PT
BR
Pesquisar
Definições



rego

A forma regopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de regarregar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
regorego
|ê| |ê|
( re·go

re·go

)


nome masculino

1. Sulco que o ferro do arado ou da enxada traça no solo.

2. Pequena vala por onde passa água.

3. Risca no cabelo.

4. Refego.

5. [Informal] [Informal] Sulco entre as nádegas.

etimologiaOrigem etimológica:talvez do vocábulo pré-romano *recu-.
regarregar
( re·gar

re·gar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Banhar ou aspergir com água, geralmente terreno ou plantas (ex.: foi regar a horta; regou o tomateiro). = AGUAR, IRRIGAR, MOLHAR

2. Deixar húmido ou levemente molhado. = BORRIFAR, HUMEDECER

3. Cobrir com um líquido (ex.: regou a carne com o molho; o incendiário tinha regado o chão de combustível).

4. Passar através de (ex.: o Nabão rega Tomar). = BANHAR

5. [Informal] [Informal] Acompanhar com bebida (ex.: regaram a refeição com um bom vinho tinto).


verbo intransitivo

6. [Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Contar mentiras ou histórias inventadas. = ALDRABAR, MENTIR

etimologiaOrigem etimológica:latim rigo, -are.

Auxiliares de tradução

Traduzir "rego" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Como se escreve: quere-la ou querêla?
As grafias quere-la, querê-la e querela são formas parónimas, isto é, formas diferentes com grafia e som semelhantes.

As formas quere-la e querê-la correspondem a formas verbais do verbo querer seguidas do clítico a, na forma -la (o pronome clítico -a assume a forma -la quando a forma verbal que o precede termina em -r, -s ou -z); quere-la pode transcrever-se foneticamente ['k3rilá] e corresponde à segunda pessoa do presente do indicativo (ex.: tu queres a sopa? = quere-la?), enquanto querê-la pode transcrever-se foneticamente [ki'relá] e corresponde ao infinitivo (ex.: para alcançares alguma coisa, tens de querê-la muito).

A grafia querela pode transcrever-se foneticamente [ki'r3lá] e corresponde a um substantivo feminino, cujo significado poderá consultar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.




Gostaria de saber quando usamos a muito tempo e quando usamos há muito tempo.
Para exprimir o tempo decorrido, deverá usar sempre a construção com o verbo haver, isto é, há muito tempo. A expressão a muito tempo só é usada correctamente em contextos muito específicos em que a preposição a é seleccionada por outra palavra mas não há intenção de exprimir o tempo que já passou (ex.: Isso corresponde a muito tempo e não posso esperar; Dez dias para mim são equivalentes a muito tempo).