Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

ironicamente

ironicamenteironicamente | adv.
derivação de irónicoirônico
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

i·ro·ni·ca·men·te i·ro·ni·ca·men·te


(irónico + -mente)
advérbio

De modo irónico.


i·ró·ni·co i·rô·ni·co


(ironia + -ico)
adjectivo
adjetivo

1. Em que há ou que revela ironia.

2. Que dá a entender, em determinado contexto, o contrário ou algo diferente do que significa.

3. Que mostra sarcasmo ou escárnio. = SARCÁSTICO, ZOMBETEIRO


• Grafia no Brasil: irônico.

• Grafia no Brasil: irônico.

• Grafia em Portugal: irónico.

• Grafia em Portugal: irónico.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "ironicamente" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

No dia 7 de novembro de 1944 - ironicamente o dia da Revolução de Outubro , o feriado mais importante na URSS -...

Em Geopedrados

Ironicamente , as apólices de seguro de vida eram inválidas

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

profusão de ideias promissoras, novas e/ou rearranjadas, ironicamente sabotadas pela própria imaturidade e inaptidão narrativa do par, sem um único filtro de...

Em BLACK ZOMBIE

E, ironicamente , nas economias coletivas, onde sempre acontecem pela falta de mercadorias e serviços, no...

Em Vis

sua base e ( ironicamente ) não têm olfato..

Em confrariadearton.blogspot.com
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).




Inseri, no vosso corrector ortográfico, a palavra “desejante” que, há tempos, vi escrita, erradamente, em vez do adjectivo “desejoso”. Para surpresa minha, o citado corrector, no português de Portugal, não acusa o erro.
A palavra desejante, apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários de língua portuguesa à nossa disposição, está averbada no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras e apresenta-se correctamente formada (através da aposição do sufixo -ante ao verbo desejar), daí a sua inclusão no léxico do corrector ortográfico do FLiP. O adjectivo desejante, cujo uso é bastante frequente (como se pode verificar através de pesquisas em corpora e motores de busca da Internet), partilha do significado do adjectivo desejoso (ex.: ela é uma pessoa desejosa de conhecimento = ela é uma pessoa desejante de conhecimento), apesar de este ser mais frequente e estar já consagrado pelo uso. Ambos resultam de processos regulares de derivação no português, pela junção, respectivamente, do sufixo -ante ao radical de um verbo e do sufixo -oso ao radical de um substantivo.
pub

Palavra do dia

o·ven·çal o·ven·çal


(ovença + -al)
nome masculino

1. [Antigo]   [Antigo]  Pessoa encarregada de uma despensa. = DESPENSEIRO, ECÓNOMO

2. [Antigo]   [Antigo]  Cobrador de rendas.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/ironicamente [consultado em 19-10-2021]