Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

pão

pãopão | n. m.
paópaó | n.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pão pão


(latim panis, -is)
nome masculino

1. Alimento feito de massa de farinha de cereais, ou de milho, cozida em forno.Ver imagem

2. Massa desse alimento antes de ser cozida.

3. Objecto em forma ou com aspecto de pão.

4. [Figurado]   [Figurado]  O que é indispensável para viver; conjunto dos meios de subsistência (ex.: começou a trabalhar para ganhar o pão). = SUSTENTO

5. [Figurado]   [Figurado]  Alimento essencial (ex.: a castanha era o pão de algumas regiões em Portugal).

6. Qualquer cereal usado para panificação (ex.: semear o pão).

7. Seara ou conjunto de searas.

8. [Liturgia]   [Liturgia]  Hóstia consagrada.

9. [Informal]   [Informal]  Pessoa considerada fisicamente muito atraente (ex.: o colega dela é um pão).

10. Massa consistente que se assemelha à do pão antes de ser cozida (ex.: pão de barro).


a pão e laranja(s)
Quase na miséria; sem grandes recursos para sobreviver.

amassar o pão com o suor do rosto
Ganhar a vida à custa de muito trabalho.

comer o pão que o Diabo amassou
Sofrer privações.

pão árabe
[Culinária]   [Culinária]  Pão de trigo, redondo e achatado, tradicional da cozinha do Médio Oriente e do Mediterrâneo. = PÃO PITA, PÃO SÍRIO, PITA

pão ázimo
Pão sem fermento de que se fazem hóstias, obreias, etc.

pão celeste
[Liturgia católica]   [Liturgia católica]  O mesmo que pão da alma.

pão da alma
[Liturgia católica]   [Liturgia católica]  Hóstia consagrada. = PÃO CELESTE, PÃO DO CÉU

pão de açúcar
Cone de açúcar cristalizado retirado das formas.

pão de deus
[Culinária]   [Culinária]  Bolo arredondado, com cobertura de coco e creme de ovo.

pão de forma
[Culinária]   [Culinária]  Pão com a forma de um paralelepípedo, usado geralmente para sanduíches e torradas.

[Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Automóvel de marca Volkswagen, modelo Tipo 2 ou sucedâneo, cujo formato comprido e linhas arredondadas lembra esse pão. (Equivalente no português do Brasil: kombi.)

pão de leite
[Culinária]   [Culinária]  Pão leve, com uma percentagem de leite em vez de água.

pão de munição
Pão de ração militar.

pão de queijo
[Culinária]   [Culinária]  Bolinho salgado, geralmente pequeno e assado no forno, feito com polvilho, ovos, leite, manteiga ou óleo vegetal e queijo ralado (ex.: o lanche inclui café e pães de queijo).Ver imagem

pão de saluga
Pão de trigo que não tem mistura.

pão de saruga
O mesmo que pão de saluga.

pão do céu
[Liturgia]   [Liturgia]  O mesmo que pão da alma.

pão do espírito
A instrução; a educação.

pão francês
[Culinária]   [Culinária]  Pão de formato alongado e de crosta dourada e estaladiça. = BAGUETE

pão integral
[Culinária]   [Culinária]  Pão em que entra farinha não branqueada e sêmea.

pão, pão, queijo, queijo
[Informal]   [Informal]  Diz-se de quem ou do que é franco ou directo.

pão pita
[Culinária]   [Culinária]  Pão de trigo, redondo e achatado, tradicional da cozinha do Médio Oriente e do Mediterrâneo. = PÃO ÁRABE, PÃO SÍRIO, PITA

pão ralado
[Portugal]   [Portugal]   [Culinária]   [Culinária]  Pão previamente tostado e reduzido a migalhas por meio de um ralador ou de uma máquina especial, muito usado em culinária. (Equivalente no português do Brasil: farinha de rosca.)

pão seco
Aquele que se come sem qualquer conduto.

pão sem sal
[Informal]   [Informal]  Pessoa ou coisa banal, sem graça. = PÃOZINHO SEM SAL

pão sírio
[Brasil]   [Brasil]   [Culinária]   [Culinária]  O mesmo que pão árabe.

pôr a pão e água
Castigar severamente.

tirar o pão a alguém
Prejudicar alguém de forma que não possa angariar os meios de subsistência.

Plural: pães.Plural: pães.

paó paó


nome

(A definição desta palavra irá estar disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "pão" para: Espanhol | Francês | Inglês

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

E a cada dois a divisão do pão : o milagre para trás, a comunhão tão só no impossível..

Em Viva a Poesia

Empresa do Grupo Pão de Açúcar (GPA) e uma das maiores redes de atacado de

Em Rede Brasil de Noticias - O Point da Informação

interessantíssimo Pão , Amor e Fantasia (1953), de Luigi Comencini..

Em Disperso Escrevedor

...do Senhor no Egito, quando nos sentávamos juntos às panelas de carne e comíamos pão com fartura!!

Em Blog da Sagrada Família

somente de pão , água e verduras, como penitência..

Em Blog da Sagrada Família
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Tenho dúvida em diferenciar "Termo da Oração" e "Função Sintática". Numa mesma página dum livro de Gramática, vi três definições de Sujeito: 1) Sujeito É o TERMO DA ORAÇÃO que concorda em número e pessoa com o verbo; 2) Sujeito é, portanto, o NOME de uma FUNÇÃO SINTÁTICA (...); 3) Sob a ótica da Morfossintaxe, Sujeito é NOME de uma função substantiva (...). Entendo que "termo" seja sinônimo de "vocábulo", logo Termo da Oração deveria ser um "pedaço" da oração composto por uma ou mais palavras, vocábulos. E a Função Sintática deveria ser o papel exercido por essa(s) palavra(s) ("termo da oração") na frase. Exemplificando: "A Gramática é confusa." Penso que morfologicamente, "A" é um artigo, "Gramática", um substantivo e o termo desta oração "A Gramática" possui um papel na frase, isto é, uma Função Sintática a qual denomino Sujeito (por "A Gramática" concordar em número e pessoa com o verbo). Pareço estar totalmente de acordo com a definição 2 e parcialmente com a definição 1. Logo, a definição 1 estaria errada, pois estaríamos chamando de Sujeito um conjunto de PALAVRAS e não a função (sintática) que essas palavras exercem, o que acho estranho, pois é de se esperar que não haja um erro como esse num livro de língua portuguesa. A definição 3 parece a mim mais compreensível, no entanto não compreendo o que é a Morfossintaxe. Enfim, gostaria do CONCEITO de "Termo da Oração", de "Função Sintática" - uma vez que não encontro em livros - e de "Morfossinxtaxe, e de que me corrigissem em algo que tenha errado.
Sendo difícil perceber a totalidade da definição de sujeito a partir do texto que nos transcreveu, é possível, no entanto, dizer que as três sequências de texto apresentadas não são três definições, mas antes três partes da mesma definição, pois parecem completar-se para dar a noção do que é o sujeito de uma frase.

Assim, o sujeito é de facto um dos termos principais de uma oração (devendo entender-se termo como um elemento constituinte) e é a parte da oração com que o verbo concorda (ex.: A gramática é confusa; As gramáticas são confusas), mesmo quando há inversão da ordem canónica da frase (ex.: Confusa é a gramática; Confusas são as gramáticas). Por este motivo, o sujeito desempenha uma função sintáctica importante na frase (devendo entender-se função sintáctica como uma relação gramatical entre os diferentes sintagmas de uma frase), estabelecendo ligações com os outros constituintes frásicos, nomeadamente relações de concordância, mesmo quando não está explícito na frase (ex.: [eu] Fico atento quando [eu] penso que isso é verdade). O sujeito pode ser constituído por apenas uma palavra (ex.: Maria tem grandes encantos; ela é um doce), por um grupo nominal mais ou menos complexo (ex.: A Maria tem grandes encantos; O irmão da Maria é o João; O pai e a mãe do João e da Maria saíram), ou por uma frase (ex.: Quem comete uma infracção está sujeito às consequências; O facto de ele se ter enganado surpreende-me), mas em qualquer um dos casos trata-se de um grupo nominal (ou de uma função substantiva, como é referido na questão, isto é, de uma função desempenhada por um substantivo ou por um conjunto de palavras com valor de substantivo), sendo que qualquer um dos sintagmas acima pode ser pronominalizado por um pronome pessoal sujeito (ex.: Ela tem grandes encantos; Ele é o João; Eles saíram; Ele está sujeito às consequências) ou por um pronome demonstrativo invariável, no caso de frase completiva (ex.: Isso surpreende-me).

Podemos ainda acrescentar que a morfossintaxe é uma parte da gramática ou da descrição linguística que estuda combinadamente a morfologia e a sintaxe (cujas definições poderá encontrar seguindo as hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa).




Existe a palavra ressuspender? Se não, qual seria a palavra mais representativa?
Apesar de não se encontrar registado em nenhum dos dicionários por nós consultados, o verbo ressuspender segue as regras de boa formação do português, pela aposição do prefixo re-, que indica repetição, ao verbo suspender, com duplicação da consoante s, para que se mantenha o som [s] (caso contrário, teria de ser pronunciada [z]). Se não quiser utilizar este verbo, poderá optar por uma expressão que indique a mesma noção de repetição (ex.: suspender novamente).
pub

Palavra do dia

a·di·a·fo·ri·a a·di·a·fo·ri·a


(grego adiaforía, -as, indiferença)
nome feminino

1. [Filosofia]   [Filosofia]  Indiferença originada pela impossibilidade de atingir ou compreender a verdade. = ACATALEPSIA, ADIAFORISMO

2. [Medicina, Psicologia]   [Medicina, Psicologia]  Ausência de resposta a estímulos devido a exposição anterior a esses estímulos.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/p%C3%A3o [consultado em 31-07-2021]