Dicionário Aurélio, o verbo servir, nas acepções “trabalhar como servo”, “fazer de criado” ou “prestar serviços ou trabalhar como empregado”, pode ser transitivo indirecto, isto é, selecciona argumentos iniciados por preposição (ex.: deixou de servir àquela família), transitivo directo, isto é, selecciona objectos directos não iniciados por preposição (ex.: serviu a família durante 20 anos) e intransitivo, isto é, admite construções sem complemento nominal (ex.: ele estava ali para servir). Assim sendo, ambas as construções que refere podem ser consideradas correctas.