Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

gata

gatagata | n. f.
fem. sing. de gatogato
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ga·ta ga·ta


nome feminino

1. Fêmea do gato.

2. [Ictiologia]   [Ictiologia]  Nome vulgar de uma espécie de peixe também chamado cascarra.

3. [Ictiologia]   [Ictiologia]  Peixe esqualiforme (Dalatias licha), cuja pele se torna muito áspera depois de seca. = PEIXE-GATA

4. [Náutica]   [Náutica]  Gávea do mastro da mezena.

5. [Náutica]   [Náutica]  Âncora com um só braço (ferro de tesoura).

6. [Botânica]   [Botânica]  Espécie de pepino do Egipto.

7. [Informal]   [Informal]  Bebedeira.

8. [Informal]   [Informal]  Reprovação escolar.

9. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]  Resguardo do pombal.

10. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Mulher muito atraente.

11. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Namorada.


de gatas
Com as mãos e os joelhos no chão. = DE GATINHAS, DE QUATRO

não poder com uma gata pelo rabo
[Informal]   [Informal]  Estar exausto, sem força física. = NÃO PODER COM UM GATO PELO RABO


ga·to ga·to


(latim cattus, -i)
nome masculino

1. [Zoologia]   [Zoologia]  Mamífero (Felis catus) digitígrado, da ordem dos carnívoros, tipo da família dos felídeos, de que há várias espécies, uma das quais é o gato doméstico.Ver imagem

2. Vergalhão de ferro com espigões (grampo) para manter unidas as pedras das paredes.

3. Pedacinho de arame com que se conserta louça partida.

4. Peça de ferro em forma de grampo, entre a qual e a madeira da porta joga a tranqueta da aldraba.

5. Utensílio de tanoeiro para arquear as vasilhas.

6. Peça de ferro com que se endireitam as aduelas.

7. [Caça]   [Caça]  Ferro com um gancho para caçar.

8. Excesso de carne na parte superior do pescoço das cavalgaduras. (Também se diz gato carnoso.)

9. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]  Erro, engano.

10. Troca de uma palavra ou de uma letra por outra, num texto escrito.

11. [Portugal: Alentejo]   [Portugal: Alentejo]  Pele preparada, em forma de odre, para levar vinho.

12. Pedaço de fazenda que o alfaiate furta ao freguês.

13. [Marinha]   [Marinha]  Gancho de que se dependura um moutão.

14. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]  Mentira.

15. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Desvio ou prolongamento ilegal de um ponto de fornecimento de energia eléctrica (ex.: fazer um gato). = GAMBIARRA

adjectivo e nome masculino
adjetivo e nome masculino

16. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Que ou o que é fisicamente atraente (ex.: ela é muito gata; o namorado é um gato).


aqui há gato
Expressão que indica suspeitas ou dúvidas relativamente a alguma coisa. = AQUI HÁ COISA

como gato por brasas
Ao de leve, superficialmente.

gato escondido com o rabo de fora
[Informal]   [Informal]  Coisa que se quer escondida, mas que é descoberta por um pormenor, um descuido.

gato por lebre
Com engano, dando ou recebendo algo com qualidade inferior ao que é esperado (ex.: comprou gato por lebre; não deixe que lhe vendam gato por lebre).

não poder com um gato pelo rabo
[Informal]   [Informal]  Estar exausto, sem força física. = NÃO PODER COM UMA GATA PELO RABO

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "gata" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

(NESSA ALTURA REPAREI NUMA GATA GORDA QUE ESTAVA ANINHADA JUNTO DO CANDEDEIRO QUE A ILUMINAVA )..

Em Reencontros

com a GATA BORRALHEIRA..

Em Coluna D'Águias Gloriosas

Em suas viagens, Moisant foi acompanhado por Mademoiselle Fifi: uma pequena gata que de alguma forma levou a coisa toda voando surpreendentemente bem..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

"- Como assim, queres a minha gata ??

Em lije handmade

...novelas A Menina do Veleiro Azul, Cinderela 77, O Amor é Nosso e A Gata Comeu, e esteve em filmes como

Em Caderno B
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostava de saber se a vossa ferramenta FLiP pode corrigir palavras com especificação de gênero, sugerindo palavras que não especificam gênero masculino ou feminino. Por exemplo, a correção de "menino" para "menine", para ser neutro.
O FLiP (Ferramentas para a Língua Portuguesa) oferece verificação e sugestões de correcção em casos de concordâncias de género, número e pessoa. No entanto, no caso especificado não se trata de um erro de concordância, mas de uma tomada de posição sociopolítica que, por opção individual, se reflecte linguisticamente, e que os correctores ortográficos, sintácticos e estilísticos não incorporam por não se tratar de prática generalizada pelos falantes e escreventes do português nem estar consignada pelos instrumentos legais que dispõem sobre a ortografia da língua portuguesa.
Adicionalmente, deve referir-se que, em português, o género gramatical não corresponde sempre ao sexo da entidade referente. Além disso, a língua portuguesa, tal como é usada pelos falantes e descrita pelas gramáticas, não tem género neutro, sendo o género em português uma categoria morfossintáctica dos nomes que admite apenas dois valores (feminino e masculino).

Em geral, quando associado a um nome animado, o género aplica-se a entidades de sexo masculino ou feminino, mas a oposição de género masculino/feminino não se limita a esta distinção, havendo, principalmente nos nomes inanimados, convenções linguísticas que não têm nenhum referente relacionado com o sexo (ex.: o frasco , a garrafa). Para além disso, os nomes epicenos (ex.: elefante [fêmea/macho]) e os nomes sobrecomuns (ex.: o cônjuge; a vítima), apesar de terem um valor único de género, podem designar entidades de sexo feminino ou masculino.
Os nomes de dois géneros (ou nomes comuns de dois), quando a mesma forma se pode aplicar ao género feminino e ao masculino, são ambíguos quanto ao género, mas o contexto sintáctico geralmente resolve essa ambiguidade (ex.: a/o estudante aplicada/o). A oposição de género reflecte-se ainda na referência ou substituição por um pronome, na concordância com modificadores (adjectivos, por exemplo) ou na presença de sufixos ou desinências.

A alteração de menino ou menina para *menine, *meninx, *menin@ ou outro tipo de soluções gráficas sem marcação de género não seria propriamente uma correcção, pois do ponto de vista ortográfico essas seriam consideradas formas erradas, uma vez que a ortografia é a parte da língua mais convencional e a única sujeita a textos legais. A alteração para desinências sem marcação explícita de género é uma opção individual do utilizador da língua, que o corrector automático não pode aplicar à generalidade dos usuários nas frases típicas alvo de correcção.




Gostaria de saber se, se eu escrever como escrevia anteriormente (com a ortografia anterior ao Acordo Ortográfico), está ortograficamente errado ou também é aceite? Exemplo: "correcto" ou "correto"? Qual deles está oficialmente? Ou estarão os dois?
Quando o novo Acordo Ortográfico estiver em vigor em Portugal, apenas a forma "correto" será considerada ortograficamente certa, correspondendo a forma "correcto" a uma grafia anterior à vigência do acordo, uma vez que este preconiza que não sejam escritas as consoantes que não são proferidas na chamada norma culta (base IV, 1.º, alínea b).
O utilizador da língua pode optar por utilizar a nova ortografia ou não, uma vez que não pratica qualquer ilícito contravencional, isto é, manter a ortografia anterior ao novo Acordo Ortográfico não tem qualquer consequência legal, mesmo após o período de transição de 6 anos previsto legalmente (em Portugal). No entanto, quando houver uma generalização da nova ortografia, nomeadamente na comunicação social e em contexto escolar, pode ser importante e útil a aprendizagem dessa nova ortografia por motivos sociais e profissionais. A partir de determinada altura, a noção de erro ortográfico vai abranger formas que actualmente são práticas correntes, da mesma forma que actualmente são considerados erros ortográficos práticas ortográficas alteradas pelo Acordo de 1945 (como diccionário ou sciência), ou pela alteração de 1973 (como pràticamente ou sòzinho).

pub

Palavra do dia

vi·trí·o·lo vi·trí·o·lo


(latim tardio vitriolum, do latim vitrum, -i, vidro)
nome masculino

[Antigo]   [Antigo]   [Química]   [Química]  Nome vulgar do ácido sulfúrico e de alguns sulfatos.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/gata [consultado em 26-09-2022]