PT
BR
Pesquisar
Definições



gostaria

A forma gostariapode ser [primeira pessoa singular do condicional de gostargostar] ou [terceira pessoa singular do condicional de gostargostar].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
gostargostar
( gos·tar

gos·tar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Achar bom gosto a (ex.: não gosto de cerveja). = APRECIAR

2. Ter prazer em ver ou em sentir (ex.: gostou do filme?).

3. Achar-se ou dar-se bem.

4. Ter inclinação.

5. Ter por hábito. = USAR

6. Simpatizar.

7. Provar.

8. Ter satisfação em.


verbo transitivo e pronominal

9. Ter afeição. = ESTIMAR

sinonimo ou antonimoAntónimoAntônimo geral: DETESTAR, EXECRAR, ODIAR

etimologiaOrigem etimológica:latim gusto, -are, provar.
Confrontar: gustar.
Ver também resposta à dúvida: regência dos verbos gostar e querer.

Auxiliares de tradução

Traduzir "gostaria" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Qual a forma correcta de dizer em português: biossensor ou biosensor?
A grafia correcta, apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários por nós consultados, deverá ser biossensor, por analogia com outras palavras formadas a partir do prefixo de origem grega bio-, que exprime a noção de “vida”: biossatélite, biossintético, biossistema, etc. Este comportamento é também análogo ao de alguns prefixos terminados em o, como sejam retro-, socio- e tecno-, que obrigam à duplicação do r e do s quando o elemento ao qual se apõem se inicia por uma dessas consoantes.



Numa pesquisa no Google, encontrei várias vezes a expressão "há espera", por exemplo: "torneios há espera de concorrentes". É correcto dizer "há espera"? Não será "à espera"?
No contexto que refere, deverá ser utilizada a locução prepositiva à espera de, que significa “aguardando por” (torneios à espera de concorrentes) e que poderá encontrar registada, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, que também regista a locução adverbial à espera (Ex.: os doentes já estão à espera há muito tempo). Esta locução tem estrutura semelhante a muitas outras locuções prepositivas em português (contracção da preposição a com o artigo definido a seguida de substantivo feminino e da preposição de), como, por exemplo, à beira de, à conta de, à disposição de, à frente de. A expressão há espera poderá apenas ser usada em contextos onde se pretenda dizer que "existe uma espera" (ex.: nos acessos à ponte há espera prolongada).