Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

malesuada fames

malesuada famesmalesuada fames | loc.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

malesuada fames


(locução latina que significa "a fome é ruim conselheira")
locução

Virgílio, enumerando os monstros que guardam a entrada dos Infernos, qualifica a fome de ruim conselheira, isto é, de inspiradora de crimes e de más acções.

Fonte: Virgílio, Eneida, VI, 276.
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

ac massa efficitur consectetur. Proin porttitor pulvinar mauris id laoreet. Aenean sit amet enim id erat tincidunt vestibulum. Aenean vitae lacus pharetra, molestie risus sit amet, pharetra lorem. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. In hendrerit purus eu est ultrices, et

Em boralaviajar.com

platea dictumst. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Duis in sollicitudin lorem, vel aliquet est. Curabitur sed placerat tortor, nec mollis urna. Suspendisse dignissim efficitur tincidunt. Aenean gravida condimentum tortor id pretium. Integer lorem lectus, viverra vitae enim a

Em arrumarorganizar.com

finibus vitae. Suspendisse iaculis egestas neque vel egestas. Sed in enim turpis. Curabitur sagittis semper fringilla. Vestibulum gravida urna aliquet semper dictum. Suspendisse potenti. Donec semper condimentum egestas. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis

Em melhordegatos.pt

finibus vitae. Suspendisse iaculis egestas neque vel egestas. Sed in enim turpis. Curabitur sagittis semper fringilla. Vestibulum gravida urna aliquet semper dictum. Suspendisse potenti. Donec semper condimentum egestas. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis

Em melhordegatos.pt

finibus vitae. Suspendisse iaculis egestas neque vel egestas. Sed in enim turpis. Curabitur sagittis semper fringilla. Vestibulum gravida urna aliquet semper dictum. Suspendisse potenti. Donec semper condimentum egestas. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis

Em melhordegatos.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio para me tirarem uma dúvida que é a seguinte: Quando uma pessoa muda de uma região para a outra, mas dentro do próprio país, como se diz? Emigrar ou Imigrar? E quando uma pessoa vai para outro país para trabalhar e para viver?
Os verbos emigrar e imigrar têm em comum o significado de migrar, e apenas diferem no ponto de vista, isto é, emigrar é "sair, temporária ou definitivamente, do seu país ou região" e imigrar é "entrar e fixar-se, periódica ou definitivamente, num outro país ou região" (o mesmo se aplica aos respectivos derivados, como emigrante/imigrante, emigração/imigração). Esta diferença deve-se ao facto de o verbo emigrar conter, já em latim, um elemento e- ou ex-, que deriva da preposição latina ex e que indica "movimento para fora", da mesma forma que o verbo imigrar contém um elemento i- ou in-, que deriva da preposição latina in e que indica "movimento para dentro".

Assim, pode dizer-se, por exemplo, que um português que vai trabalhar para o estrangeiro emigra, relativamente a Portugal (ex.: o pai dele emigrou aos 17 anos; estava a pensar emigrar para a Austrália), e imigra, relativamente ao país de acolhimento (ex.: a família imigrou e já vive neste país há uma década); da mesma forma, um estrangeiro que veio trabalhar para Portugal é imigrante neste país (ex.: os imigrantes permitem rejuvenescer a população envelhecida) e emigrante no seu país de origem (ex.: todos os meses, o emigrante envia dinheiro à família).

Como foi dito acima, qualquer um destes verbos (e ainda o verbo migrar) pode ser usado tanto para uma acção de mudança de país como de região (ex.: abandonaram o cultivo dos campos e emigraram para a cidade; imigrara vinte anos antes, vindo dos Açores).




Numa pesquisa no Google, encontrei várias vezes a expressão "há espera", por exemplo: "torneios há espera de concorrentes". É correcto dizer "há espera"? Não será "à espera"?
No contexto que refere, deverá ser utilizada a locução prepositiva à espera de, que significa “aguardando por” (torneios à espera de concorrentes) e que poderá encontrar registada, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, que também regista a locução adverbial à espera (Ex.: os doentes já estão à espera há muito tempo). Esta locução tem estrutura semelhante a muitas outras locuções prepositivas em português (contracção da preposição a com o artigo definido a seguida de substantivo feminino e da preposição de), como, por exemplo, à beira de, à conta de, à disposição de, à frente de. A expressão há espera poderá apenas ser usada em contextos onde se pretenda dizer que "existe uma espera" (ex.: nos acessos à ponte há espera prolongada).
pub

Palavra do dia

con·ge·ni·al con·ge·ni·al


(con- + genial)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Conforme ao génio ou à índole de alguém ou de alguma coisa (ex.: era a rebeldia congenial da adolescência). = INERENTE

2. Próprio por natureza; que vem desde o nascimento (ex.: sentimentos congeniais; virtude congenial). = CONATO, CONGÉNITO, INATO, INGÉNITO, NATO, NATURAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/malesuada%20fames [consultado em 02-12-2021]