Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

belfo

belfobelfo | adj.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

bel·fo |é|bel·fo |é|


(espanhol belfo)
adjectivo
adjetivo

1. Que tem pendente ou mais grosso o beiço inferior.

2. Que parece falar com a boca cheia.

3. Que tem os dentes rombos e mal pode pastar (diz-se de animal).

pub

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...recorrer e a rasgar de elogios, é, nada mais nada menos, que Rui Fernando Belfo Pereira, um sportinguista fanático, como podem constatar nas fotos em anexo..

Em O INDEFECTÍVEL

Cordeiro, Furriel José Eduardo Belfo Conceição, 2º Sargento José Pedro R..

Em Alberto Helder

Na equipa dos Pretos saíram o Rodrigo "Estou-Cada-Vez-Mais-Magro" Belfo e o Luís Nunes e entraram nada mais, nada menos que: João Fontes (guarda-redes...

Em playmaker

Luís Roque O Oficial de Justiça, Ass) Alexandra Antunes Belfo Certificação CITIUS: Elaborado em: 17-02-2016 45 hectares com vista para o Castelo de Bode...

Em Cidadãos por Abrantes

...a candeia beldroegas - planta rasteira de folhas carnudas, comestível em sopa e saladas belfo - desdentado berra - narceja (gallinago) berrelas - que berra

Em Águas Frias
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio para me tirarem uma dúvida que é a seguinte: Quando uma pessoa muda de uma região para a outra, mas dentro do próprio país, como se diz? Emigrar ou Imigrar? E quando uma pessoa vai para outro país para trabalhar e para viver?
Os verbos emigrar e imigrar têm em comum o significado de migrar, e apenas diferem no ponto de vista, isto é, emigrar é "sair, temporária ou definitivamente, do seu país ou região" e imigrar é "entrar e fixar-se, periódica ou definitivamente, num outro país ou região" (o mesmo se aplica aos respectivos derivados, como emigrante/imigrante, emigração/imigração). Esta diferença deve-se ao facto de o verbo emigrar conter, já em latim, um elemento e- ou ex-, que deriva da preposição latina ex e que indica "movimento para fora", da mesma forma que o verbo imigrar contém um elemento i- ou in-, que deriva da preposição latina in e que indica "movimento para dentro".

Assim, pode dizer-se, por exemplo, que um português que vai trabalhar para o estrangeiro emigra, relativamente a Portugal (ex.: o pai dele emigrou aos 17 anos; estava a pensar emigrar para a Austrália), e imigra, relativamente ao país de acolhimento (ex.: a família imigrou e já vive neste país há uma década); da mesma forma, um estrangeiro que veio trabalhar para Portugal é imigrante neste país (ex.: os imigrantes permitem rejuvenescer a população envelhecida) e emigrante no seu país de origem (ex.: todos os meses, o emigrante envia dinheiro à família).

Como foi dito acima, qualquer um destes verbos (e ainda o verbo migrar) pode ser usado tanto para uma acção de mudança de país como de região (ex.: abandonaram o cultivo dos campos e emigraram para a cidade; imigrara vinte anos antes, vindo dos Açores).




Será o, já há tanto tempo usado, termo acutilância um estrangeirismo ou um neologismo, à espera de passar todos os crivos da linguística, para entrar nos dicionários? A palavra é de uso corrente, e de significado bem definido, mas não a encontrei em nenhum dicionário. Estranho. Mas eu não sou um linguista. E aguardo a explicação dum entendido.
As palavras acutilância e acutilante não são estrangeirismos, pois formam-se através de regras morfológicas do português, utilizando dois sufixos produtivos: o adjectivo acutilante, que significa "perfurante, incisivo", resulta então da aposição do sufixo -ante ao verbo acutilar e o substantivo acutilância, que significa "qualidade do que é acutilante", resulta da aposição do sufixo -ância ao mesmo verbo. Este verbo, por sua vez, é também formado no português, derivando de cutelo.
pub

Palavra do dia

con·ge·ni·al con·ge·ni·al


(con- + genial)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Conforme ao génio ou à índole de alguém ou de alguma coisa (ex.: era a rebeldia congenial da adolescência). = INERENTE

2. Próprio por natureza; que vem desde o nascimento (ex.: sentimentos congeniais; virtude congenial). = CONATO, CONGÉNITO, INATO, INGÉNITO, NATO, NATURAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/belfo [consultado em 02-12-2021]