PT
BR
Pesquisar
Definições



burro

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
burroburro
( bur·ro

bur·ro

)
Imagem

PortugalPortugal

ZoologiaZoologia

Mamífero quadrúpede (Equus asinus) da família dos equídeos.


nome masculino

1. [Portugal] [Portugal] [Zoologia] [Zoologia] Mamífero quadrúpede (Equus asinus) da família dos equídeos.Imagem = ASNO, JERICO, JUMENTO

2. [Brasil] [Brasil] [Zootecnia] [Zootecnia] Animal quadrúpede, híbrido e estéril, filho de burro e égua ou de cavalo e burra. = MACHO, MU, MUAR, MULO

3. [Jogos] [Jogos] Jogo de cartas.

4. [Técnica] [Técnica] Triângulo em que se prende a madeira curta que se quer serrar.

5. Pontalete que mantém o carro de tracção animal desatrelado em posição horizontal.

6. Cama de campanha.

7. Espécie de banco de cardador.

8. Banco rústico.

9. Engenho para tirar água de poços ou rios, por meio de balde.

10. [Desporto] [Esporte] Jogo de destreza que consiste em lançar pequenas malhas ou discos, para um tabuleiro inclinado, em quadrículas numeradas, e numa delas uma cabeça de burro.

11. [Pouco usado] [Pouco usado] [Desporto] [Esporte] Instrumento para saltos, que consiste num corpo de forma rectangular ou oval, estofado ou forrado a couro, assente sobre quatro pés extensíveis. = CAVALO

12. [Marinha] [Marinha] Cabo de verga de mezena.

13. [Marinha] [Marinha] Pequeno motor auxiliar.

14. [São Tomé e Príncipe] [São Tomé e Príncipe] Temporal de sudoeste na costa de São Tomé.

15. Versão literal de autores latinos ou gregos, usada normalmente por estudantes. = CHICHA, PAI-VELHO


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

16. [Depreciativo] [Depreciativo] Que ou quem se considera ter falta de inteligência. = ESTÚPIDO, TOLO


adjectivoadjetivo

17. [Construção] [Construção] Diz-se do tijolo maciço feito de argila cozida.

18. [Agricultura] [Agricultura] Diz-se de uma espécie de milho amarelo.


alimentar um burro a pão-de-ló

[Informal] [Informal] Tratar alguém com a atenção ou a gentileza que ele não aprecia ou não merece.

amarrar o burro

[Informal] [Informal] Ficar amuado (ex.: ficou tão chateado que amarrou o burro). = AMARRAR O BODE, AMUAR, EMBURRAR, PRENDER O BURRO

burro como uma porta

[Informal, Depreciativo] [Informal, Depreciativo] Que é muito estúpido (ex.: assistente burro como uma porta).

burro como um calhau

[Informal, Depreciativo] [Informal, Depreciativo] O mesmo que burro como uma porta.

burro de carga

Animal asinino ou muar usado no transporte de mercadorias (ex.: o burro de carga não servia para montar).

[Informal, Figurado] [Informal, Figurado] Pessoa sobrecarregada de trabalho; pessoa que faz o seu trabalho e o de outrem (ex.: durante anos foi o burro de carga do armazém).

burro montês

Burro selvagem. = ÓNAGRO

estar com o burro

[Informal] [Informal] Estar amuado.

pra burro

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Em grande quantidade ou em alto grau.

prender o burro

[Informal] [Informal] Ficar aborrecido, amuado. = AMARRAR O BURRO, AMUAR, EMBURRAR

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de burrico.
Confrontar: borro.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:asnada, asnaria, burrada, burrama, burricada, jericada, jumentada, manada, récua, récova.

Auxiliares de tradução

Traduzir "burro" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber se em palavras nas quais o prefixo termina com a mesma vogal que inicia a outra palavra (como anti+inflamatório; poli+insaturado, etc...) há necessidade de se usar hífen ou se é possível fusionar as duas vogais (e.g., antiinflamatório; poliinsaturado).
Esta questão tem uma resposta diferente se pretender a ortografia antes ou depois do Acordo Ortográfico de 1990 (AO de 1990).

Segundo o Acordo Ortográfico de 1945 (válido para a norma portuguesa antes do AO de 1990) e também segundo o Formulário Ortográfico de 1943 (válido para a norma brasileira antes do AO de 1990), o elemento de formação anti- apenas deve ser ligado por hífen a palavras que comecem por h (ex.: anti-higiénico), i (ex.: anti-ibérico), r (ex.: anti-rugas) ou s (ex.: anti-semita).

Relativamente ao emprego do prefixo poli-, não é tão fácil chegar a uma resposta conclusiva e peremptória para a ortografia antes da aplicação do AO de 1990. Este prefixo não é expressamente referido no Acordo Ortográfico de 1945 (vd. bases XXVIII a XXXII, sobre o uso do hífen), nem no Formulário Ortográfico de 1943, pelo que só se pode inferir o comportamento de poli- a partir do registo lexicográfico de outras palavras com o mesmo prefixo. Assim sendo, a consulta de obras de referência revela um comportamento análogo ao de outros prefixos que nunca são seguidos de hífen, como mono- ou bi- (ex: monoinsaturado, biebdomadário, poliarticular, polirrítmico, polissacarídeo, poliúria), o que valida a forma poliinsaturado, que é, aliás, a forma registada pelo Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa.
Outra opção tomam o Grande Dicionário Língua Portuguesa, da Porto Editora, e o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências, que registam a forma polinsaturado, com a elisão da vogal (i oral) em que termina o prefixo. A este respeito, Rebelo Gonçalves, no seu Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (Coimbra: Atlântida, 1947, pp. 252-253), refere que se deve prever também esta opção com estes prefixos que nunca são seguidos de hífen, isto é, "o caso de um prefixo não aparecer em forma plena, por terminar em vogal e esta se elidir ante uma vogal do elemento imediato: endartrite, etc".

Nas obras consultadas, é de referir que não há registo de nenhuma outra forma com o mesmo contexto de poli-+insaturado (poli- seguido de i nasal), mas apenas com um contexto de poli- seguido de i oral: formas como poliide (género de algas) ou poliidrite (mineral) surgem averbadas no Grande Dicionário da Língua Portuguesa (12 vol., Porto, Amigos do Livro Editores, 1981), de José Pedro Machado. Pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet revelam uma maior ocorrência de poliinsaturado (e suas flexões) no português do Brasil e de polinsaturado (e suas flexões) no português europeu, provável reflexo do diferente registo lexicográfico nas duas normas do português, não podendo, no entanto, nenhuma destas duas formas ser considerada incorrecta.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, estes dois prefixos terão tratamento idêntico, uma vez que passa a haver regras mais gerais e contextuais do que nos textos legais anteriores. Assim, segundo a Base XVI, 1º, alínea b), quando um prefixo ou pseudoprefixo termina na mesma vogal com que se inicia o segundo elemento deverá usar-se hífen, pelo que deverá escrever-se anti-inflamatório e poli-insaturado (a par de polinsaturado).




Gostaria de saber a vossa definição da palavra antropofágico e gostaria também que me dessem um exemplo de como a palavra escatológico pode ser usada com vários sentidos.
O adjectivo antropofágico designa o que é relativo a antropofagia ou a antropófago (cujas definições poderá encontrar no Dicionário da Língua Portuguesa On-line, seguindo as hiperligações) e pode, na maioria dos contextos, ser sinónimo de canibalesco.

O adjectivo escatológico diz respeito a escatologia, mas, atendendo a que esta palavra corresponde a dois homónimos (isto é, palavras que se escrevem e lêem de maneira igual, mas que têm significados e etimologias diferentes), pode ter significados diferentes consoante os contextos. Por exemplo, humor escatológico poderá dizer respeito ao humor feito com recurso a alusões aos excrementos e necessidades fisiológicas; por outro lado, filosofia escatológica poderá dizer respeito à filosofia que trata do que pode acontecer no fim do mundo ou no fim dos tempos.