Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

anuir

anuiranuir | v. intr.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·nu·ir |u-í|a·nu·ir |u-í|

- ConjugarConjugar

(latim annuo, -ere, fazer sinal com a cabeça, aprovar)
verbo intransitivo

Estar de acordo, dar anuência a. = APROVAR, ASSENTIR, CONCORDAR, CONSENTIRNEGAR, RECUSAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "anuir" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

E o que dizer do PSD em apenas anuir em reclamar nos apuramentos dos votos dos

Em CP - Cromos de Portugal

...temos de ser pragmáticos e objetivos, não há revisão da lei sem o PS anuir ..

Em www.ultraperiferias.pt

Estou aqui para te demonstrar que, apesar de anuir com a tua opinião, não estavas de todo certa, e que até mesmo pelo...

Em A Luz do Farol

(…) Limitou-se a anuir a meia

Em De Rerum Natura

...dizem-nos: – Fizemos a nossa parte, fazei ora a vossa – E nós a anuir , a aquiescer

Em daniel abrunheiro
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber o porque se usa tanto apartir de ou concerteza sendo que o correto é a partir de e com certeza ?
Este fenómeno acontece frequentemente com locuções muito usuais em que os utilizadores da língua têm dificuldades em identificar as fronteiras das palavras, o que tem como consequência erros ortográficos como apartir de (em vez de a partir de), concerteza (em vez de com certeza) ou derrepente (em vez de de repente).



Tenho algumas dúvidas relativamente à posição do pronome nas seguintes estruturas gramaticais, deve dizer-se: a) gostava de o ver ou gostava de vê-lo; b) tenho o prazer de o convidar ou tenho o prazer de convidá-lo?
Nas frases apontadas, ambas as hipóteses podem ser utilizadas e nenhuma delas é considerada incorrecta. Nas hipóteses gostava de vê-lo e tenho o prazer de convidá-lo, o pronome átono o ocupa a sua posição canónica, à direita do verbo de que depende (ver e convidar, respectivamente), mas, na colocação dos clíticos, as preposições provocam geralmente a próclise, isto é, a atracção do clítico para antes do verbo (gostava de o ver e tenho o prazer de o convidar). Esta colocação proclítica é, no entanto, obrigatória quando o verbo está no infinitivo flexionado (ex.: Empresto-te o livro, mas é para o leres com atenção; Ele indignou-se por lhe omitirmos informação; e nunca *Empresto-te o livro, mas é para lere-lo com atenção; *Ele indignou-se por omitirmos-lhe informação; o asterisco indica agramaticalidade).

A descrição feita acima não se aplica à preposição a, com a qual não há geralmente atracção do clítico (ex.: Eles estavam a insultar-se; Aconselhei as crianças a reconciliarem-se; e não *Eles estavam a se insultar; Aconselhei as crianças a se reconciliarem), senão em registos dialectais do português europeu e, mais frequentemente, no português do Brasil.

pub

Palavra do dia

so·la·ri·e·go |ê|so·la·ri·e·go |ê|


(espanhol solariego)
adjectivo
adjetivo

1. Relativo a solar ou casa nobre.

adjectivo e nome masculino
adjetivo e nome masculino

2. [Antigo]   [Antigo]  Que ou quem é proprietário ou habitante de um solar.


SinónimoSinônimo Geral: SOLARENGO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/anuir [consultado em 29-09-2022]