Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "conservador" nas definições

encaretar | v. pron. | v. intr.
    Tornar-se conservador, tradicional, careta....

desencaretar | v. tr.
    Tornar menos conservador, retrógrado, careta....

direita | n. f. | interj.
    Grupo político considerado mais conservador (em certos parlamentos)....

quadrado | adj. | n. m.
    Que é conservador ou retrógrado....

esquerda | n. f. | interj.
    Conjunto dos grupos e partidos que professam opiniões progressistas, por oposição à direita, conservadora....

rotina | n. f.
    Índole conservadora ou oposta ao progresso....

bibliotecário | n. m. | adj.
    Conservador, administrador ou funcionário de uma biblioteca....

caramuru | n. m.
    Membro do partido conservador, no Império....

senátus-consulto | n. m.
    Decisão do senado conservador, em França, no primeiro e segundo impérios....

extrema-direita | n. f. | n. 2 g.
    Conceito genérico que designa um conjunto de partidos, agentes políticos e população que partilha doutrinas, ideologias, orientações ou princípios considerados mais à direita dos tradicionais partidos conservadores, ou mais extremados do que estes....

ultradireita | n. f.
    Conceito genérico que designa um conjunto de partidos, agentes políticos e população que partilha doutrinas, ideologias, orientações ou princípios considerados mais à direita dos tradicionais partidos conservadores, ou mais extremados do que estes....

ultradireitismo | n. m.
    Conceito genérico que designa um conjunto de partidos, agentes políticos e população que partilha doutrinas, ideologias, orientações ou princípios considerados mais à direita dos tradicionais partidos conservadores, ou mais extremados do que estes....

salonismo | n. m.
    Estética ou tendência fotográfica dos salões de fotografia das décadas de 40 a 60 do século XX, em geral conservadora e corporativista....

amish | n. 2 g. 2 núm. | adj. 2 g. 2 núm.
    Membro de uma comunidade religiosa, resultante de uma separação cismática de menonitas anabaptistas suíços e alsacianos, que se instalou sobretudo em zonas rurais da América do Norte no século XVIII, e que professa um estilo de vida simples, humilde e conservador, afastado dos costumes e tecnologias da sociedade moderna....

saquarema | n. m.
    Designação antiga de sectário do partido conservador, na época do Império, no Brasil....

hemerotecário | n. m. | adj.
    Conservador, administrador ou funcionário de uma hemeroteca....

Dúvidas linguísticas


A minha dúvida é como se escreve correctamente esquece e comece, o c é com cedilha ou sem cedilha?
Como pode verificar no capítulo Sinais ortográficos da Gramática do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, a cedilha apenas se coloca sob o c antes das vogais a, o ou u e nunca antes de e ou i. De acordo com esta regra, as formas correctas são esquece e comece.



Ao conjugar no site do dicionário o verbo adequar vi os vários tempos que possui. Entretanto causou-me dúvida, pois, em um livro da Profa. Laurinda Grion, 400 erros que um executivo comete ao redigir, ela diz que o verbo adequar é defectivo. No modo presente do indicativo seria conjugado somente nas 1a. e 2a. pessoas do plural. Favor esclarecer-me o que é o correto.
Nem sempre há consenso entre os gramáticos quanto à defectividade de um dado verbo. É o que acontece no presente caso, entre a obra que referencia e, por exemplo, o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, que também conjuga o verbo adequar em todas as suas formas. A este respeito convém talvez transcrever o que diz Rebelo Gonçalves (que conjuga igualmente o referido verbo em todas as formas) no seu Vocabulário da Língua Portuguesa (1966: p. xxx):

"3. Indicando a conjugação de verbos defectivos, incluímos nela, donde a onde, formas que teoricamente podem suprir as que a esses verbos normalmente faltam. Critério defensável, parece-nos, porque não custa admitir, em certos casos, que esta ou aquela forma, hipotética hoje, venha a ser real amanhã; e, desde que bem estruturada, serve de antecipado remédio a possíveis inexactidões."

O Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa refere ainda, s. v. -equar que "os poucos verbos da língua com essa terminação (adequar, coadequar, inadequar) são tidos como conjugáveis, regularmente, só nas formas arrizotônicas; modernamente, porém, ocorrem formas rizotônicas segundo dois padrões - adéquo/adequo, adéquas/adequas, etc." Uma última ressalva: o dicionário on-line que consultou reflecte a norma europeia do português, em que há uma clara preferência pelas formas com -u- tónico nas formas rizotónicas: adequo, adequas, adequa, adequam; adeqúe, adeqúes, adeqúe, adeqúem (em vez do que parece ser mais frequente no Brasil: adéquo, adéquas, adéqua, adéquam; adéqüe, adéqües, adéqüe, adéqüem).

Palavra do dia

al·pe·chim al·pe·chim


(espanhol alpechín)
nome masculino

1. Sumo negro e amargo das azeitonas.

2. Resíduo do fabrico do azeite. = ÁGUA-RUÇA


SinónimoSinônimo Geral: ALPERCHIM

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/conservador [consultado em 28-11-2021]