Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "eminentemente" nas definições

Dúvidas linguísticas


Como se pronuncia a letra E quando falamos a, e, i, o, u? a, é ou e, i... E no alfabeto? A, b, c, d, e ou é... Quando vamos nos referir a letra e ou é numa palavra, como devemos pronunciar? Por exemplo, indaguei a um colega quantas letras E deveria colocar na palavra meeting. Ele me respondeu que não era letra e, mas sim letra é que deveria empregar. Qual seria a resposta correta?
O nome da letra E deverá ser lido [È] (este é o símbolo do alfabeto fonético equivalente ao E das palavras pé ou fera). Quanto à pronúncia da letra E, ela pode corresponder a vários sons, consoante o contexto e, por vezes, consoante as características lexicais de cada palavra. Assim, esta letra pode corresponder à vogal [È] como em pé, fera ou papel; à vogal [e] como em dedo, seu ou vê; à vogal [i] como em e (conjunção) ou eléctrico; à vogal [i] como em estudante; à vogal [á] como em coelho, igreja, senha ou eira; à semivogal [j] como em área ou es.

Da mesma forma, o nome da letra R é erre, mas não se pronuncia erre numa palavra (pronuncia-se [r] entre vogais, depois de uma consoante da mesma sílaba ou em final de palavra, como em caro, cobra ou falar; pronuncia-se [R] em início de palavra, em início de sílaba ou quando está duplicado como em rua, palrar, tenro ou carro).




Plural de adjectivos compostos: como se diz - olhos verdes-claros, olhos verde-claros ou olhos verdes-claro? As opiniões divergem muito mas pela lógica (e também pela quantidade de falantes de português que assim o dizem) seria: olhos verdes, olhos claros, logo olhos verdes-claros (os adjectivos têm que concordar com os nomes não é assim?).
De acordo com a Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Lindley Cintra e Celso Cunha, nos adjectivos compostos apenas o segundo elemento varia em género e número. Assim sendo, o plural do adjectivo verde-claro deverá ser verde-claros (ex.: olhos verde-claros), tal como o plural do adjectivo azul-escuro deverá ser azul-escuros (ex.: saias azul-escuras). São excepção à regra acima a palavra surdo-mudo, cuja flexão é aplicada em ambos os elementos (surdos-mudos, surda-muda, surdos-mudos) e os adjectivos referentes a cores quando o segundo elemento é um substantivo (ex.: saia amarelo-ouro / saias amarelo-ouro). É ainda de salientar que as indicações acima não se aplicam quando se trata de um substantivo composto, pois nesse caso o plural é formado aplicando a flexão em ambos os elementos (ex.: o pintor usou vários verdes-claros).

Esta é, em geral, a regra preconizada pelas obras de referência da língua portuguesa que fazem o registo do plural das palavras compostas, nomeadamente o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa.

Palavra do dia

pi·ca·tar·tes pi·ca·tar·tes


(latim pica, -ae, pega + latim científico Cathartes, género de abutre, do grego kathartês, -ou, limpador, purificador)
nome masculino de dois números

[Ornitologia]   [Ornitologia]  Designação dada a duas espécies de aves passeriformes da família dos picatartídeos, do género Picathartes.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/pesquisar/eminentemente [consultado em 26-05-2022]