Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

trecentésimo

trecentésimotrecentésimo | adj. num. n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tre·cen·té·si·mo tre·cen·té·si·mo


(latim trecentesimus, -a, -um)
adjectivo numeral e nome masculino
adjetivo numeral e nome masculino

1. Que ou o que ocupa o último lugar numa série de trezentos.

2. Diz-se de ou cada uma das 300 partes iguais em que a unidade se divide.


SinónimoSinônimo Geral: TRICENTÉSIMO

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Anno trecentesimo trigesimo quinto ab urbe condita, Veientes contra romanos rebellaverunt..

Em Capeia Arraiana - Sabugal - Guarda - Portugal
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Inseri, no vosso corrector ortográfico, a palavra “desejante” que, há tempos, vi escrita, erradamente, em vez do adjectivo “desejoso”. Para surpresa minha, o citado corrector, no português de Portugal, não acusa o erro.
A palavra desejante, apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários de língua portuguesa à nossa disposição, está averbada no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras e apresenta-se correctamente formada (através da aposição do sufixo -ante ao verbo desejar), daí a sua inclusão no léxico do corrector ortográfico do FLiP. O adjectivo desejante, cujo uso é bastante frequente (como se pode verificar através de pesquisas em corpora e motores de busca da Internet), partilha do significado do adjectivo desejoso (ex.: ela é uma pessoa desejosa de conhecimento = ela é uma pessoa desejante de conhecimento), apesar de este ser mais frequente e estar já consagrado pelo uso. Ambos resultam de processos regulares de derivação no português, pela junção, respectivamente, do sufixo -ante ao radical de um verbo e do sufixo -oso ao radical de um substantivo.



Qual das duas frases abaixo está correta: Viva as diferenças ou Vivam as diferenças?
Regra geral, o predicado deve concordar com o sujeito, pelo que a frase Vivam as diferenças está correcta. No caso da frase Viva as diferenças, ela é considerada correcta por alguns gramáticos (cf. Celso Cunha e Lindley Cintra, Nova Gramática do Português Contemporâneo, 14.ª ed., Lisboa, Edições João Sá da Costa, 1998, p. 466), que afirmam que a forma verbal do presente do conjuntivo viva adquiriu um valor de interjeição, pelo que a concordância com o sujeito deixou de ser obrigatória (esta justificação parece, no entanto, um pouco contraditória com o facto de as interjeições geralmente não se relacionarem sintacticamente com outros constituintes da oração).
pub

Palavra do dia

ar·tão ar·tão


(grego ártos, -ou, bolo ou pão de farinha de trigo)
nome masculino

[Pouco usado]   [Pouco usado]  Alimento feito de massa de farinha de cereais cozida num forno. = PÃO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/trecent%C3%A9simo [consultado em 16-10-2021]