Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

lúcia-lima

lúcia-limalúcia-lima | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

lú·ci·a·-li·ma lú·ci·a·-li·ma


nome feminino

[Portugal]   [Portugal]   [Botânica]   [Botânica]  Arbusto da família das verbenáceas (Lippia citriodora). [Equivalente no português do Brasil: cidrão.]Ver imagem = BELA-ALOÍSIA, BELA-LUÍSA, DOCE-LIMA, ERVA-HELOÍSA, ERVA-LUÍSA, LIMONETE

Plural: lúcias-lima ou lúcias-limas.Plural: lúcias-lima ou lúcias-limas.
pub

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

qualquer investigação sobre desvios de conduta de delegados deveria ser feita na primeira instância. O caso está no STF (Supremo Tribunal Federal), sob relatoria da ministra Cármen Lúcia , após a primeira instância – que autorizou a prisão – entender que poderia ter ocorrido a participação de Bolsonaro em

Em Caderno B

: Ana Lúcia Lima da Costa Schmidt - Presidente Luciano Apolinário - Vice-presidente Guacira Pereira Moreira - Diretora de Biblioteca Silvana Duarte - Secretária Novos acadêmicos empossados e seus patronos: Cadeira 24: Ana Elvira Utrini Vieira Constâncio Patrono Regional: Garcia Silva Patrono Nacional

Em O VAGALUME

Fotografia divulgada pela Presidente, acadêmica Ana Lúcia Lima da Costa Schmidt. O Blog "O VAGALUME" agradece a sua participação.

Em O VAGALUME

energia era antiquada. “Era caótico. A estrutura era boa, mas a escola estava depredada, paredes pichadas, infiltrações, rede elétrica antiga, colocávamos aparelhos na tomada e queimavam. Além disso, não havia drenagem, quando chovia alagava”, disse. De acordo com a inspetora Lúcia Marques de Mattos, hoje

Em Caderno B

Primeiro Campo de Aviação de Miracema, construído na década de 1940. Hangar, no Alto do Cruzeiro. Foto: acervo de Carmem Lúcia Macedo Lima . Divulgado no Facebook por Tadeu Miracema. M uitas postagens nesse blogue são construídas assim, através de bate-papos nas redes sociais. Hoje flagrei na página

Em O VAGALUME
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Uma amiga minha perguntou-me se esta palavra existe: experienciar.
O verbo experienciar, sinónimo de experimentar, está dicionarizado em diversas obras portuguesas para além do Dicionário Priberam, como sejam o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001), o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (6 vol., Lisboa: Círculo de Leitores, 2002), o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004) ou o Dicionário Gramatical de Verbos Portugueses (Lisboa: Texto Editores, 2007). A sua formação (a partir do substantivo experiência + sufixo -ar) é análoga à de outros verbos da língua portuguesa, como, por exemplo, influenciar, minudenciar, referenciar ou vivenciar.



A palavra "abrupto" não se separa da forma "a-brup-to", como se vê no vosso dicionário, mas sim da forma "ab-rup-to".
Para a forma abrupto, e apesar de esta não ser uma opinião unânime nos poucos dicionários que fazem divisão silábica para translineação, defendemos que a divisão silábica apropriada para translineação é "a-/brup-/to", pelos motivos que a seguir apontamos. À variante ab-rupto pode aplicar-se a divisão para translineação "ab-/-rup-/to".

A divisão silábica para translineação tem por base a divisão silábica, mas, ao contrário desta, é muito pouco intuitiva, pois é convencionada pelos textos legais que regulam a ortografia (o Acordo Ortográfico de 1990 ou, antes da aplicação da nova ortografia, o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil e o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal) e pelas obras de referência, com regras bastante específicas.

Em qualquer um destes textos se diz que o grupo consonântico br (ex.: abrir) faz parte dos grupos indivisíveis (bl, br, cl, cr, dr; fl, fr, gl, gr, pl, pr, tl, tr, vr), havendo algumas excepções, essas sim, pouco claras.

Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, na Base XX, 1.º (e também segundo Acordo Ortográfico de 1945, na Base XLVIII, 1.º, uma vez que o texto neste ponto é praticamente igual), as excepções são apenas "vários compostos cujos prefixos terminam em b ou d: ab- legação, ad- ligar, sub- lunar, etc., em vez de a- blegação, a- dligar, su- blunar, etc.". Sobre este ponto, também Rebelo Gonçalves se pronuncia no seu Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa, dizendo, em relação aos grupos consonânticos indivisíveis bl, br, pl e pr que "excepcionalmente, há sucessões de b e l e de d e l que não constituem perfeitos grupos", como serão os casos de ablegação, adligante ou sublunar, em que na translineação as consoantes deverão ficar separadas, mas sem referir outros grupos consonânticos. Já o Formulário Ortográfico de 1943, que rege a ortografia no Brasil antes da aplicação do Acordo de 1990, no ponto XV, refere que "não se separam os elementos dos grupos consonânticos iniciais de sílaba", observando em nota que "nem sempre formam grupos articulados as consonâncias bl e br: nalguns casos o l e o r se pronunciam separadamente, e a isso se atenderá na partição do vocábulo", mas os exemplos enunciados são sublingual, sub-rogar e adlegação, sendo que o único exemplo em que se separa b-r é o de uma palavra já hifenizada, o que indica uma divisão silábica que nem precisa das regras de translineação para se fazer (achamos que é também o caso da variante ab-rupto, mas não de abrupto).

pub

Palavra do dia

des·po·ta·do des·po·ta·do


(déspota + -ado)
nome masculino

Cargo, dignidade ou território da jurisdição de um déspota.

Confrontar: disputado.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/l%C3%BAcia-lima [consultado em 04-12-2022]