Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

anarquismo

anarquismoanarquismo | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·nar·quis·mo a·nar·quis·mo


nome masculino

Sistema político que defende a anarquia.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "anarquismo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

sobre o que é o Anarquismo , hoje..

Em Deriva das Palavras

...academia era uma coisa, mas a explosão de formas completamente irracionais de ecologia e anarquismo , partiu

Em BioTerra

...iniciar sua produção literária, mas àquela altura ele já estava comprometido ideologicamente com o anarquismo cristão, além de encasquetado com a ideia de um romance envolvendo adultério, suicídio e...

Em blog0news

...na I República (Letra Livre, 2011, 2018), de Para uma História da Repressão do Anarquismo em Portugal no Século XIX (Letra Livre, 2015) e co-organizador de Península Ibérica –...

Em Almanaque Republicano

a capital, claro, era São Petersburgo] Silva Mendes , Socialismo Libertário ou Anarquismo (1896)

Em Abencerragem
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostava de saber se está correcta a repetição da preposição pelo na formulação a seguir: No quadro do seu périplo pelo Ruanda, pelo Burundi, pela RD Congo e pela Tanzânia, o fulano vai encontrar-se com o sicrano.
Não há nenhuma incorrecção na repetição da contracção pelo/pela na frase que refere. Pelo contrário, alguns gramáticos recomendam inclusivamente que, numa enumeração de substantivos, se for utilizado o artigo definido antes do primeiro, devem ser utilizados artigos definidos antes dos restantes substantivos (cf. CUNHA e CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa: João Sá da Costa, 14ª ed., 1998, p.235). Isto aplica-se nesta frase, pois pelo/pela são contracções da preposição por com os artigos definidos o/a.



Por vezes somos abordados desta forma: Deseja um café? Sim senhora, trago-lhe já. Sendo eu um indivíduo do sexo masculino, qual é a resposta correcta para esta questão e quais os erros que estão em causa?
As palavras senhor ou senhora são usadas como formas de tratamento de cortesia em relação a alguém a quem nos dirigimos. Assim, devem concordar em género e número com o destinatário da mensagem (ex.: As senhoras desejam chá? [sendo o destinatário feminino plural]; O senhor dá-me licença? [sendo o destinatário masculino singular]).

Na frase em questão na sua dúvida, trata-se de uma resposta dada coloquialmente (ex.: sim, senhora, trago-lhe já; não, senhores, não podem fazer isso), mas que mantém a forma de tratamento e deve obedecer à concordância lógica com o destinatário, pelo que a frase deverá ser, com um destinatário do sexo masculino, Sim, senhor, trago-lhe já.

pub

Palavra do dia

me·lo·fi·li·a me·lo·fi·li·a


(melo- + -filia)
nome feminino

Gosto pela música. = MELOMANIA, MUSICOFILIA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/anarquismo [consultado em 01-10-2022]