Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

pr��

Palavra não encontrada. Sugerir a inclusão no dicionário da palavra pesquisada.
pub

Dúvidas linguísticas


Monitorar ou monitorizar?
Os verbos monitorar e monitorizar são formações correctas a partir do substantivo monitor, a que se junta o sufixo verbal -ar ou -izar, e têm o mesmo significado, pelo que são sinónimos. A opção por um ou por outro cabe ao utilizador; no entanto, os dicionários que seguem a norma europeia da língua portuguesa parecem preferir a forma monitorizar, pois é esta a única forma que aparece registada no Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto Editora, 2004) ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Âncora Editora, 2001) e a edição portuguesa do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Círculo de Leitores, 2002) remete monitorar para monitorizar. Os dicionários que seguem a norma brasileira da língua portuguesa remetem geralmente monitorizar para monitorar, como é o caso da edição brasileira do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Objetiva, 2001) ou do Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Positivo, 2004).



Encontramos por vezes escrito portofólio ou portofolio e portefólio ou portefolio. Confuso? Bastante. Mas, na verdade a professora de português da minha filha (no 5.ºano) sugere portofolio. Ora acontece que a mim não me soa nada bem... Podiam-me dar uma ajuda?
A questão colocada diz respeito a uma adaptação ao português de uma palavra estrangeira, portfolio, importada do inglês. Esta palavra pode ser usada na sua forma original (portfolio, sem acento), mas já há algumas propostas de aportuguesamento da sua ortografia.

Tanto o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências, como o Dicionário Houaiss, do Círculo de Leitores, propõem o aportuguesamento com a forma portefólio. O Grande Dicionário Língua Portuguesa, da Porto Editora, regista também a forma portefólio, remetendo-a para portfólio, num aportuguesamento menos consensual (com um grupo consonântico -rtf- inexistente noutras palavras portuguesas).

Há ainda uma outra forma, porta-fólio, registada há mais tempo (por exemplo, no Novo Dicionário da Língua Portuguesa de Cândido de Figueiredo, de 1913, ou no Vocabulário da Língua Portuguesa de Rebelo Gonçalves, de 1966), mas porventura muito menos frequente para os sentidos mais usuais na actualidade, ligados a um conjunto de imagens ou ao suporte que reúne essas imagens. Dos dicionários referidos, o Houaiss regista esta forma, mas não com os sentidos mencionados e o da Porto Editora remete simplesmente para a forma portfólio, que considera preferencial.

Não surgem registadas em nenhuma obra de referência as formas portofolio ou portofólio, nem a sua formação faz qualquer sentido do ponto de vista etimológico.

Qualquer destas variantes é usada com os sentidos de "carteira para guardar documentos"; "dossiê com informação para apresentar um produto ou uma pessoa profissionalmente"; "carteira de títulos de um investidor".

Palavra do dia

ux·te ux·te


(origem expressiva ou onomatopaica)
interjeição

Expressão usada para afastar ou mostrar repulsa. = APRE, ARREDA, IRRA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/pr%C3%AF%C2%BF%C2%BD%C3%AF%C2%BF%C2%BD [consultado em 25-09-2022]