PT
BR
Pesquisar
Definições



rufião

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
rufiãorufião
( ru·fi·ão

ru·fi·ão

)


nome masculino

1. Indivíduo que vive à custa do que uma prostituta ganha. = CHULO, PROXENETA, RUFIA

2. Todo o indivíduo que vive à custa de qualquer mulher. = RUFIA

3. Pessoa que serve de intermediário em relações amorosas ou matrimoniais. = ALCOVITEIRO

4. Pessoa que se envolve frequente ou facilmente em brigas. = BRIGÃO, DESORDEIRO, FADISTA, FAIA, RUFIA

5. [Brasil: Sul] [Brasil: Sul] Indivíduo que faz muitas conquistas amorosas.

vistoFeminino: rufiona. Plural: rufiões ou rufiães.
etimologiaOrigem etimológica:origem duvidosa, talvez do latim rufus, -a, -um, vermelho, avermelhado, ruivo.
iconFeminino: rufiona. Plural: rufiões ou rufiães.

Auxiliares de tradução

Traduzir "rufião" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Qual a forma correta: "Ela é mais alta do que ele" ou "Ela é mais alta que ele"?
Ambas as frases estão correctas porque tanto a conjunção que quanto a locução conjuncional do que introduzem o segundo termo de uma comparação, conforme pode verificar clicando na hiperligação para o Dicionário Priberam.

Geralmente, do que pode ser substituído por que: este é ainda pior do que o outro = este é ainda pior que o outro, é preferível dizer a verdade do que contar uma mentira = é preferível dizer a verdade que contar uma mentira.

No entanto, quando o segundo termo da comparação inclui um verbo finito, como em o tecido era mais resistente do que parecia, a substituição da locução do que por que não é possível e gera agramaticalidade: *o tecido era mais resistente que parecia.




Qual denominação para a "operação" de passar Francisco a Chico, Helena a Lena, Alice a Lili, etc.
As palavras Chico, Lena ou Lili são hipocorísticos (isto é, nomes próprios usados para designar alguém de maneira informal ou carinhosa) em relação a Francisco, Helena e Alice, respectivamente. Estes três hipocorísticos mostram, contudo, fenómenos diferentes de formação de palavras: em Francisco > Chico há uma redução por aférese acompanhada de alteração expressiva da forma reduzida; em Helena > Lena há uma simples redução por aférese; em Alice > Lili há uma redução com aférese e apócope e com o redobro de uma sílaba. A estes mecanismos pode ainda juntar-se o frequente uso de sufixos aumentativos ou diminutivos (ex. Chicão, Leninha).