Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

rachar

racharrachar | v. tr., intr. e pron.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ra·char ra·char

- ConjugarConjugar

(origem obscura)
verbo transitivo, intransitivo e pronominal

1. Abrir(-se) racha ou fenda em (ex.: o calor rachou o revestimento; a parede está prestes a rachar; o vaso caiu e rachou-se). = FENDER, PARTIR, QUEBRAR

3. Abrir de meio a meio.

4. Fazer em estilhaços (ex.: rachar lenha). = PARTIR

5. Lascar.

6. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]  Estrumar a vinha.

7. Fazer divisão proporcional de algo (ex.: rachar uma despesa).


de rachar
[Informal]   [Informal]  Que é muito intenso ou excessivo (ex.: sol de rachar; frio de rachar).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "rachar" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

a dor pelo barulho de rachar a cabeça e comecei a desejar ter vestido algo mais quente do que minha...

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

de rachar Admirai-Vos depois que me seja lícito odiar exageros..

Em daniel abrunheiro

Agora poden rachar as denuncias que a nosa xustiza puxo sobre as súas cabezas, mais

Em humorgrafe

A tempestade foi tão forte que pedras de granizo conseguiram rachar o para-brisa da cabine de comando..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

para ricos, em que o interior se esvazia, em que os miúdos têm de rachar a renda da casa primeiro com os colegas de universidade e depois com os...

Em Entre as brumas da memória
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber qual o plural de esfíncter: esfíncteres ou esfincteres? Tem ou não tem acento?
Os dois plurais de esfíncter estão abonados por obras de referência, e qualquer um deles é válido.

A flexão do plural provoca, em algumas palavras esdrúxulas terminadas em -r ou -n no singular, o deslocamento do acento tónico para a terceira sílaba a contar do fim da palavra (ex.: especímenes, plural de espécimen, lucíferes, plural de lúcifer) ou para a segunda sílaba a contar do fim da palavra (ex.: juniores, plural de júnior), uma vez que, em português, as palavras isoladas têm acentuação tónica numa das três últimas sílabas.

Aparentemente, por se tratar de uma palavra grave, não haveria necessidade de alterar a acentuação do plural da palavra esfíncter, mas Rebelo Gonçalves, no Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), referência maior para a lexicografia portuguesa, regista esfincteres como plural de esfíncter, à semelhança de, por exemplo, caracteres, plural de carácter, que constitui um caso excepcional na língua. Esta é também a opção seguida pela a edição portuguesa do Dicionário Houaiss.

Outras importantes obras de referência, como o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa (Lisboa: Âncora Editora, 2001) e a maioria das obras lexicográficas publicadas em Portugal e no Brasil, registam no entanto esfíncteres como plural de esfíncter, não acrescentando esta palavra à reduzida lista de excepções.




Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).

pub

Palavra do dia

túr·ne·po túr·ne·po


(inglês turnip)
nome masculino

[Agricultura]   [Agricultura]  Espécie de nabo grande e redondo, cultivado especialmente para alimentação de gado.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/rachar [consultado em 23-10-2021]