Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
mitomito | s. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

mi·to mi·to
(latim mythos, -i, fábula, do grego mûthos, -ou, palavra, discurso, coisa dita, conto, história, narrativa, ficção)
substantivo masculino

1. Personagem, facto ou particularidade que, não tendo sido real, simboliza não obstante uma generalidade que se deve admitir.

2. Coisa ou pessoa que não existe, mas que se supõe real.

3. Coisa só possível por hipótese; quimera.


mito urbano
História, explicação ou fenómeno ficcional relatado e divulgado como verdadeiro, geralmente por alegadamente ter uma fonte ou origem vagamente relacionada com o relator ou divulgador. = LENDA URBANA

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "mito" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber qual a conjugação correcta: ver-nos-emos ou veremo-nos, ou as duas?
A forma correcta de escrever o verbo ver no futuro do indicativo com o clítico nos é ver-nos-emos (no português do Brasil, fora da norma culta, é mais frequente a colocação do pronome clítico antes do verbo, pelo que o mais usual será nos veremos).

A grafia *veremo-nos está incorrecta, pois, ao contrário dos outros tempos verbais, o futuro do indicativo e o condicional, também chamado futuro do pretérito, obrigam à colocação do pronome clítico entre o radical do verbo (ex.: ver-) e a terminação que indica o tempo verbal e a pessoa gramatical (ex.: -emos). Assim sendo, a forma correcta é ver-nos-emos no futuro (ex.: ver-nos-emos quando eu regressar) e ver-nos-íamos no condicional (ex.: ver-nos-íamos obrigados a subir o preço).

É de notar que a reflexão acima não se aplica se houver alguma palavra ou partícula que provoque a próclise do clítico, isto é, a sua colocação antes do verbo (ex.: só nos veremos quando eu regressar, não nos veríamos obrigados a subir o preço).




Em vez de dizer " O homem conduz a senhora mediante as regras.", qual a forma correta? - "Ele condu-la mediante as regras."; "Ele conduz-la mediante as regras." ou "Ele conduze-la mediante as regras"?
O clítico o (e as suas flexões a, os e as), quando colocado após formas verbais terminadas em -r, -s ou -z (ou após a palavra eis), transforma-se em -lo, -la, -los, -las, com consequente queda das consoantes -r , -s ou -z.

Assim, a conjugação do verbo conduzir na terceira pessoa do singular do presente do indicativo com o pronome a gera a forma condu-la (ex.: Ele conduz a senhora = Ele condu-la).

A forma conduze-la está ortograficamente correcta, mas corresponde à forma verbal na segunda pessoa do singular (ex.: Tu conduzes a senhora = tu conduze-la).

Algumas destas dúvidas podem ser esclarecidas com auxílio do corrector do FLiP, que pode experimentar com os exemplos abaixo:
Ele condu-la mediante as regras.
* Ele conduz-la mediante as regras.
* Ele conduze-la mediante as regras.


pub

Palavra do dia

cha·za·da |chà| cha·za·da |chà|
(chá + -z- + -ada)
substantivo feminino

1. [Informal]   [Informal]  Chá em abundância.

2. Refeição em que se toma chá.

3. Porção de chá.

4. [Informal]   [Informal]  Acto de repreender com severidade. = CHÁ, DESCOMPOSTURA, REPRIMENDA

5. [Informal]   [Informal]  Coisa desinteressante ou aborrecida.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/mito [consultado em 15-12-2019]