Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

bite-bite

bite-bitebite-bite | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

bi·te·-bi·te bi·te·-bi·te


(origem onomatopaica)
nome masculino

[Ornitologia]   [Ornitologia]  Pequena ave limícola migratória (Tringa ochropus), da família dos caradriídeos, com cerca de 20 centímetros de comprimento, plumagem escura no dorso e clara na parte inferior, de bico curto e fino. = BIQUE-BIQUE, MAÇARICO-BIQUE-BIQUE

Plural: bite-bites.Plural: bite-bites.
pub

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

. Vamos lá falar de Política novamente A despolitização de uma sociedade deixa severos rasgos na malha da democracia. Talvez seja por isso que os movimentos de cariz populista tanto gostam do ‘sound bite ’, da alienação do Homem. Mas não são os únicos. Poɾ defeito pɾofissionɑl dou comigo

Em a peida é um regalo ... do nariz a gente trata

I went down to the harbor just to catch a bite to eat Boats along the quay and seagulls round my feet reminds me Of when we were here together And the food was so tasteless, the wine was so stale I looked in the mirror and my face was so pale So different from when we were here together

Em blog0news

os smartphones) ou os canais de notícias pela manhã para saber como seria o dia. Em Toronto, no inverno, isso era fundamenta: podia ser a diferença entre um bom dia e perder as pontas dos dedos por frost bite . Quase aconteceu, confesso. Após o surgimento dos “telefones espertos”, com internet e mil

Em A Sopa no Exílio

, stuff me i’m full sorry, drown’d, lubed up for forgetting, stains on the mattress because you’re missing from me — your kindest vagina, folds like a buddha — bite down finger in & think of you in winter never to cum in my arms again or come to any harm. CANÇÃO como um porco na despensa, não estou farto

Em Viva a Poesia

? (Avengers Desassemble) – Marvel Especial #4 (Panini – set/07) • What If... Spider-Man had rejected the Spider? Poison Selves (The Others) – Marvel Especial #4 (Panini – set/07) • What If... Wolverine was never deprogrammed? Bite the hand that Feeds (Wolverine Enemy of the State) – Marvel Especial #4 (Panini

Em confrariadearton.blogspot.com
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio pedir que me tirem uma dúvida relacionada com a palavra bolor: a correcta pronunciação da palavra acima referida é "bolor" (com o mesmo tipo de fonologia que existe em, por ex.: ardor ou timor) ou "bolór" (obviamente sem o uso do acento que coloquei, mas com um som como em pior ou maior). Pessoalmente penso que se pronuncia sem nenhum tipo de acentuação, mas desde que vim estudar para o Porto estou rodeado de gente que diz o contrário.
A pronúncia das palavras em português não obedece, em geral, a critérios de correcção, pois não se trata de uma pronúncia correcta ou incorrecta, mas de variações de pronúncia relacionadas com o dialecto ou o sociolecto do falante. Algumas obras lexicográficas contêm transcrições ou indicações de pronúncia (ou de ortoépia), que mais não são do que referências, e que, como tal, não podem ser tomadas como normativas ou vinculativas.

No caso da palavra bolor, parecem ser consideradas correctas as pronúncias do segundo o como [o] (o símbolo entre parênteses representa no alfabeto fonético internacional o som ô de ardor ou Timor) ou como [ɔ] (o símbolo entre parênteses representa no alfabeto fonético internacional o som ó de pior ou pó), ainda que a pronúncia com o som ô seja estatisticamente mais frequente. Assim, por um lado, o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo GONÇALVES (Coimbra, Coimbra Editora, 1966) e o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto, Porto Editora, 2004) indicam as duas fonéticas, enquanto o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro MACHADO (Lisboa, Âncora, 2001), o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências (Verbo, 2001) e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Lisboa, Círculo de Leitores, 2002) assinalam apenas a pronúncia ô.

Pelo que foi acima apontado, a dúvida colocada diz respeito à qualidade da vogal fonética que corresponde à ortografia, e não a uma acentuação diferente (em ambas as pronúncias, trata-se da mesma sílaba acentuada, bolor). Uma vogal ortográfica (, por exemplo) pode, no português europeu, corresponder a diversas vogais fonéticas (ex.: [u], em bolor), [o] ou [ɔ], em bolor). Esta qualidade da vogal é geralmente fixa em cada palavra (normalmente, o mesmo falante não oscila entre [o] ou [ɔ], em bolor), mas pode alterar-se quando, numa palavra derivada, a sílaba dessa vogal passa de tónica a átona (ex.: bolor [o] ou [ɔ] > bolorento [u]).




A palavra pirâmide é apresentada pelo DLPO como de origem latina mas, no 1º teste do campeonato de português são colocadas 5 hipóteses e nenhuma é latina: egípcia, árabe, grega, germânica e celta. Penso que será grega mas gostaria de confirmar.
Como se pode ler no verbete pirâmide do Dicionário de Língua Portuguesa On-line, esta tem origem grega (“Gr. pyramís, pyramídos“), mas entrou no português através do latim (“do Lat. pyramide“).
pub

Palavra do dia

ni·ví·co·la ni·ví·co·la


(latim nix, nivis, neve + -cola)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

Que vive em região em que há neve (ex.: espécies nivícolas).

Confrontar: vinícola.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/bite-bite [consultado em 19-01-2022]