Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
milíciamilícia | s. f. | s. f. pl.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

mi·lí·ci·a mi·lí·ci·a
(latim militia, -ae, serviço militar, campanha, guerra, tropa, espírito militar, coragem, serviço laborioso)
nome feminino

1. [Militar]   [Militar]  Vida ou carreira militar.

2. [Militar]   [Militar]  Conjunto de tropas. = EXÉRCITO

3. [Por extensão]   [Por extensão]  Corporação bem disciplinada.

4. Grupo defensor de uma doutrina, de uma ideologia.

5. Grupo paramilitar de cidadãos armados que actuam localmente e à margem da lei.


milícias
nome feminino plural

7. [Militar]   [Militar]  Tropas de segunda linha.

Confrontar: melícia.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "milícias" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Tivemos esta discussão sobre o famoso túnel do Marquês: está errado dizer "vamos concluí-lo". Deveria ser "vamos conclui-lo" (sem acento no i), pois "concluí-lo" é pretérito perfeito, não é? Por favor confirmem.
A forma correcta na frase em causa será mesmo concluí-lo (com acento), pois trata-se do infinitivo do verbo concluir, seguido do pronome átono o que assume a forma -lo, por estar a seguir a uma forma verbal terminada em -r (que desaparece). O acento surge para que se mantenha o hiato do infinitivo (isto é, para que as vogais ui não formem um ditongo). A frase Vamos concluí-lo é então a correcta e corresponde a Vamos concluir alguma coisa.

A frase *Vamos conclui-lo seria agramatical, pois seria equivalente a *Vamos concluis alguma coisa, já que a forma conclui-lo (sem acento) corresponde ao presente do indicativo do verbo concluir, isto é, [tu] concluis, seguido do pronome átono o que assume a forma -lo, por estar a seguir a uma forma verbal terminada em -s (que desaparece). Neste caso não há necessidade de acento, pois há um ditongo em [tu] concluis.




Uma amiga minha perguntou-me se esta palavra existe: experienciar.
Nenhum dicionário regista de modo exaustivo o léxico de uma língua e o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (DPLP) não é excepção. Apesar de não constar no DPLP, o verbo experienciar, sinónimo de experimentar, está dicionarizado em diversas obras portuguesas, como sejam o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001), o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (6 vol., Lisboa: Círculo de Leitores, 2002), o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004) ou o Dicionário Gramatical de Verbos Portugueses (Lisboa: Texto Editores, 2007). A sua formação (a partir do substantivo experiência + sufixo -ar) é análoga à de outros verbos da língua portuguesa, como, por exemplo, influenciar, minudenciar, referenciar ou vivenciar.
pub

Palavra do dia

zoi·si·te zoi·si·ta
([Sigismund] Zois [von Eldstein], antropónimo [mineralogista esloveno] + -ite)
nome feminino

[Mineralogia]   [Mineralogia]  Mineral ortorrômbico do grupo dos epídotos, usado como pedra preciosa.


• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia em Portugal: zoisite.

• Grafia em Portugal: zoisite.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/mil%C3%ADcias [consultado em 08-08-2020]