PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

sisar

assisado | adj.

Que tem siso; sensato, prudente....


cabeiro | adj.

Que está no fim; último....


opsígono | adj.

Produzido posteriormente....


queiro | adj.

Diz-se de dente do siso....


queixeiro | adj.

Diz-se do dente do siso....


sisa | n. f.

Imposto de transmissão; imposto aplicável a transacções de propriedades imobiliárias....


siseiro | n. m.

Cobrador de sisas....


siso | n. m.

Juízo; tino; prudência; bom senso; circunspecção....


alcavala | n. f.

Antigo imposto pago pelo vassalo ao senhor feudal....


senso | n. m.

Juízo claro....


sisudez | n. f.

Qualidade de sisudo....


assento | n. m.

Móvel ou lugar para sentar-se....


assisar | v. tr. e intr.

Dotar de siso....


cisar | v. tr.

Aparar, cortar....


sisar | v. tr.

Impor sisa a; tributar com sisa....


tresloucar | v. tr. | v. intr.

Tornar louco; desvairar....



Dúvidas linguísticas



Uma frase poderá conter parênteses no fim da mesma? Exemplo: Deve haver falta de correctores ortográficos no mercado (ou será um novo mês? Ficará talvez entre Fevereiro e Março).
Os parênteses são sinais gráficos - podem ser curvos "( )", rectos "[ ]" ou angulares "<>" - utilizados sobretudo para delimitar palavras, locuções ou frases intercaladas ou suprimidas, sem que a estrutura sintáctica seja alterada. Por este motivo, ao utilizar uma sequência dentro de parênteses, a pontuação da frase deverá ser a mesma que existiria sem o uso desses sinais gráficos.

O exemplo que nos fornece não é muito claro, mas quando o que se pretende intercalar corresponde a uma ou mais frases completas, estas poderão estar integradas na frase que não está entre parênteses (mantendo a pontuação de uma frase dependente e sem uso de maiúsculas iniciais): Deve haver falta de correctores ortográficos no mercado (ou será um novo mês?).

Se, no entanto, houver mais do que uma frase dentro dos parênteses, deverão ser respeitadas dentro dos parênteses as regras gerais de pontuação, com uso de maiúsculas a seguir a um ponto final ou, no caso do exemplo, a um ponto de interrogação: Deve haver falta de correctores ortográficos no mercado (ou será um novo mês? Ficará talvez entre Fevereiro e Março?).

A informação poderá, por outro lado, surgir isolada fora dessa frase, com a respectiva pontuação e uso de maiúsculas; este parece ser o procedimento preferencial no caso de frases como a do exemplo referido, em que não parece haver nexo muito forte entre a frase imediatamente anterior e a(s) frase(s) entre parênteses: Deve haver falta de correctores ortográficos no mercado. (Ou será um novo mês? Ficará talvez entre Fevereiro e Março?)




Será que existe o plural de arroz em arrozes? Será que se emprega?
O substantivo arroz, apesar de ser mais frequentemente usado no singular, forma o plural arrozes, seguindo o paradigma regular das palavras terminadas em z (ex.: capazcapazes; felizfelizes; velozvelozes; xadrezxadrezes; avestruzavestruzes). A palavra arroz é considerada um substantivo não contável (ou substantivo massivo), isto é, um substantivo que designa um conjunto cujas várias partes não se podem enumerar ou contar (ex.: comprei tabaco; a frase comprei dois tabacos será entendida como comprei dois tipos de tabaco), ao contrário dos substantivos contáveis, que designam uma ou várias partes enumeráveis de um conjunto (ex.: comprei cigarros e fumei dois). Os substantivos não-contáveis podem, no entanto, admitir plural para designar qualificações ou quantificação de porções da entidade referente (ex.: fez vários arrozes para acompanhar o frango = fez vários tipos de arroz para acompanhar o frango).

Ver todas