Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

Pesquisa por "pede" nas definições

adental | adj. 2 g.
    Diz-se de uma peça elementar de uma das vértebras cefálicas....

abotoar | v. tr. e pron. | v. tr. | v. intr. e pron. | v. pron.
    Fechar uma peça de vestuário com botão, colchete, mola ou afim (ex.: abotoou a blusa; levantou-se para discursar e abotoou-se)....

acudir | v. tr. e intr.
    Prestar socorro ou auxílio....

adjurar | v. tr.
    Rogar (invocando o nome de Deus)....

adnasal | adj. 2 g.
    Diz-se de certa peça elementar de uma vértebra cefálica....

alfaiatar | v. intr. | v. tr.
    Exercer a profissão de alfaiate....

alrotar | v. intr.
    Escarnecer, insultar, fazer algazarra....

anda | interj.
    Indica pedido ou ordem para que se prossiga com algo ou para que se apresse alguma coisa....

apitar | v. intr.
    Fazer soar um apito....

aparelhar | v. tr.
    Pôr em estado de funcionar ou de servir....

piabar | v. tr.
    Fazer paradas mínimas ou pedir por empréstimo pequenas quantias aos jogadores, à banca....

arreatar | v. tr.
    Prender com arreata....

arranjar | v. tr. | v. tr. e pron. | v. pron.
    Pôr em ordem ou com os objectos no local apropriado....

assentar | v. tr., intr. e pron. | v. tr. | v. tr. e intr. | v. intr. | v. pron.
    Colocar(-se) sobre um assento....

assestar | v. tr.
    Chegar (a boca da peça) para a canhoneira....

atochar | v. tr. | v. intr.
    Apertar ou prender por meio de atocho ou cunha (ex.: a enora é uma peça de madeira com que se atocha o mastro do navio)....

autogéneo | adj.
    Que se produz sem intervenção de agentes exteriores....

bordear | v. intr. | v. tr.
    Bordejar....

cantonado | adj.
    Que tem alguma peça nos cantos (ex.: escudo cantonado)....

Dúvidas linguísticas


Por favor, gostaria de saber como é a abreviação correta de Vossas Senhorias. É V. Sas.? E ao iniciar uma carta destinada a um casal, qual a forma correta: Prezados Sr. e Sra. Flávio de Almeida ou Prezados Sr. e Sra. Almeida?
A abreviatura mais usual para Vossas Senhorias é V. S.as.

Quanto à segunda questão, se o apelido for Almeida e Flávio o nome do marido, o mais consensual será Sr. e Sr.a Almeida.




Quanto a comparações de inigualdade, ou seja, de superioridade ou de inferioridade, existirá uma regra absoluta para decifrar se se usa que ou do que ou ambas estarão correctas em qualquer expressão dessa estrutura? Para um falante em que o Português não é a primeira língua, seria bastante útil. Incluo as seguintes expressões para vossa análise: 1) O castelo é mais antigo que a igreja. 2) Hoje as laranjas estão menos baratas que as maçãs. 3) Nós compramos mais livros que vendemos. 4) O Paulo é mais grande do que gordo. 5a) O João tem mais de um carro. b) O João tem mais dum carro. c) O João tem mais do que um carro. d) O João tem mais que um carro.
As frases de 1) a 5) apresentam diferentes construções de comparativos relativos de superioridade e de inferioridade.

Em português, é possível formar os graus comparativos de superioridade e de inferioridade dos adjectivos usando os advérbios mais e menos seguidos da locução do que (ex.: o castelo é mais antigo do que a igreja; a igreja é menos antiga do que o castelo), podendo haver omissão da contracção da preposição de com o pronome demonstrativo invariável o (ex.: o castelo é mais antigo que a igreja; a igreja é menos antiga que o castelo). Esta construção aplica-se às frases apontadas em 1), 2) e 4).

Na frase 3) está presente um comparativo de superioridade relativo a um substantivo (ex.: nós compramos mais livros [do] que vendemos), sendo nesse caso a palavra mais um determinante indefinido.

Relativamente às frases em 5), trata-se de uma comparação (de superioridade) de quantidade relativamente a um numeral (um). Neste tipo de comparação é possível uma construção análoga àquela usada para exprimir o grau comparativo do adjectivo, isto é, a estrutura mais (do) que seguida do numeral e de um substantivo, como nas frases 5c) e 5d). Alternativamente, é possível ainda utilizar as construções presentes em 5a) e 5b), que correspondem à locução comparativa mais de seguida de numeral e que diferem apenas na contracção (de + um = dum).

Para além destas quatro construções comparativas, é ainda possível estabelecer comparativos antes de verbos (ex.: consegue ver mais ao longe [do] que ao perto), de advérbios (ex.: põe esse quadro mais acima [do] que este) ou de preposições (ex.: o gato passa mais por aqui [do] que por ali).

Palavra do dia

mo·no·ce·lha |â| ou |ê|mo·no·ce·lha |ê|


(mono- + celha)
nome feminino

Conjunto formado pelas sobrancelhas quando não há interrupção dos pêlos entre elas.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/pede [consultado em 18-06-2021]