PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

planejamento

Que foi pensado, decidido ou planeado com antecedência; que se premeditou (ex.: movimentos premeditados; vingança premeditada)....


projecto | n. m.

Aquilo que alguém planeia ou pretende fazer....


descuido | n. m.

Acto ou efeito de descuidar....


babilónia | n. f.

Cidade grande e confusa, construída sem planeamento....


bosquejar | v. tr.

Fazer o esboço ou os primeiros traços de....


esboçar | v. tr. | v. pron.

Fazer o esboço ou os primeiros traços de....


gizar | v. tr.

Desenhar, riscar ou marcar com giz ou com traços de giz (ex.: o alfaiate vai gizar o tecido antes de o cortar)....


idear | v. tr.

Criar na mente....


orquestrar | v. tr.

Compor as diferentes partes de uma peça de música que deve ser executada por orquestra....


planear | v. tr.

Fazer o plano de....


tecer | v. tr. e intr. | v. tr. | v. intr. | v. pron.

Formar um tecido, uma obra de tear ou outra trama com a passagem repetida de um fio ou afim alternadamente por cima e por baixou de outros dispostos perpendicularmente (ex.: o artesão tece mantas; a máquina tece a grande velocidade)....


segundo | adj. num. n. m. | n. m. | adv. | prep. | conj.

Que ou o que está logo depois do primeiro....


reajustável | adj. 2 g.

Que se pode reajustar; em que se pode fazer um novo ajuste (ex.: planeamento reajustável; taxa reajustável)....


planejador | adj. n. m.

Que ou quem planeja ou faz planejamento....


planejar | v. tr.

Fazer um plano de....


retraçar | v. tr. | v. pron.

Tornar a traçar; desenhar ou planear novamente....



Dúvidas linguísticas



Peço auxílio para a composição de palavras com prefixos gregos e latinos. Quando são em justaposição e quando são em aglutinação? Minha dúvida neste momento é com a palavra intra + esclerótico.
A existência ou não de hífen depois de prefixos gregos e latinos é difícil de sistematizar em poucas linhas, pois isso difere consoante os prefixos (há até divergências ligeiras entre a norma europeia e a norma brasileira do português, por serem diferentes as obras de maior referência neste aspecto).

No caso de intra- (este caso aplica-se também aos prefixos contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-), de acordo com a Base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, deve usar-se hífen antes de palavras iniciadas por vogal (ex.: intra-arterial, intra-ocular), h (ex.: intra-hepático), r (ex.: intra-raquidiano) ou s (ex.: intra-sinovial). Assim sendo, deve escrever-se intra-esclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal, ou o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo a Base XVI, o prefixo intra- (assim como todos os prefixos ou elementos prefixais com o mesmo contexto ortográfico, isto é, terminados na letra a) deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: intraocular), excepto se este começar por a (ex.: intra-arterial) ou h (ex.: intra-hepático). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, essas consoantes devem ser dobradas (ex.: intrarraquidiano, intrassinovial). Assim sendo, deve escrever-se intraesclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1990.




USO CAPEÃO: é uma figura que se utiliza em direito, em que a pessoa solicita a propriedade de um terreno ou objecto que está na sua posse há bastante tempo mas não tem documento que prove essa posse. A palavra capeão ( ou capião ??) tem o sentido de posse.
À figura jurídica a que se refere dá-se o nome de usucapião (derivado do latim usucapionem), como poderá verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.

Ver todas