PT
BR
Pesquisar
Definições



geração

A forma geraçãopode ser [derivação feminino singular de gerargerar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
geraçãogeração
( ge·ra·ção

ge·ra·ção

)


nome feminino

1. Acto ou efeito de gerar ou de se gerar.

2. Conjunto de funções pelas quais um ser organizado produz outro da sua espécie. = PROCRIAÇÃO

3. [Biologia] [Biologia] Conjunto dos seres vivos que têm os mesmos progenitores.

4. Grau de filiação ou de descendência em linha directa.

5. Conjunto de descendentes de um tronco familiar comum. = DESCENDÊNCIA, RAÇA

6. Descrição da origem e ramificações de uma família. = FAMÍLIA, GENEALOGIA, LINHAGEM, PARENTELA

7. Conjunto das pessoas da mesma época ou quem têm sensivelmente a mesma idade.

8. Tempo médio da duração da vida humana.

9. Gente; nação.

10. [Religião] [Religião] Filiação de conventos fundados por frades de outro convento da mesma ordem.

11. [Figurado] [Figurado] Produção.

12. Criação, concepção.

13. Derivação; desenvolvimento.

14. Formação.


de última geração

Que está na vanguarda ou que apresenta o nível mais avançado de desenvolvimento ou de conhecimento (ex.: tecnologia de última geração).

geração espontânea

[Biologia] [Biologia]  Hipótese que admitia a formação dos seres vivos a partir de matéria não viva. = ABIOGÉNESE, ABIOGENIA, HETEROGENESIA, HETEROGENIA

geração X

[Sociologia] [Sociologia]  Designação dada ao conjunto de pessoas que nasceram sensivelmente entre o final dos anos 1960 e o início dos anos 1980, a seguir à geração dos baby boomers.

geração Y

[Sociologia] [Sociologia]  Designação dada ao conjunto de pessoas que nasceram sensivelmente entre o início dos anos 1980 e o final dos anos 1990.

geração Z

[Sociologia] [Sociologia]  Designação dada ao conjunto de pessoas que nasceram sensivelmente entre o final dos anos 1990 e a década de 2010.

etimologiaOrigem etimológica:latim generatio, -onis.
gerargerar
( ge·rar

ge·rar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Dar existência a; procriar; conceber.

2. Produzir, dar.

3. Ter.

4. Causar, originar.


verbo intransitivo e pronominal

5. Formar-se, desenvolver-se.

6. Nascer.

etimologiaOrigem etimológica:latim gero, -are.
Confrontar: gerir.

Auxiliares de tradução

Traduzir "geração" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber se o verbo vir na frase eu não quero que eles "vão" à festa, está correto e se não qual é a forma correta.
Na frase Eu não quero que eles vão à festa está presente o verbo ir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de cá para lá, ou de um local próximo para um local mais afastado.
Se quiser utilizar o verbo vir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de lá para cá, ou de um local afastado para um local mais próximo de quem fala, deverá utilizar a forma venham.
Em ambos os casos, a frase estará correcta, pois trata-se de formas verbais no presente do conjuntivo (ou presente do subjuntivo, no português do Brasil), por fazer parte de uma oração subordinada completiva ou integrante, que é complemento directo do verbo querer. As duas frases apenas diferem no sentido dado por ser o verbo ir ou o verbo vir.




Gostaria de saber se a palavra sofá se pronuncia "SÓFÁ" acentuando também no o ou sem acentuação.
Na questão colocada, não está em causa a acentuação (a palavra é sempre acentuada na última sílaba: so), mas a qualidade da vogal (a vogal o, por exemplo, pode corresponder aos sons [ɔ], como em fome, [o], como em amor, ou [u], como em barco).

No português, como regra geral (com muitas excepções), as vogais que não pertencem a uma sílaba tónica são elevadas. Por exemplo, no caso da vogal o nas palavras dobra e dobrar, o som [ɔ] (vogal mais baixa) da palavra dobra (com acento tónico em do) passa a pronunciar-se [u] (vogal mais alta) em dobrar pois a sílaba tónica passou a ser a última dobrar.

Esta regra geral aplica-se a sofá e aí, como a sílaba tónica é , a sílaba so- pode pronunciar-se [su] (e é esta a pronúncia registada no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia da Ciências/Verbo e, posteriormente, no Grande Dicionário da Língua Portuguesa, da Porto Editora).

A pronúncia [sɔ] é também possível, pois a palavra, apesar de ser de origem árabe, entrou no português através do francês, sendo pronunciada ó nessa língua, podendo desta forma ser considerada um galicismo.