PT
BR
Pesquisar
Definições



borboleta

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
borboletaborboleta
|lê| |lê|
( bor·bo·le·ta

bor·bo·le·ta

)
Imagem

EntomologiaEntomologia

Insecto lepidóptero na última metamorfose.


nome feminino

1. [Entomologia] [Entomologia] Insecto lepidóptero na última metamorfose.Imagem

2. [Figurado] [Figurado] Pessoa inconstante, volúvel.

3. [Informal, Depreciativo] [Informal, Depreciativo] Mulher de má nota, que vagueia pelas ruas.

4. Espécie de rainúnculo.

5. Dispositivo móvel que gira em torno de um eixo para condicionar o acesso e a passagem de pessoas. = TORNIQUETE

6. Placa móvel que permite regular a tiragem de uma chaminé ou de um forno. = REGISTO


nome masculino

7. [Brasil] [Brasil] [Desporto] [Esporte] Estilo de natação em que o nadador, de barriga para baixo, movimenta simultaneamente os dois braços, que se introduzem na água de cima para baixo, e se impulsiona batendo as duas pernas ao mesmo tempo. (Equivalente no português de Portugal: mariposa.)

etimologiaOrigem etimológica:origem duvidosa.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:enxame.

Auxiliares de tradução

Traduzir "borboleta" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).




"Sê educado", o colega disse que estava errado. Gostaria de saber o correto.
A expressão “Sê educado” está correcta. A forma verbal é a segunda pessoa do singular do imperativo do verbo ser, como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa e seleccionando a opção Conjugar. Veja-se o uso desse modo verbal imperativo nas seguintes frases:
1. Tu, sê educado!
2. Você, seja educado!
3. Nós, sejamos educados!
4. Vós, sede educados!
5. Vocês, sejam educados!