Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

misogamia

misogamiamisogamia | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

mi·so·ga·mi·a mi·so·ga·mi·a


(miso- + -gamia)
nome feminino

Horror ao casamento. = GAMOFOBIA

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Dúvidas linguísticas


Quando uma carta formal é iniciada por "Eu...", deve de ter o título? "Eu, Dr. João..." ou "Eu, D. Ana..."? No caso de ser Dona, como é a abreviatura? E no caso de ser Dom?
Não há nenhuma norma linguística que impeça a indicação do título do sujeito de um texto formal, como no caso de editais, testamentos ou declarações. No entanto, é mais comum surgir apenas a indicação do nome do sujeito, sem o título, talvez por ser menos ostentatório. A abreviatura de dom ou dona é D. (ex.: D. José, D. Mariana).



Quantos erros gramaticais se encontram na frase: "Tu soubestes muito bem integrares-te no grupo" Penso que tem dois erros (duas formas verbais). Certo?
A construção *tu soubestes está errada, como indica o asterisco, e resulta da confusão entre as formas verbais da segunda pessoa do singular, que não têm s final (tu soubeste) e da segunda pessoa do plural (vós soubestes), ambas do pretérito perfeito do indicativo. Este é um erro muito frequente, que resulta do facto de o pretérito perfeito ser o único tempo verbal (se excluirmos o imperativo) em que a segunda pessoa do singular não tem uma terminação finalizada por -s (ex.: tu sabes, sabias, saberás, souberas, saberias, saibas, soubesses, souberes, saberes). Sobre este assunto, poderá consultar também a resposta puseste-a / puseste-la.
A par deste erro, há também outra situação que pode ser problemática: o uso do infinitivo pessoal ou flexionado (integrares) numa oração subordinada substantiva completiva infinitiva com o mesmo sujeito da oração subordinante. Como foi dito na resposta infinitivo flexionado, quando na oração subordinada infinitiva há um sujeito diferente do sujeito da oração principal, é utilizado o infinitivo pessoal (ex.: tu deixaste [nós] integrarmos novos elementos no grupo). Quando, porém, o sujeito é o mesmo na oração subordinante e na subordinada, como na frase em apreço (tu soubeste muito bem [tu] integrares-te no grupo), a utilização do infinitivo oscila muitas vezes entre o impessoal (ex.: tu soubeste muito bem integrar-te no grupo) e o pessoal (ex.: tu soubeste muito bem integrares-te no grupo). Neste contexto (com o mesmo sujeito para as duas orações), é normalmente considerada como preferencial a escolha do infinitivo impessoal. Sobre este assunto, poderá consultar também a resposta infinitivo em orações adverbiais finais e respectivas hiperligações.
Atendendo ao que foi dito acima, pode considerar-se que a frase *tu soubestes muito bem integrares-te no grupo contém duas incorrecções.

pub

Palavra do dia

sal·-ge·ma |ê|sal·-ge·ma |ê|


nome masculino

[Mineralogia]   [Mineralogia]  Sal comum fossilizado, extraído de depósitos naturais (ex.: mina de sal-gema). = HALITE

Plural: sais-gema ou sais-gemas.Plural: sais-gema ou sais-gemas.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/misogamia [consultado em 27-06-2022]