Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

conservador

conservadorconservador | adj. | n. m. | adj. n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

con·ser·va·dor |dô|con·ser·va·dor |dô|


(conservar + -dor)
adjectivo
adjetivo

1. Que conserva.

2. Que é oposto a mudanças políticas.

nome masculino

3. Partidário da política conservadora.

4. Funcionário encarregado da conservação de arquivos, de registos, de bibliotecas ou de património cultural.

5. Profissional que chefia uma conservatória de registo predial, comercial ou civil.

6. [Química]   [Química]  Substância química destinada a evitar o desenvolvimento de bactérias, geralmente em alimentos. = CONSERVANTE

adjectivo e nome masculino
adjetivo e nome masculino

7. Que ou quem não gosta de mudanças em relação ao que é habitual ou tradicional. = REACCIONÁRIO

Confrontar: conversador.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "conservador" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Em 1925 foi nomeado director- conservador do Museu Regional de Bragança , que desde 1935 é designado por Museu do...

Em Geopedrados

conservador que aí então se vivia e que era fruto do salazarismo e, simultaneamente, em...

Em Deriva das Palavras

Um profundo sentimento conservador vai marcar os governantes portugueses daí em diante, recusando tomar conhecimento da evolução social...

Em TEMPO CONTADO

uma possível intervenção, para já, fora dos planos, Coates vai recuperar através de tratamento conservador : nos próximos dias, trabalhará para debelar o inchaço e só depois passará ao...

Em Fora-de-jogo

...– Heckfield , 9 de novembro de 1940) foi um político britânico do Partido Conservador , Primeiro-Ministro do Reino Unido entre maio de 1937 e maio de 1940..

Em Geopedrados
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio para me tirarem uma dúvida que é a seguinte: Quando uma pessoa muda de uma região para a outra, mas dentro do próprio país, como se diz? Emigrar ou Imigrar? E quando uma pessoa vai para outro país para trabalhar e para viver?
Os verbos emigrar e imigrar têm em comum o significado de migrar, e apenas diferem no ponto de vista, isto é, emigrar é "sair, temporária ou definitivamente, do seu país ou região" e imigrar é "entrar e fixar-se, periódica ou definitivamente, num outro país ou região" (o mesmo se aplica aos respectivos derivados, como emigrante/imigrante, emigração/imigração). Esta diferença deve-se ao facto de o verbo emigrar conter, já em latim, um elemento e- ou ex-, que deriva da preposição latina ex e que indica "movimento para fora", da mesma forma que o verbo imigrar contém um elemento i- ou in-, que deriva da preposição latina in e que indica "movimento para dentro".

Assim, pode dizer-se, por exemplo, que um português que vai trabalhar para o estrangeiro emigra, relativamente a Portugal (ex.: o pai dele emigrou aos 17 anos; estava a pensar emigrar para a Austrália), e imigra, relativamente ao país de acolhimento (ex.: a família imigrou e já vive neste país há uma década); da mesma forma, um estrangeiro que veio trabalhar para Portugal é imigrante neste país (ex.: os imigrantes permitem rejuvenescer a população envelhecida) e emigrante no seu país de origem (ex.: todos os meses, o emigrante envia dinheiro à família).

Como foi dito acima, qualquer um destes verbos (e ainda o verbo migrar) pode ser usado tanto para uma acção de mudança de país como de região (ex.: abandonaram o cultivo dos campos e emigraram para a cidade; imigrara vinte anos antes, vindo dos Açores).




Na frase dei de caras com um leão, qual a função sintáctica das expressões de caras e com um leão?
A locução verbal dar de caras corresponde a uma expressão idiomática do português, que por esse motivo não é habitualmente decomposta, equivalendo a um verbo como deparar-se ou a outra locução verbal como encontrar subitamente. Na frase apontada, pode no entanto considerar-se a expressão de caras como um modificador adverbial (designado por complemento circunstancial na gramática tradicional), indicando o modo como se processa a acção expressa pelo verbo dar (equivalente, por exemplo a subitamente numa frase como deu subitamente com um leão).
A expressão com um leão pode ser considerada complemento indirecto seleccionado pelo verbo dar, pois com um leão é um complemento nominal introduzido indirectamente pela preposição com.

pub

Palavra do dia

con·ge·ni·al con·ge·ni·al


(con- + genial)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Conforme ao génio ou à índole de alguém ou de alguma coisa (ex.: era a rebeldia congenial da adolescência). = INERENTE

2. Próprio por natureza; que vem desde o nascimento (ex.: sentimentos congeniais; virtude congenial). = CONATO, CONGÉNITO, INATO, INGÉNITO, NATO, NATURAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/conservador [consultado em 02-12-2021]