PT
BR
Pesquisar
Definições



acessório

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
acessórioacessório
( a·ces·só·ri·o

a·ces·só·ri·o

)


adjectivoadjetivo

1. Que se junta ou incorpora por acessão.

2. Que se pode dispensar. = SECUNDÁRIOESSENCIAL, FUNDAMENTAL, INDISPENSÁVEL

3. Que não é muito importante.

4. [Anatomia] [Anatomia] Que não faz parte do número de ossos habitualmente contados na estrutura óssea, não existente em todos os espécimes e que não tem origem numa fractura (ex.: ossículo acessório; o trígono é um osso acessório).


nome masculino

5. O que está junto a coisa principal. = COMPLEMENTO

6. Circunstância acidental.

7. Peça que completa ou melhora o funcionamento de algo.

8. Peça ou adorno que se acrescenta ao vestuário.

etimologiaOrigem etimológica:latim tardio *accessorius, -a, -um, do latim accedo, -ere, ir para, aproximar-se, colocar-se ao lado de, aderir.
Confrontar: assessório.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:aparelhagem.

Auxiliares de tradução

Traduzir "acessório" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber a vossa definição da palavra antropofágico e gostaria também que me dessem um exemplo de como a palavra escatológico pode ser usada com vários sentidos.
O adjectivo antropofágico designa o que é relativo a antropofagia ou a antropófago (cujas definições poderá encontrar no Dicionário da Língua Portuguesa On-line, seguindo as hiperligações) e pode, na maioria dos contextos, ser sinónimo de canibalesco.

O adjectivo escatológico diz respeito a escatologia, mas, atendendo a que esta palavra corresponde a dois homónimos (isto é, palavras que se escrevem e lêem de maneira igual, mas que têm significados e etimologias diferentes), pode ter significados diferentes consoante os contextos. Por exemplo, humor escatológico poderá dizer respeito ao humor feito com recurso a alusões aos excrementos e necessidades fisiológicas; por outro lado, filosofia escatológica poderá dizer respeito à filosofia que trata do que pode acontecer no fim do mundo ou no fim dos tempos.




Tenho dúvidas na construção desta frase: "caso tenha dúvidas, não hesite em perguntar" ou "caso tenha dúvidas, não hesite perguntar". Não sei qual a mais correcta.
As duas frases apresentadas encontram-se correctas, pois o verbo hesitar, quando selecciona uma frase infinitiva, pode ser transitivo directo, isto é, selecciona um complemento que não é regido por preposição (ex.: não hesite perguntar) ou transitivo indirecto, isto é, selecciona um complemento regido por preposição (ex.: não hesite em perguntar). Pesquisas em corpora e motores de busca mostram no entanto que a construção como transitivo indirecto (hesitar em) é mais usual.