Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

alla polacca

alla polaccaalla polacca | loc.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

alla polacca


(locução italiana)
locução

Em compasso ternário.

pub

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

atividade em meados de 2001, tendo gravado um registo de apresentação em dezembro desse ano em conjunto com os Alla Polacca (Old & Alla ). Este registo de estreia do projecto marca também o início da actividade pública de Francisco Silva – o mentor da banda – enquanto escritor de canções. Depois de alguns

Em Portugal Rebelde

Español: Concierto para violín, chelo y piano en Do mayor, Op. 56 1st Movement (Allegro) 2nd Movement (Largo (atacca)) 3rd Movement (Rondo alla Polacca ) Work: Concerto for Violin, Cello, and Piano in C major, Op. 56 Composer: Ludwig van Beethoven Orchestra: Israel Philharmonic Orchestra Violinist

Em DE ÓPERA E CONCERTOS

Dezembro desse ano em conjunto com os Alla Polacca (a demo Old & Alla ). Em Janeiro de 2003 lançou o álbum de estreia, “April”, produzido por Paulo Miranda e editado pela Bor Land. e tem desde aí mantido actividade regular, entre concertos, edição de novos registos e colaborações com outros artistas.

Em Casa das Artes

as suas gravações caseiras aos músicos dos Alla Polacca , decidem fazer uma edição de autor conjunta para lançar "Old & Alla " numa edição limitada e numerada. O sucesso dessa edição fez com que ambos os projetos acabassem por fazer cópias em CD-R para distribuir pelos amigos e a fazer uma reedição

Em Filarmónica Recreativa Cortense

Harpsichord - Sonata No. 3 in D Major II. Andante alla Polacca (2º and.) http://videos.sapo.pt/30KZDWC2HJ2DVzAZk6N9 J. C. Bach - Six Sonatas for Flute and Harpsichord - Sonata No. 3 in D Major III. Tempo di Minuetto (3º and.) http://videos.sapo.pt/mUcqgt65j9QqARKagmsR J. C. Bach - Six Sonatas for Flute and

Em musikes.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Posso utilizar a expressão e/ou em um texto formal? Se não, como escrevê-la? Posso escrever e ou ou e, ou?
As palavras e e ou são conjunções coordenativas, isto é, relacionam termos que podem ter a mesma função na frase (ex.: vou comprar umas calças azuis e brancas; vou comprar umas calças azuis ou brancas), sendo que a conjunção e indica adição (ex.: calças azuis e brancas) e a conjunção ou indica alternativa (ex.: calças azuis ou brancas).

A expressão e/ou é utilizada para exprimir de maneira económica e clara três hipóteses, duas delas contidas numa alternativa (uma coisa ou outra) e a outra contida numa adição (uma coisa e outra). Por exemplo, numa frase como todos os utilizadores têm o direito de rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais, o texto destacado indica que é possível 1) a rectificação dos seus dados pessoais, 2) a eliminação dos seus dados pessoais, 3) a rectificação dos seus dados pessoais e a eliminação dos seus dados pessoais. Os pontos 1) e 2) estão contidos na alternativa com ou e o ponto 3) está contido na adição com e.

Não há qualquer motivo para a não utilização desta expressão num texto formal. A barra indica opcionalidade entre o e e o ou: rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais = rectificação e eliminação dos seus dados pessoais / rectificação ou eliminação dos seus dados pessoais.




Acho que se escreve boa fé e má fé e não boa-fé e má-fé, como sugere o dicionário. Estou certo?
A tradição lexicográfica portuguesa consagrou o uso do hífen em boa-fé e em má-fé e são estas grafias que aparecem registadas nas principais obras de referência da língua portuguesa contemporânea, nomeadamente em vocabulários, como o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves (Coimbra: Coimbra Ed., 1966) ou o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Lisboa: Ed. Âncora, 2001), e em dicionários, como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Verbo, 2001), o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Lisboa: Círculo de Leitores, 2002) ou o Novo Dicionário Aurélio de Língua Portuguesa (Curitiba: Positivo, 2004).

O uso do hífen é problemático para os utilizadores da língua, pois obedece a regras pouco evidentes e algo contraditórias e é por vezes ditado por uma tradição lexicográfica que os falantes desconhecem. No caso específico de boa-fé, esta dificuldade torna-se evidente numa pesquisa em corpora ou em motores de busca da internet, podendo observar-se a ocorrência da palavra hifenizada a par da locução boa fé, inclusivamente em textos jurídicos. Estes casos, não estando previstos nas bases do Acordo Ortográfico que regulam o uso do hífen, regem-se geralmente pela tradição lexicográfica, motivo pelo qual é aconselhável optar pela grafia boa-fé, atestada na maioria das obras de referência, em detrimento da locução boa fé.

pub

Palavra do dia

zoi·si·te zoi·si·ta


([Sigismund] Zois [von Eldstein], antropónimo [mineralogista esloveno] + -ite)
nome feminino

[Mineralogia]   [Mineralogia]  Mineral ortorrômbico do grupo dos epídotos, usado como pedra preciosa.


• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia em Portugal: zoisite.

• Grafia em Portugal: zoisite.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/alla%20polacca [consultado em 26-01-2022]