PT
BR
Pesquisar
Definições



Será que queria dizer ?

A forma pode ser[advérbio] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
11


nome masculino

1. [Música] [Música] Sexta nota musical.

2. [Música] [Música] Sinal representativo dessa nota.

etimologiaOrigem etimológica:italiano la.
22


advérbio

1. Naquele lugar.

2. Aquele ou naquele lugar já mencionado. = AÍ, ALI

3. Local afastado do falante.AQUI, CÁ

4. Na época de.

5. Entre aquela gente.

6. Usa-se com valor expletivo, geralmente de negação e exclamação (ex.: eu sei lá do que é que ele está a falar! Mau, querem lá ver que ainda vamos ter de adiar a apresentação?).

7. Usa-se com valor expletivo, geralmente depois de um imperativo, para incitar a comunicação (ex.: olhe lá, não se distraia).

etimologiaOrigem etimológica:latim ad, a, para, até.

Auxiliares de tradução

Traduzir "Lá" para: Espanhol Francês Inglês

Palavras vizinhas



Dúvidas linguísticas



Porque é que há uma insistência tão grande em dizer deslargar, destrocar, etc? Há alguma razão que eu desconheça? Na minha modesta opinião estas palavras são insultos à nossa bela língua portuguesa. Estarei certa?
O prefixo des-, para além de exprimir as noções de afastamento (ex.: desabafar, deslocar), negação ou privação (ex.: desacordar, desagradável), cessação (ex.: desimpedir, desacelerar) ou separação (ex.: descascar, desfolhar), é também utilizado na língua portuguesa como partícula de reforço. Assim, poderá encontrar em dicionários de português palavras como desabalar, destrocar ou desinquieto, registadas devido à sua frequência, apesar de serem geralmente aceitáveis apenas em contextos mais informais e na oralidade. O falante deverá sempre adequar a utilização destas palavras ao nível de língua apropriado.

Existem outros prefixos na língua com esta função de reforço. São os chamados prefixos protéticos, porque não acrescentam valores semânticos às palavras às quais se apõem (ex.: amostrar, assoprar).




As letras "c" das palavras director e actor, bem como a letra "p" de recepção e óptimo são pronunciadas por vocês ou não? Pois aqui no Brasil elas não o são e estou em dúvida de como deveria ser a pronúncia desses vocábulos aí em Portugal.
Em Portugal, as consoantes c e p das palavras director, actor, recepção e óptimo são geralmente mudas, isto é, não se pronunciam. Por esta razão, segundo o Acordo Ortográfico de 1990, essas consoantes deixam de ser grafadas na variante europeia do português, aproximando-se assim a grafia à pronúncia: diretor, ator, receção e ótimo. No Brasil, uma vez que o p de recepção é geralmente pronunciado, não se verifica a sua supressão nesta palavra.