PT
BR
Pesquisar
Definições



ideia

A forma ideiapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de idearidear], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de idearidear] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
ideiaidéiaideia
( i·dei·a

i·déi·a

i·dei·a

)


nome feminino

1. Representação que se forma no espírito.

2. Percepção intelectual.

3. Pensamento.

4. Lembrança, memória.

5. Plano, intenção.

6. Fantasia.

7. Doutrina; sistema.


ideia fixa

A que preocupa o espírito constantemente.

ideia luminosa

Solução ou plano muito bom ou digno de aplauso.

ideia nova

Princípio político ou social tendente a melhorar ou regenerar os povos.

ideia peregrina

Solução ou proposta muito estranha ou desadequada.

ideias avançadas

Política ou crença religiosa considerada mais liberal que a dominante.

etimologiaOrigem etimológica:grego idéa, -as, aparência, maneira de ser, estilo.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:ideário.
grafiaGrafia no Brasil:idéia.
grafiaGrafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990:ideia.
grafia Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: idéia.
grafiaGrafia em Portugal:ideia.
idearidear
( i·de·ar

i·de·ar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Criar na mente. = CONCEBER, IDEALIZAR, IMAGINAR

2. Pôr na ideia.

3. Definir antecipadamente um plano ou um conjunto de acções ou intenções. = IDEALIZAR, PLANEAR, PLANEJAR, PROJECTAR

etimologiaOrigem etimológica:ideia + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "ideia" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Num texto em que se usa a abreviatura de uma divisa (por exemplo, EUR ou USD), é correcto escrever "30 EUR" ou, pelo contrário, deve utilizar-se "EUR 30"? E deve ser "30 €" ou "€ 30"?
A ortografia é a única área da língua em que há uma regulamentação através de textos legais.

Esta dúvida não diz directamente respeito à ortografia, mas à representação convencionada de valores monetários, nomeadamente através do recurso ao código das moedas ou de abreviaturas ou símbolos. À partida, parece lógico que se coloque o código ou o símbolo da moeda depois do montante (ex.: 30 EUR ou 30 €), não havendo qualquer motivo para colocar o código ou o símbolo da moeda antes (ex.: EUR 30 ou € 30), a não ser por analogia com o inglês, onde essa é a prática mais corrente.

Estas opções não são obrigatórias, mas constituem frequentemente objecto de directrizes em livros ou manuais de estilo de órgãos de comunicação ou instituições. A título de exemplo, veja-se a recomendação do Código de Redacção Interinstitucional da União Europeia (ver http://publications.europa.eu/code/pt/pt-370303.htm): "O código EUR ou o símbolo colocam-se depois do montante, separado por um espaço: um total de 30 EUR", com a observação de que "esta regra aplica-se à maior parte das línguas, excepto inglês, letão e maltês, onde o código aparece antes do número: an amount of EUR 30".




Utilizo com frequência o corrector linguístico, constituindo este uma importante ferramenta de trabalho. Constatei que, ao contrário do que considerava, a palavra pátio tem esta ortografia, e não páteo. Gostaria que me informassem se existiu algum acordo ortográfico recente ou se, pelo contrário, a ortografia actual sempre foi a correcta.
Já no texto da base IX do Acordo Ortográfico de 1945 (e na base V do Acordo Ortográfico de 1990), é referida a forma pátio, pelo que esta é a única forma considerada correcta.

É no entanto algo frequente a utilização da forma páteo, nomeadamente em estabelecimentos comerciais; esta forma pode ser considerada uma grafia mais antiga, de uma altura em que as convenções ortográficas ainda não tinham estabilizado a grafia do português.