Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição.
Uto
Itu (norma brasileira)

Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.
pub

Dúvidas linguísticas


A minha dúvida é: geladaria ou gelataria? Qual das versões está mais correcta?
As palavras geladaria e gelataria designam o estabelecimento onde se fabricam ou vendem gelados. A variante geladaria deriva da afixação do sufixo -aria ao substantivo gelado, enquanto a variante gelataria deriva da aposição do mesmo sufixo ao italianismo gelato, que significa “gelado”, havendo autores que consideram esta última forma como menos preferencial, visto ser derivada por sufixação de um estrangeirismo.



Minha dúvida de hoje se refere ao uso dos advérbios com terminação -mente. Exemplos: diretamente, comercialmente, industrialmente... São palavras não dicionarizadas, porém citadas no próprio dicionário na definição de outras palavras. Já a palavra conseqüentemente, muito usada na linguagem coloquial, também não é dicionarizada, mas imagino ser um erro ortográfico. Verdade? Gostaria de ter uma explicação a respeito da formação/construção desses advérbios (terminados em -mente). Creio estar no radical a chave do problema. No entanto, gostaria de ter mais segurança ao escrevê-los. Como saber se é um erro ou não, se nem todos os advérbios falados no dia-a-dia estão dicionarizados?
Os advérbios terminados em -mente formados a partir de adjectivos são de grande produtividade em português e não estão, de facto, na sua esmagadora maioria, dicionarizados.

É possível formar correctamente um advérbio em -mente a partir de qualquer adjectivo, desde que sejam respeitadas as regras morfológicas e ortográficas do português. A regra morfológica mais importante para a formação dos advérbios em -mente é que a base para a adjunção do sufixo -mente é a forma do feminino do adjectivo, quando este tem uma forma para o masculino e outra para o feminino (ex.: directo > directamente) e o adjectivo uniforme nos outros casos (ex.: comercial > comercialmente, urgente > urgentemente); esta regra tem uma excepção quando se trata de adjectivos terminados em -ês, em que a forma de base deverá ser o masculino (ex.: português > portuguesmente), pois estas palavras já foram uniformes no português antigo. Este é um vestígio da origem do sufixo -mente na palavra latina feminina mens, mentis (“alma”, “disposição”, “mente”) que se juntava a um adjectivo.

Relativamente às regras ortográficas, a mais importante é a eliminação de acentos nestes advérbios (ex.: ágil > agilmente, ingénuo > ingenuamente, fútil > futilmente, cortês > cortesmente; é de referir que o til não é um acento, mas sim um sinal diacrítico que indica a nasalidade de uma vogal pelo que deverá manter-se: ex.: órfão > orfãmente).
Especificamente sobre a palavra conseqüentemente, pode afirmar-se que se trata de um advérbio em -mente correctamente formado segundo as regras acima referidas, sendo o uso do trema exclusivo do português do Brasil até à aplicação do Acordo Ortográfico de 1990 (no português europeu, e no Brasil após a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, a forma correcta será consequentemente).

Palavra do dia

zi·go·fi·lo zi·go·fi·lo
(grego zugón, -ou, jugo, fiel da balança, par, parelha + -filo)
substantivo masculino

[Botânica]   [Botânica]  Designação dada a várias plantas do género Zygophyllum, da família das zigofiláceas, algumas delas com uso vermífugo.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/Kto [consultado em 27-05-2020]