Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

ocupar

ocuparocupar | v. tr. | v. intr. | v. pron.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

o·cu·par o·cu·par

- ConjugarConjugar

(latim occupo, -are)
verbo transitivo

1. Tomar ou estar na posse de.

2. Exercer o controlo sobre determinado espaço.

3. Não deixar que outrem utilize algo; tomar para si sem partilhar (ex.: ocupar a casa de banho; não quero ocupar o seu tempo).DESOCUPAR, LIBERTAR

4. Preencher um espaço ou um território. = ENCHER

5. Estar instalado em determinado lugar. = HABITAR, INSTALAR-SE, MORARDESOCUPAR

6. Instalar-se em casa ou terreno sem autorização do proprietário.DESOCUPAR

7. Exercer, desempenhar.

8. Atribuir tarefas ou dar ocupação a.

9. Embaraçar, estorvar.

10. Ser objecto de.

11. Pejar.

verbo intransitivo

12. [Antigo]   [Antigo]  Ficar grávida. = EMPRENHAR, ENGRAVIDAR

verbo pronominal

13. Ter como assunto. = DEDICAR-SE, TRATAR

14. Tomar a seu cargo. = CUIDAR, TRATAR, VELAR, ZELAR

15. Entreter-se.

16. Empregar-se.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "ocupar" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

harmonia com a natureza possa ocupar as vontades de pessoas que queiram povoar territórios desertificados, protegendo a natureza e criando...

Em <p>ECLIPSE ARTE<br \>associação cultural</p>artes performativas<br \>performing arts</p>

...de lançamento de candidaturas à direita e, por diferentes razões, perdeu a capacidade de ocupar esse lugar em 2018”, afirmou..

Em Caderno B

tanta discussão que tem existido à volta de quem deve ocupar o lugar no miolo do SL Benfica esta temporada, aqui está uma solução a...

Em O INDEFECTÍVEL

Moro (União Brasil) é defendido como opção para ocupar a candidatura a vice-presidência ao lado de Bivar..

Em Caderno B

Investigá-lo seria uma tarefa de que um dia a criminologia deveria ocupar -se: aquilo que, em toda a sua bestial ''ausência de culpabilidade'', os jornais podem...

Em Deriva das Palavras
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


No programa de hoje da R.T.P. " Bom Dia Portugal" na rubrica "Em bom português", questiona-se se deve dizer: duzentas gramas ou duzentos gramas? Afirma-se que a resposta correcta é: "duzentos gramas" porque grama é um submúltiplo do quilograma. Ora, eu tenho apenas a quarta classe do ensino primário de 1951, mas nesse tempo aprendi que grama, metro, caloria, etc. são unidades e quilograma, quilómetro, quilocaloria, etc, são múltiplos com mil unidades. Como gosto de falar o melhor Português, (dentro das minhas limitações literárias) gostaria de obter uma explicação, mais convincente ou de saber se, pela mesma razão, deve dizer-se "duzentos calorias"?
De facto, o argumento referido é pouco claro. O motivo por que a resposta é "duzentos gramas" é porque grama, enquanto unidade de medida, é um substantivo masculino, como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. É por essa razão que quilograma, formado pela junção do prefixo quilo- ao substantivo grama, é masculino, e não o contrário.



Como é que devemos fazer a divisão silábica de palavras como: carro, pássaro...(sem ser para translineação)?
A sílaba é um conceito fonético, fonológico ou prosódico bastante intuitivo para os falantes de uma língua e a divisão silábica é feita deste ponto de vista e não do ponto de vista ortográfico. Assim, as palavras carro e pássaro dividem-se [ká-Ru] e [pá-sA-ru] (a transcrição anterior não é ortográfica, pois não se trata de um fenómeno da escrita).

A divisão silábica é, no entanto, muito útil às convenções ortográficas em que se baseia a nossa ortografia, pois auxilia nas divisões necessárias à translineação (mudança de linha ao escrever, escrevendo parte da palavra na linha de cima e outra parte na linha de baixo). Por este motivo se faz muitas vezes a divisão silábica para translineação, que tem por base a divisão silábica, mas, ao contrário desta, é muito pouco intuitiva, pois é convencionada pelos textos legais que regulam a ortografia (o Acordo Ortográfico de 1990 ou, antes da aplicação da nova ortografia, o Acordo Ortográfico de 1945, para o português europeu e o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil) e pelas obras de referência, com regras muito específicas e rígidas.

As divergências são muitas, devido aos símbolos ortográficos utilizados para representar os sons ou a outros constrangimentos relativos à representação gráfica. Um exemplo paradigmático é justamente o caso das consoantes duplas, que representam geralmente um único som com dois símbolos ortográficos e deverão ficar separados na translineação (ex.: car-ro; pás-sa-ro), por motivos exteriores à divisão silábica, que resultam essencialmente das convenções ortográficas em vigor.

pub

Palavra do dia

pi·na·co·te·ca |é|pi·na·co·te·ca |é|


(latim pinacotheca, -ae, do grego pinakothêke, -és)
nome feminino

1. Museu de obras de pintura.

2. Colecção de obras de pintura.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/ocupar [consultado em 18-05-2022]