Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

abismo

abismoabismo | n. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de abismarabismar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·bis·mo a·bis·mo


(latim *abysmus, de abyssus, -i)
nome masculino

1. Grande profundidade que se supõe insondável e tenebrosa. = PROFUNDEZA

2. Fundo do mar. = PEGO, PÉLAGO

3. Lugar, geralmente escarpado, em que há uma grande depressão abrupta. = DESPENHADEIRO, PRECIPÍCIO, VORAGEM

4. Situação difícil ou perigosa.

5. Tudo quanto excede o que de si é excessivo.

6. Coisa ou ser misterioso ou incompreensível. = MISTÉRIO

7. Grande separação ou afastamento.

8. [Heráldica]   [Heráldica]  Centro do escudo.

9. [Religião]   [Religião]  O Inferno.


a·bis·mar a·bis·mar

- ConjugarConjugar

(abismo + -ar)
verbo transitivo

1. Precipitar no abismo.

2. [Figurado]   [Figurado]  Assombrar.

verbo pronominal

3. Cair no abismo; afundar-se.

4. Concentrar o pensamento.

5. Maravilhar-se.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "abismo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

segmentos que ajudam a evitar a queda de Costa no abismo : os que têm 65 ou mais anos (65% de negativas) e os socialistas...

Em www.ultraperiferias.pt

...porn star monument in Odesa»Existe aquele aforismo famoso de Nietzsche: "quando olhas para o abismo , ele também olha para dentro de ti..

Em DRAGOSCÓPIO

...Após, juntam-se os Gatos Pingados no lançamento ao vivo do álbum "Marcha para o abismo " + os trintões Simbiose para fechar o dia..

Em Billy-News

A contenção de sua profunda fé religiosa o manterá à beira do abismo , enquanto um amor honesto cultivado no segredo de seu coração o guarda […]...

Em Blog da Sagrada Família

Abyssus abyssum invocat – O abismo chama (atrai) ou o abismo chama outro abismo Houve tempo em que olhar os...

Em bettips
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Nesta locução latina, qual das formas está correta: "status quo" ou "statu quo"?
A grafia correcta, atestada pelos principais dicionários de língua portuguesa, é statu quo e significa “o estado das coisas em determinado momento”. Esta locução, que se fixou por influência da área diplomática, é redução da expressão latina in statu quo ante que significa “no estado em que se encontrava antes”.

Em português (e em outros idiomas como o francês ou o espanhol), a locução statu quo perdeu o valor adverbial latino e adquiriu valor de substantivo (ex.: A manifestação não representa uma ruptura do statu quo), o que pode estar na origem do aparecimento da forma status quo.

Em latim (e noutras línguas declináveis, como o alemão ou o russo) as funções sintácticas são assinaladas morfologicamente: as diferentes desinências da palavra indicam se ela está a ser usada na posição de sujeito (através do caso nominativo, como em status), de complemento directo (através do caso acusativo, como em statum), de complemento indirecto (através do caso dativo, como em statui), de complemento circunstancial (através do caso ablativo, como em statu), etc. Assim, como a locução passou a ter valor de substantivo, a forma status quo, difundida maioritariamente pelo inglês, e considerada preferencial apenas pelo Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Curitiba: Positivo, 2004), transmitiria essa mudança de significado, já que statu significa “no estado” e não “o estado”. Esta justificação é questionável porque (i) estamos perante a redução de uma outra locução latina, em que há exigência de ablativo após a preposição latina in (“em”), e porque (ii) existem outros casos de palavras e expressões latinas que se fixaram como substantivos no português com a forma de casos que não o nominativo. Exemplos disso são a expressão anno Domini (literalmente, “no ano do Senhor”) que se usa para referir a era cristã, sendo composta pelo ablativo de annus “ano” e pelo genitivo de dominus “senhor”, bem como a palavra quórum, de quorum, genitivo masculino plural do pronome relativo qui, quae, quod “que”.

A locução statu quo não deve porém ser confundida com a palavra isolada status, que significa (i) “estatuto” (ex.: A categoria do trabalhador corresponde ao seu status na empresa) e (ii) “prestígio” (ex.: Exibia nas festas os símbolos do status recém-adquirido por casamento).




Gostaria de saber se a palavra automóvel é composta por aglutinação ou justaposição.
De acordo com a Gramática da Língua Portuguesa, da autoria de Maria Helena Mira Mateus, Ana Maria Brito, Inês Duarte e Isabel Hub Faria (pp. 971-983), existem dois tipos de composição: a morfológica e a morfossintáctica. A composição morfológica agrega dois ou mais radicais (ex.: autofagia = auto- + -fagia, geobiologia = geo- + biologia, hipermercado = hiper- + mercado); esta variedade de composição não deve ser confundida com a derivação por prefixação e/ou por sufixação, pois os radicais em causa têm autonomia semântica e podem juntar-se a outros radicais para formar uma palavra (ao contrário dos prefixos e sufixos, que não se podem juntar a outros prefixos ou sufixos para formar uma palavra). A composição morfossintáctica agrega duas ou mais palavras (ex.: abre-latas, aguardente, guarda-chuva, peixe-espada, viandante) e conjuga propriedades de estruturas sintácticas e propriedades de estruturas morfológicas.

Assim sendo, a palavra automóvel é formada segundo os processos da composição morfológica e não por aglutinação ou justaposição, processos que se englobam na composição morfossintáctica e que, segundo as mesmas autoras, não correspondem a duas classes diferentes de composição, mas a diferentes estádios de lexicalização dos compostos: um no qual se mantêm inalterados os constituintes do composto (ex.: abre-latas) e outro resultante de uma evolução do composto, que lhe confere alterações como a queda ou alteração de fonemas (ex.: aguardente < águ(a + a)rdente).

A distinção entre os compostos morfológicos e os compostos morfossintácticos pode também ser encontrada na nova terminologia linguística adoptada para o ensino básico e secundário e publicada em Diário da República em Dezembro de 2004. Sobre a diferença entre a composição por aglutinação ou justaposição, poderá consultar a resposta formação de pontapé.

pub

Palavra do dia

lha·nu·ra lha·nu·ra


(lhano + -ura)
nome feminino

1. [Pouco usado]   [Pouco usado]  Qualidade do que é sincero, despretensioso ou amável. = LHANEZA

2. [Pouco usado]   [Pouco usado]  Superfície plana. = PLANURA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/abismo [consultado em 12-08-2022]