Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

lesa-razão

lesa-razãolesa-razão | n.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

lesa-razão lesa-razão


nome

(A definição desta palavra estará disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

fotografadas por quem as avistava desde as escadinhas - as fotografias do antes e do depois são a prova do que afirmamos -, e inclusivamente do Rossio e do Convento do Carmo. Dada a praxis da CML de aprovação de projectos lesa -património, reiterada ad nauseam durante os últimos 14 anos, não foi com surpresa

Em CIDADANIA LX

Educação e do Ensino em Portugal. Trata-se de uma anormal situação dramática; pela suprema razão de que tudo o que determina a harmoniosa regulação da sociedade e o desenvolvimento da Nação assenta em dois pilares fundamentais: EDUCAÇÃO e ENSINO! Tal desconformidade cívica, educacional e nacional, tem

Em A Quinta Lusitana

Mário Gomes se encaixa no clichê do bolsominion como, aham, uma cenoura se encaixa no cu. O cara tica todas as caixas: branco, hétero, de meia idade, sem muita cultura e ressentidíssimo. O ressentimento tem sua razão de ser. Em 1977, ele estava em vias de se tornar um grande galã da Globo, quando

Em www.tonygoes.com.br

de ter-se mostrado cúmplice, ao menos por fraqueza de espírito, de uma das maiores injustiças do século. Eu acuso o general Billot de ter tido nas suas mãos as provas certas da inocência de Dreyfus e de tê-las abafado, de se tornar culpado deste crime de lesa -humanidade com um objetivo político e

Em Geopedrados

ser verdade ou não - quantas e quantas vezes não disse aqui que mais importante que as razões de cada um é a razão do Sporting? - , trata-se, sim, de essa discussão ser lesa -Sporting porque deprecia a sua marca. Uma marca vale pelos seus consumidores, sem estes não tem valor. Ora, devemos repudiar e

Em castigomaximo.com
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio pedir que me tirem uma dúvida relacionada com a palavra bolor: a correcta pronunciação da palavra acima referida é "bolor" (com o mesmo tipo de fonologia que existe em, por ex.: ardor ou timor) ou "bolór" (obviamente sem o uso do acento que coloquei, mas com um som como em pior ou maior). Pessoalmente penso que se pronuncia sem nenhum tipo de acentuação, mas desde que vim estudar para o Porto estou rodeado de gente que diz o contrário.
A pronúncia das palavras em português não obedece, em geral, a critérios de correcção, pois não se trata de uma pronúncia correcta ou incorrecta, mas de variações de pronúncia relacionadas com o dialecto ou o sociolecto do falante. Algumas obras lexicográficas contêm transcrições ou indicações de pronúncia (ou de ortoépia), que mais não são do que referências, e que, como tal, não podem ser tomadas como normativas ou vinculativas.

No caso da palavra bolor, parecem ser consideradas correctas as pronúncias do segundo o como [o] (o símbolo entre parênteses representa no alfabeto fonético internacional o som ô de ardor ou Timor) ou como [ɔ] (o símbolo entre parênteses representa no alfabeto fonético internacional o som ó de pior ou pó), ainda que a pronúncia com o som ô seja estatisticamente mais frequente. Assim, por um lado, o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo GONÇALVES (Coimbra, Coimbra Editora, 1966) e o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto, Porto Editora, 2004) indicam as duas fonéticas, enquanto o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro MACHADO (Lisboa, Âncora, 2001), o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências (Verbo, 2001) e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Lisboa, Círculo de Leitores, 2002) assinalam apenas a pronúncia ô.

Pelo que foi acima apontado, a dúvida colocada diz respeito à qualidade da vogal fonética que corresponde à ortografia, e não a uma acentuação diferente (em ambas as pronúncias, trata-se da mesma sílaba acentuada, bolor). Uma vogal ortográfica (, por exemplo) pode, no português europeu, corresponder a diversas vogais fonéticas (ex.: [u], em bolor), [o] ou [ɔ], em bolor). Esta qualidade da vogal é geralmente fixa em cada palavra (normalmente, o mesmo falante não oscila entre [o] ou [ɔ], em bolor), mas pode alterar-se quando, numa palavra derivada, a sílaba dessa vogal passa de tónica a átona (ex.: bolor [o] ou [ɔ] > bolorento [u]).




Anquilose, anquilosado e anquilosamento, já há tanto usados na linguagem escrita e falada, de aquém e além-mar, ainda não foram "adoptados" pelos dicionários porquê? Será erro utilizar os termos? Há outros, no vocabulário oficial, que lhes equivalham e os possam substituir?
A forma anquilose (e seus derivados) é realmente muito usada, ao ponto de já ter sido adoptada por alguns dicionários. Trata-se, no entanto, de uma incorrecta adaptação do grego agkúlôsis, pois o k grego representa-se habitualmente por c em latim e em português. Por essa razão, os dicionários e vocabulários que registam estes termos em anquilos- consideram-nos geralmente variantes inexactas das formas em ancilos-, a adaptação correcta; ancilose, ancilosar e derivados são por isso os termos preferenciais.
pub

Palavra do dia

ni·ví·co·la ni·ví·co·la


(latim nix, nivis, neve + -cola)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

Que vive em região em que há neve (ex.: espécies nivícolas).

Confrontar: vinícola.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/lesa-raz%C3%A3o [consultado em 19-01-2022]