Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Fecho

fechofecho | n. m. | n. m. pl.
1ª pess. sing. pres. ind. de fecharfechar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

fe·cho |â| ou |ê|fe·cho |ê|


(origem duvidosa)
nome masculino

1. Ferrolho ou aldraba de porta.

2. Qualquer peça ou objecto que serve para fechar ou cerrar.Ver imagem

3. O mesmo que fecho-ecler.

4. [Figurado]   [Figurado]  Remate; conclusão.

5. Sobrescrito.

6. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]  Pedra central que remata o arco ou abóbada.Ver imagem = CHAVE


fechos
nome masculino plural

7. [Armamento]   [Armamento]  Mecanismo que determina a explosão das armas de fogo portáteis. = FECHARIA


fecho de correr
O mesmo que fecho-ecler.

fecho ecler
Fecho composto por duas fitas orladas de dentes metálicos ou plásticos, que se engrenam por meio de um cursor. [Forma mais frequentemente dicionarizada em Portugal: fecho-ecler.]Ver imagem = ZÍPER


Ver também resposta à dúvida: pronúncia de fecho.

fe·char fe·char

- ConjugarConjugar

(fecho + -ar)
verbo transitivo

1. Fazer cessar o estado de aberto.

2. Tornar fixo por meio de chave, aldraba, tranca, etc. (uma porta, uma gaveta, etc.).

3. Cercar.

4. Não deixar ir ou ver mais além.

5. Encerrar.

6. Deixar encerrado.

7. Terminar, rematar.

8. Ir no último lugar de.

9. Concluir.

10. Cicatrizar.

verbo intransitivo

11. Unir as bordas de uma abertura.

12. Tolher a entrada e a saída.

13. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]  Colocar a última pedra em (abóbada ou arco).

14. Unir-se.

15. Tapar-se.

16. Terminar.

verbo pronominal

17. Cerrar-se, encerrar-se.

18. Condensar-se.

19. Terminar.

20. Calar.

Confrontar: fichar.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "Fecho" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

A 19 dias do fecho do mercado, este braço-de-ferro promete durar, sendo que o Vitória mantém

Em Fora-de-jogo

...da venda ao Bordéus, à época considerado exorbitante, serviu para pagar as obras do fecho do

Em O INDEFECTÍVEL

A despeito de ser um cenário possível até ao limite do fecho da janela de transferências, a abordagem dos leões relativamente a uma eventual venda é...

Em Fora-de-jogo

A cerca de três semanas do fecho desta janela de transferências, o Sporting não está ativo no mercado mas ainda não...

Em Fora-de-jogo

A SAD está ciente da pressão a que estará sujeita até ao fecho deste mercado e na próxima janela de transferências, face à crescente valorização do extremo,...

Em Fora-de-jogo
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual a correta grafia: sub-bosque ou subosque?
O prefixo sub- deve ser seguido de hífen quando o elemento seguinte se inicia por b, uma vez que se trata da mesma consoante por que termina o prefixo, como prevê o Acordo Ortográfico de 1945 (para o português de Portugal). O Formulário Ortográfico de 1943 (para o português do Brasil) não tem este contexto previsto no uso do hífen, mas o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP) da Academia Brasileira de Letras regista esta forma e outras com a sequência sub-b...; a par disto, é de referir que também as formas subosque e sobosque estão registadas no VOLP, depreendendo-se a sua origem nas formas prefixais su- e so-, respectivamente, equivalentes a sub- e sob-, mas de contexto ortográfico diferente (daí o facto de não serem formas hifenizadas).

Este contexto ortográfico não sofre alteração com a aplicação do novo Acordo Ortográfico de 1990, pois, apesar de o texto do Acordo ser omisso neste ponto (cf. Base XVI), a "Nota Explicativa" anexa ao referido texto prevê o uso do hífen: "6.3 - O hífen nas formas derivadas (base XVI) [...] a) Emprega-se o hífen quando o segundo elemento da formação começa por h ou pela mesma vogal ou consoante com que termina o prefixo ou pseudoprefixo (por exemplo: anti-higiénico, contra-almirante, hiper-resistente) [...]" (sublinhado nosso).

Por este motivo, pode dizer-se que a forma sub-bosque está correcta, bem como as formas sobosque ou subosque, apesar de estas duas últimas preverem o uso de prefixos equivalentes a sob- ou sub-, que serão menos consensuais (o prefixo su- com este sentido não se encontra registado em nenhuma obra lexicográfica por nós consultada).




Ao consultar terebentina fui surpreendido com a variante terebintina. Qual é a soletração certa?
Ambas as grafias terebintina e terebentina são possíveis e estão registadas, por exemplo, no Grande Dicionário da Língua Portuguesa (12 vol., Porto: Amigos do Livro Editores, 1981) e no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001).

A grafia terebintina está mais próxima do étimo latino (terebinthus = terebinto), razão pela qual alguns dicionários optaram pela sua inclusão em detrimento de terebentina, que está mais próxima do vocábulo francês (térébenthine). Pesquisas em corpora e em motores de busca na Internet revelam uma maior tendência dos falantes para o uso de terebintina, o que parece confirmar a opção dos dicionários.

pub

Palavra do dia

qui·ro·po·dis·ta qui·ro·po·dis·ta


(quiropodia + -ista)
nome de dois géneros

Especialista em quiropodia ou no tratamento das doenças e dos problemas dos pés.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Fecho [consultado em 17-08-2022]