PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

teiídeo

jacuraru | n. m.

Designação comum aos lagartos da família dos teiídeos, encontrados na Amazónia, de cor esverdeada, flancos inferiores amarelados e manchas escuras no dorso....


teiídeo | adj. | n. m. | n. m. pl.

Relativo aos teiídeos....


teju | n. m.

Grande lagarto (Tupinambis teguixin) da família dos teiídeos, nativo da América do Sul....


teiú | n. m.

Grande lagarto (Tupinambis teguixin) da família dos teiídeos, nativo da América do Sul....


teiú-açu | n. m.

Grande lagarto (Tupinambis teguixin) da família dos teiídeos, nativo da América do Sul....


tejuaçu | n. m.

Grande lagarto (Tupinambis teguixin) da família dos teiídeos, nativo da América do Sul....


tiú | n. m.

Grande lagarto (Tupinambis teguixin) da família dos teiídeos, nativo da América do Sul....


calangro | n. m.

Designação comum a diversos lagartos de pequeno porte, especialmente da família dos teiídeos....


calango | n. m.

Designação comum a diversos lagartos de pequeno porte, especialmente da família dos teiídeos....



Dúvidas linguísticas



Ao fazer a pesquisa do termo prescindir, observei que constava como verbo intransitivo. Pesquisei, no entanto, no dicionário Aurélio e constava como verbo transitivo. Gostaria de alertar para esse possível erro.
Apesar de, actualmente, o verbo prescindir dever ser considerado um verbo transitivo indirecto, como faz o Aurélio, a classificação mais tradicional em dicionários portugueses (diferentemente de dicionários brasileiros como o Aurélio ou o Houaiss) é classificar verbos com regência de proposições que não sejam a (como "entregar a") como intransitivos (como é o caso de "prescindir de"). Em casos semelhantes, é normal encontrar discrepâncias entre dicionários portugueses e brasileiros, sendo a classificação dos segundos geralmente mais rigorosa.



Será que existe o plural de arroz em arrozes? Será que se emprega?
O substantivo arroz, apesar de ser mais frequentemente usado no singular, forma o plural arrozes, seguindo o paradigma regular das palavras terminadas em z (ex.: capazcapazes; felizfelizes; velozvelozes; xadrezxadrezes; avestruzavestruzes). A palavra arroz é considerada um substantivo não contável (ou substantivo massivo), isto é, um substantivo que designa um conjunto cujas várias partes não se podem enumerar ou contar (ex.: comprei tabaco; a frase comprei dois tabacos será entendida como comprei dois tipos de tabaco), ao contrário dos substantivos contáveis, que designam uma ou várias partes enumeráveis de um conjunto (ex.: comprei cigarros e fumei dois). Os substantivos não-contáveis podem, no entanto, admitir plural para designar qualificações ou quantificação de porções da entidade referente (ex.: fez vários arrozes para acompanhar o frango = fez vários tipos de arroz para acompanhar o frango).

Ver todas