Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "louça" nas definições

enchacotar | v. tr.
    Dar a primeira cozedura à louça que há-de ser vidrada....

enlouçar | v. tr.
    Meter em louça; envasilhar....

esboicelar | v. tr.
    Tirar ou partir as bordas (de um vaso de louça)....

estrelouçar | v. intr.
    Fazer um ruído como o da louça quando se entrechoca....

gatear | v. tr. | v. intr.
    Travar (com gatos de ferro ou outro metal); deitar gatos em (louça)....

japonesar | v. tr.
    Dar nova cozedura à louça de porcelana para a tornar semelhante à porcelana do Japão....

barça | n. f.
    Capa de vimes para vidros ou louças....

barro | n. m.
    Louça ordinária....

faiança | n. f.
    Louça fina de barro, vidrada ou esmaltada....

garepe | n. m.
    Caixão sem tampa, feito de paus grossos, para transportar louça....

lagariço | adj. | n. m.
    Vaso de madeira e louça ou só de ferro em que se espremem frutos....

meio-serviço | n. m.
    Metade das peças de louça que constituem ordinariamente um serviço de mesa....

missanga | n. f.
    Conta miudinha e redonda, de louça ou massa de vidro....

loiça | n. f.
    O mesmo que louça....

bufê | n. m.
    Móvel comprido, geralmente de sala de jantar, dotado de arrumação na parte de baixo (para louça, copos, toalhas) e de um tampo que serve de apoio (para pratos ou travessas com comida) durante as refeições....

quebra-louças | n. 2 g. 2 núm.
    Pessoa que age ou fala irreflectidamente, geralmente com alarido....

angarilha | n. f.
    Capa de palha para resguardar louça ou vidro....

dala | n. f.
    Espécie de pia onde se lava a louça....

estanheira | n. f.
    Estante para a louça de estanho; prateleira....

Dúvidas linguísticas


Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).




Gostava de saber o emprego das maiúsculas na língua portuguesa.
O uso das maiúsculas está regulamentado para o português europeu nas bases XXXIX a XLVII do Acordo Ortográfico de 1945, a que poderá aceder seguindo a hiperligação.

O Acordo Ortográfico de 1990 altera, através da sua Base XIX, alguns usos decorrentes das disposições de 1945, nomeadamente a não obrigatoriedade de maiúsculas em meses e estações do ano.

Palavra do dia

o·ven·çal o·ven·çal


(ovença + -al)
nome masculino

1. [Antigo]   [Antigo]  Pessoa encarregada de uma despensa. = DESPENSEIRO, ECÓNOMO

2. [Antigo]   [Antigo]  Cobrador de rendas.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/lou%C3%A7a [consultado em 19-10-2021]