Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
forróforró | s. m.
forroforro | s. m.
forroforro | adj. | adj. s. m.
Será que queria dizer forro?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

for·ró |fò| for·ró |fò|
(talvez redução de forrobodó)
substantivo masculino

1. [Brasil]   [Brasil]  Festa popular brasileira, com origem no Nordeste, onde geralmente há dança a pares.

2. [Brasil]   [Brasil]  Baile popular. = ARRASTA-PÉ, FORROBODÓ

3. [Música]   [Música]  Música popular do nordeste brasileiro.

4. [Informal]   [Informal]  Festa ruidosa e muito animada. = FARRA, FESTANÇA, FORROBODÓ, PÂNDEGA


for·ro |ô| for·ro |ô| 1
(francês antigo feurre, revestimento interno, do frâncico fôdare)
substantivo masculino

1. Tudo que serve para encher ou reforçar interiormente algum artefacto.

2. Revestimento interno.

3. Tecido com que se reforça interiormente qualquer peça de vestuário.

4. Tábuas com que se reveste interiormente o tecto das casas ou os soalhos velhos.

5. Espaço entre o telhado e o tecto ou entre o tecto de um piso e o soalho do piso imediatamente superior.

6. Tecido com que se cobre o assento de sofás, cadeiras, etc.

7. Revestimento externo.

8. Revestimento exterior do fundo dos navios, das amuradas, etc.

Plural: forros |ô|.Plural: forros |ô|.

for·ro |ô| for·ro |ô| 2
(árabe hurr, livre, puro, nobre, bravo)
adjectivo
adjetivo

1. Que teve alforria (ex.: escravos forros). = AFORRADO, ALFORRIADO, LIBERTO, LIVRECATIVO, ESCRAVIZADO, ESCRAVO

2. Que se libertou de algo. = DESOBRIGADO, LIBERTO, LIVRE

3. Que se poupou; que foi economizado. = AFORRADO, POUPADO

4. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Que tem pé-de-meia. = ABONADO

adjectivo e substantivo masculino
adjetivo e substantivo masculino

5. O mesmo que são-tomense.

6. [Linguística]   [Lingüística]   [Linguística]  Relativo a ou crioulo de base portuguesa falado em São Tomé. = SÃO-TOMENSE

Plural: forros |ô|.Plural: forros |ô|.
pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se o feminino de anjo é anja e se está certo.
Não entrando na questão do sexo dos anjos (serão ou não seres assexuados?), a palavra anjo é um substantivo sobrecomum, isto é, tem um só género gramatical (é masculina: o anjo era bonito) mas designa indivíduos de ambos os sexos, não apresentando por isso uma forma feminina *anja.

O mesmo se passa, aliás, com os substantivos femininos pessoa, testemunha ou vítima, por exemplo, que designam ambos os sexos, não existindo as formas masculinas *pessoo ou *vítimo e correspondendo testemunho a outro significado, que não o feminino de testemunha.

Nestes casos, quando se quer discriminar o sexo do indivíduo, usa-se uma expressão como a pessoa do sexo feminino, a testemuna masculina, a vítima do sexo masculino. O mesmo se poderá fazer no caso de anjo: o anjo do sexo feminino.




Qual a frase correcta e porquê?
1 - Não tens nada a ver com isso.
2 - Não tens nada a haver com isso.
Apesar de a frase 1 ser, estatística e semanticamente, a mais provável, nenhuma das frases está incorrecta. Na frase 1 a locução ter a ver com significa "estar relacionado" ou "dizer respeito" (ex.: essa questão não tem nada a ver com a empresa). Na frase 2 a locução ter a haver, muito mais rara, significa "ter a receber" ou “ficar na posse de algo” (ex.: não tenho nada a haver deles mas também não lhes devo nada).

A semelhança fonética entre as duas locuções acima explicitadas está na origem desta dúvida, comum a muitos falantes de português. No entanto, na estrutura tu não tens nada a _____ [ver/haver] com isso, é altamente provável que a intenção seja a de indicar que o assunto de que se está a falar [isso] não diz respeito ao interlocutor, pelo que, nesse caso, a única forma correcta de transmitir esse significado é através da locução ter a ver com, tal como ela é usada na frase 1.

pub

Palavra do dia

jor·gen·se jor·gen·se
([São] Jorge, topónimo + -ense)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Relativo ou pertencente à ilha de São Jorge, no arquipélago dos Açores.

substantivo de dois géneros

2. Natural ou habitante da ilha de São Jorge.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/forr%C3%B3 [consultado em 23-04-2019]