Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

broque

broquebroque | n. m.
1ª pess. sing. pres. conj. de brocarbrocar
3ª pess. sing. imp. de brocarbrocar
3ª pess. sing. pres. conj. de brocarbrocar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

bro·que bro·que


nome masculino

Tubo dos ventiladores dos fornos de fundição.


bro·car bro·car

- ConjugarConjugar

(broca + -ar)
verbo transitivo

1. Furar com broca.

verbo transitivo e intransitivo

2. [Brasil]   [Brasil]   [Agricultura]   [Agricultura]  Cortar mato com foice ou derrubar árvores, para preparar terreno de cultivo.

3. [Brasil]   [Brasil]  Limpar o café na broca.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "broque" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Minha dúvida é a seguinte: Quando eu digo que vou emprestar algo (vou-te emprestar minha camiseta, por exemplo), essa frase está errada? E quando digo que vou emprestar algo de alguém (vou emprestar sua camiseta, por exemplo)? Queria saber se ambas as frases estão corretas, se são ambíguas ou algo do gênero ou se o verbo emprestar tem um jeito certo de ser usado.
O verbo emprestar é transitivo directo e pode significar “transferir ou dar temporariamente alguma coisa”, não necessariamente uma coisa possuída por quem empresta (neste sentido, vou-te emprestar a minha camisa significa vou ceder-te a minha camisa temporariamente e vou emprestar a sua camisa significa vou ceder temporariamente a sua camisa a outra pessoa). No português do Brasil, o verbo emprestar pode significar também “pedir temporariamente uma coisa a outrem” (neste sentido, vou emprestar a sua camisa significa vou pedir temporariamente a sua camisa). Por este motivo, ambas as frases estão correctas, podendo a segunda ser ambígua no português do Brasil.



O substantivo RAIVA pode ser regido pelas preposições POR ou CONTRA? Exs: raiva por meu inimigo, raiva contra meu rival
De acordo com o Dicionário de Regimes de Substantivos e Adjetivos, de Francisco Fernandes (25.ª ed., São Paulo, Editora Globo, 2000), o substantivo raiva pode ser regido pelas preposições a (ex.: tenho raiva a quem lhes fez mal), de (ex.: ela ficou com raiva de mim) ou por (ex.: sentimos raiva pelos amigos que não nos ajudaram). Relativamente à preposição por, é de salientar que há casos em que a mesma é usada com o substantivo raiva mas que não faz parte da sua regência, pois trata-se do introdutor de uma oração causal (ex.: tremia de raiva por ter perdido o jogo; esta frase é semanticamente equivalente a tremia de raiva por causa de ter perdido o jogo). Pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet revelam que a preposição contra também pode ser usada com este substantivo (ex.: encheu-se de raiva contra o vizinho), mas o número de ocorrências é baixo. As mesmas pesquisas revelam que a preposição de é bastante mais usada com este substantivo do que qualquer outra das preposições mencionadas.
pub

Palavra do dia

eins·têi·ni·o eins·têi·ni·o


([Albert] Einstein, antropónimo [físico alemão] + -io)
nome masculino

[Química]   [Química]  Elemento químico artificial (símbolo: Es), de número atómico 99. = EINSTÉNIO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/broque [consultado em 18-04-2021]