Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
aláalá | adv.
AláAlá | s. m.
alaala | s. f. | interj.
3ª pess. sing. pres. ind. de alaralar
2ª pess. sing. imp. de alaralar
Será que queria dizer alá?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·lá a·lá 1
advérbio

[Antigo, Popular]   [Antigo, Popular]  Lá.


A·lá A·lá 2
(árabe alllah, Deus)
substantivo masculino

Designação de Deus na religião muçulmana.


a·la a·la
substantivo feminino

1. Fileira.

2. Flanco.

3. Corpo de edifício em plano posterior ao da frente daquele a que está junto.

4. Metade de um batalhão.

5. [Botânica]   [Botânica]  Énula-campana.

6. [Antigo]   [Antigo]  Asa.

interjeição

7. Expressão usada para afastar ou mandar embora. = FORA


a·lar a·lar 1 - ConjugarConjugar
(francês haler, içar)
verbo transitivo

1. Fazer subir (alguma coisa) por meio de cordas.

2. Puxar ou conduzir à sirga.

verbo intransitivo

3. Fugir, andar.

verbo pronominal

4. Subir, elevar-se.

5. Ter grandes aspirações.

substantivo masculino

6. Rede para pescar lampreias.


a·lar a·lar 3
(latim alaris, -e, das alas de um exército)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Relativo a asa.

2. Em forma de asa. = ALIFORME, ANSIFORME


a·lar a·lar 2 - ConjugarConjugar
(ala + -ar)
verbo transitivo e pronominal

1. Prover(-se) de asas.

2. Formar, dispor em alas.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "ala" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Negocia ou negoceia? Em português de Portugal, a 3ª pessoa do singular do Presente do Indicativo é negocia ou negoceia? Aprendi na escola (portuguesa) e sempre disse negoceia e qual o meu espanto que aqui, na Priberam, aparece o vocábulo negocia na conjugação do verbo. Como no corrector de português de Portugal a expressão Ele negocia não apresenta erro, deduzo que as duas formas estarão correctas. Se por aqui, no Brasil, o termo usado é negocia, pergunto qual o termo que um português deve aplicar.
No português de Portugal é aceite a dupla conjugação do verbo negociar nas formas do presente do indicativo (negocio/negoceio, negocias/negoceias, negocia/negoceia, negociam/negoceiam), do presente do conjuntivo (negocie/negoceie, negocies/negoceies, negocie/negoceie, negociem/negoceiem) e do imperativo (negocia/negoceia, negocie/negoceie, negociem/negoceiem), ao contrário do português do Brasil, que apenas permite a conjugação com a vogal temática -i- e não com o ditongo -ei- (negocio, negocias, etc.).

A mesma diferença de conjugação entre as duas normas do português (europeia e brasileira) apresentam os verbos derivados de negociar (desnegociar, renegociar), bem como os verbos agenciar, cadenciar, comerciar, diligenciar, licenciar, obsequiar e premiar.




Procurei a definição para a palavra invariavelmente, contudo, não a localizei no dicionário. Apenas encontrei invariável. O que muda com o acréscimo de -mente?
De facto, o advérbio invariavelmente não faz parte da nomenclatura do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. A nomenclatura de um dicionário é sempre limitada, e a prova disso é que até o recente Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (edição brasileira da Editora Objetiva, 2001; edição portuguesa do Círculo de Leitores, 2002), considerado o dicionário de língua portuguesa com a maior nomenclatura, também não o regista. A maioria dos dicionários considera que a definição dos advérbios em -mente, com raras excepções, se depreende facilmente dos adjectivos de que derivam. Desta forma, considera-se que invariavelmente poderia ser entendido como “de maneira invariável”, com as acepções do adjectivo invariável.

Esta é, no entanto, uma questão que escapa à maioria dos utilizadores, e às vezes é difícil depreender os sentidos do advérbio a partir da definição do adjectivo. Neste aspecto, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências/Verbo (2001), parece ser bastante completo, informando o utilizador do dicionário dos vários sentidos em que pode ser utilizado o advérbio. Neste caso específico, o advérbio invariavelmente não é apenas um advérbio de modo, significando “de maneira invariável” (ex.: A cena foi repetida três vezes invariavelmente), mas é também um advérbio de tempo, significando “todas as vezes, sem excepção” (ex.: Chegam invariavelmente atrasados às aulas).

pub

Palavra do dia

no·er·gi·a no·er·gi·a
(grego nóos, noûs, mente, pensamento + grego érgon, -ou, trabalho + -ia)
substantivo feminino

[Filosofia]   [Filosofia]  Actividade ou trabalho intelectual.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/ala [consultado em 21-11-2019]