PT
BR
Pesquisar
Definições

bicha

A forma bichapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de bicharbichar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de bicharbichar], [adjectivo de dois génerosadjetivo de dois géneros] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
bichabicha
( bi·cha

bi·cha

)
Imagem

Tubo metálico flexível com aplicações variadas, podendo cobrir e proteger um tubo de borracha para conduzir líquidos (ex.: bicha do esquentador).


nome feminino

1. Qualquer animal de corpo comprido e sem pernas, como a cobra, a lombriga, a sanguessuga, etc.

2. Objecto ou figura de formato estreito e alongado.

3. [Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Fileira de pessoas, umas atrás das outras (ex.: bicha da caixa do supermercado). = FILA

4. Fêmea de um animal, em especial de animal doméstico, como a fêmea do cão ou do gato.

5. Pequena peça pirotécnica que arde agitando-se no chão. = BICHA-DE-RABEAR

6. [Joalharia] [Joalheria] Arrecada em forma de serpente.

7. Tubo metálico flexível com aplicações variadas, podendo cobrir e proteger um tubo de borracha para conduzir líquidos (ex.: bicha do esquentador).Imagem

8. Tubo de borracha com que se tira vinho pela batoqueira das vasilhas.

9. O mesmo que bicha do conta-quilómetros.

10. [Informal, Depreciativo] [Informal, Depreciativo] Homossexual masculino. = LARILAS, MARICAS

11. Pessoa irada ou de trato difícil.

12. Galão ou divisa (na manga de uniforme).

13. [Marinha] [Marinha] Escaler da fiscalização aduaneira.

14. [Marinha] [Marinha] Tira de gacheta terminada em sapatilho.

15. [Calão] [Tabuísmo] Órgão sexual masculino. = PÉNIS

16. [Portugal: Trás-os-Montes, Calão] [Portugal: Trás-os-Montes, Tabuísmo] Órgão sexual feminino.

17. [Informal] [Informal] Aguardente.

18. [Brasil] [Brasil] Serpentina do alambique nos engenhos de açúcar.


adjectivo de dois génerosadjetivo de dois géneros

19. [Informal] [Informal] Relativo à homossexualidade masculina.

20. [Informal] [Informal] Que tem determinadas características que se atribuem à homossexualidade masculina. = ABICHANADO, LARILAS, MARICAS


bicha do conta-quilómetros

[Portugal] [Portugal] Veio de transmissão metálico e flexível que liga as rodas de um veículo ao conta-quilómetros.

fazer bichas

[Brasil] [Brasil] Fazer diabruras.

pegarem as bichas

[Informal] [Informal] Obterem bom resultado os meios empregados para se conseguir qualquer fim.

etimologiaOrigem etimológica:feminino de bicho.
bichar1bichar1
( bi·char

bi·char

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo intransitivo

Encher-se de bichos. = ABICHAR

etimologiaOrigem etimológica:bicho + -ar.
bichar2bichar2
( bi·char

bi·char

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e intransitivo

[Moçambique, Informal] [Moçambique, Informal] Formar bicha, fila de pessoas, geralmente à espera de algo (ex.: eles foram bichar pão; bichou a manhã toda no cartório).

etimologiaOrigem etimológica:bicha + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "bicha" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Qual a forma correcta de dizer em português: biossensor ou biosensor?
A grafia correcta, apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários por nós consultados, deverá ser biossensor, por analogia com outras palavras formadas a partir do prefixo de origem grega bio-, que exprime a noção de “vida”: biossatélite, biossintético, biossistema, etc. Este comportamento é também análogo ao de alguns prefixos terminados em o, como sejam retro-, socio- e tecno-, que obrigam à duplicação do r e do s quando o elemento ao qual se apõem se inicia por uma dessas consoantes.



Como deve ser pronunciada a palavra parece como na frase Ele parece estar cansado. Já ouvi a pronúncia aberta e também a fechada na segunda sílaba. Também a palavra interesse, como no caso Tenho interesse no assunto, coloca dúvidas.
A questão diz respeito à qualidade da última vogal do radical do verbo (ex.: parecer) na terceira pessoa do presente do indicativo. No caso em apreço, não se trata de uma característica pontual do verbo parecer, mas do sistema verbal da segunda conjugação (a dos verbos em -er, a que pertence o verbo parecer).

Nesta conjugação, quando as formas verbais são rizotónicas (isto é, com acento tónico na última vogal do radical; ex.: parece, pareça) e a última vogal do radical é e (ex.: parecer, meter) ou o (ex.: comer, socorrer), o padrão fonético mais geral (com várias excepções) é:
a) ter a última vogal do radical fechada (isto é, com o som ê ou ô, respectivamente) na primeira pessoa do singular do presente do indicativo (ex.: eu pareço, eu socorro), no presente do conjuntivo (ex.: que eu pareça, que eles socorram) e na terceira pessoa do imperativo (ex.: socorram aquele homem).
b) ter a última vogal do radical aberta (isto é, com o som é ou ó, respectivamente) na segunda e terceira pessoas do singular e na terceira pessoa do plural do presente do indicativo (ex.: tu pareces, eles socorrem) e na segunda pessoa do singular do imperativo (ex.: socorre aquele homem).

No caso do substantivo interesse, a norma culta (apresentada por dicionários, vocabulários e outras obras de referência) preconiza que a vogal tónica (interesse) seja lida ê. Esta pronúncia deverá diferenciar este substantivo da forma verbal interesse correspondente à primeira e terceira pessoas do singular do presente do conjuntivo do verbo interessar (que eu/ele interesse). No caso deste verbo e dos outros verbos da primeira conjugação cuja última vogal do radical é e (ex.: levar) ou o (ex.: escovar, mostrar), a vogal do radical nas formas rizotónicas é usualmente aberta (isto é, com o som é ou ó, respectivamente; ex.: interesse, interessam, levo, levem, escovo, escovas, mostram, mostre).