Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Hilfsprüfer

Palavra não encontrada. Sugerir a inclusão no dicionário da palavra pesquisada.
pub

Dúvidas linguísticas


Monitorar ou monitorizar?
Os verbos monitorar e monitorizar são formações correctas a partir do substantivo monitor, a que se junta o sufixo verbal -ar ou -izar, e têm o mesmo significado, pelo que são sinónimos. A opção por um ou por outro cabe ao utilizador; no entanto, os dicionários que seguem a norma europeia da língua portuguesa parecem preferir a forma monitorizar, pois é esta a única forma que aparece registada no Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto Editora, 2004) ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Âncora Editora, 2001) e a edição portuguesa do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Círculo de Leitores, 2002) remete monitorar para monitorizar. Os dicionários que seguem a norma brasileira da língua portuguesa remetem geralmente monitorizar para monitorar, como é o caso da edição brasileira do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Objetiva, 2001) ou do Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Positivo, 2004).



Sou um estudante do ensino secundário e a minha intenção, ao enviar-vos este pedido de ajuda, prende-se com um trabalho de casa indicado pela professora: em que entrada do dicionário devo procurar o sentido de dramatizarias, dramaturga e fazer um drama?
Não sendo nossa intenção substituir-nos ao esforço e empenhamento que deve implicar um trabalho de casa, podemos dizer-lhe que os dicionários têm como entrada as palavras não flexionadas (isto é, o masculino singular, no caso de nomes e adjectivos, e o infinitivo, no caso de verbos). Nos exemplos referidos, deverá procurar o masculino singular de dramaturga (que é uma forma do feminino singular de um substantivo) e o infinitivo de dramatizarias (que é uma forma verbal no condicional ou futuro do pretérito).

No caso da locução fazer um drama, é variável o local onde pode estar a definição: alguns dicionários têm como critério a definição na primeira palavra (que neste caso seria fazer), outros preferem definir no primeiro substantivo (que neste caso seria drama). É de referir também que há muitos dicionários que (quase) não dão definições para locuções, pelo que por vezes é difícil encontrá-las (neste caso, nos dicionários portugueses consultados, esta locução foi encontrada apenas no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências/Verbo, e na edição portuguesa do Dicionário Houaiss, do Círculo de Leitores).

Em relação às siglas, o caso é semelhante ao anterior, isto é, depende dos critérios adoptados pelo dicionário. Alguns dicionários nem dão entrada às siglas, outros colocam-nas em anexos. No entanto, as siglas comportam-se frequentemente como substantivos, pelo que alguns dicionários as classificam como substantivos (é o caso, por exemplo, do referido Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea).

Em qualquer um dos casos, o utilizador de um dicionário deve, nas primeiras vezes que o consulta, e enquanto não se sentir familiarizado com ele, procurar as indicações dadas pelos autores/editores sobre a forma de consulta aconselhada (que varia consoante o tipo de dicionário e os respectivos critérios).

No caso do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, aconselha-se a leitura da secção "Como consultar".

Palavra do dia

ux·te ux·te


(origem expressiva ou onomatopaica)
interjeição

Expressão usada para afastar ou mostrar repulsa. = APRE, ARREDA, IRRA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Hilfspr%C3%BCfer [consultado em 25-09-2022]