Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

fast-food

fast-foodfast-food | adj. 2 g. 2 núm. n. f. | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

fast-food |fásst-fúde|


(palavra inglesa, de fast, rápido + food, comida)
adjectivo de dois géneros e dois números e nome feminino
adjetivo de dois géneros e dois números e nome feminino

1. Diz-se de ou comida de confecção e serviço rápidos, geralmente associada a sanduíches e alimentos fritos (ex.: comida fast-food; sanduíches fast-food; fiquei farto de fast-food).

nome masculino

2. Restaurante que serve esse tipo de comida (ex.: pararam num fast-food para almoçar).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "fast-food" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Novato CA are also available for research. Find a seller financed Novato Fast Food Restaurant Restaurant business or other ideal Novato Restaurant and Food Business business opportunity today. TGA Premier Sports is a leader in providing fun and engaging after school sports. Group Automotive Sales

Em Casa do Benfica de Vendas Novas - CBVN

estimates predict a peak toward the end of this century ( Vollset et al., 2020 ). Large population size and continued growth are implicated in many societal problems. The impact of population growth, combined with an imperfect distribution of resources, leads to massive food insecurity. By some estimates

Em Tupiniquim

Search for dogs for adoption at shelters near North Tonawanda NY. Dogs for Sale Near Buffalo New York Dogs Near Buffalo New York. Lola Yorkshireterrier Yorkie Terrier Yorkie Puppy Yorkshire Terrier 180 reviews Inexpensive Hot Dogs Burgers Fast Food . Tonawanda dogs for sale near me . Ads 1 - 8 of

Em Casa do Benfica de Vendas Novas - CBVN

divulgação da campanha da rede de lanchonetes. Faz tempo que eu evito fast food , mas hoje até me deu vontade de prestigiar o BK. Ah, e tem outra boa notícia vinda do universo do hambúrguer: parece que o Madero está fazendo água. Maadeeroo!

Em www.tonygoes.com.br

, criaram uma empresa chamada Le Part Du Peuple , em que todos os que doam, ficam com uma parte da empresa, ninguém é o dono . É uma empresa administrada como uma organização sem fins lucrativos. “O que queremos fazer é criar aqui um fast-social-food , um restaurante onde te entreguem o menu e os preços

Em VISEU, terra de Viriato.
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Tenho dúvida em diferenciar "Termo da Oração" e "Função Sintática". Numa mesma página dum livro de Gramática, vi três definições de Sujeito: 1) Sujeito É o TERMO DA ORAÇÃO que concorda em número e pessoa com o verbo; 2) Sujeito é, portanto, o NOME de uma FUNÇÃO SINTÁTICA (...); 3) Sob a ótica da Morfossintaxe, Sujeito é NOME de uma função substantiva (...). Entendo que "termo" seja sinônimo de "vocábulo", logo Termo da Oração deveria ser um "pedaço" da oração composto por uma ou mais palavras, vocábulos. E a Função Sintática deveria ser o papel exercido por essa(s) palavra(s) ("termo da oração") na frase. Exemplificando: "A Gramática é confusa." Penso que morfologicamente, "A" é um artigo, "Gramática", um substantivo e o termo desta oração "A Gramática" possui um papel na frase, isto é, uma Função Sintática a qual denomino Sujeito (por "A Gramática" concordar em número e pessoa com o verbo). Pareço estar totalmente de acordo com a definição 2 e parcialmente com a definição 1. Logo, a definição 1 estaria errada, pois estaríamos chamando de Sujeito um conjunto de PALAVRAS e não a função (sintática) que essas palavras exercem, o que acho estranho, pois é de se esperar que não haja um erro como esse num livro de língua portuguesa. A definição 3 parece a mim mais compreensível, no entanto não compreendo o que é a Morfossintaxe. Enfim, gostaria do CONCEITO de "Termo da Oração", de "Função Sintática" - uma vez que não encontro em livros - e de "Morfossinxtaxe, e de que me corrigissem em algo que tenha errado.
Sendo difícil perceber a totalidade da definição de sujeito a partir do texto que nos transcreveu, é possível, no entanto, dizer que as três sequências de texto apresentadas não são três definições, mas antes três partes da mesma definição, pois parecem completar-se para dar a noção do que é o sujeito de uma frase.

Assim, o sujeito é de facto um dos termos principais de uma oração (devendo entender-se termo como um elemento constituinte) e é a parte da oração com que o verbo concorda (ex.: A gramática é confusa; As gramáticas são confusas), mesmo quando há inversão da ordem canónica da frase (ex.: Confusa é a gramática; Confusas são as gramáticas). Por este motivo, o sujeito desempenha uma função sintáctica importante na frase (devendo entender-se função sintáctica como uma relação gramatical entre os diferentes sintagmas de uma frase), estabelecendo ligações com os outros constituintes frásicos, nomeadamente relações de concordância, mesmo quando não está explícito na frase (ex.: [eu] Fico atento quando [eu] penso que isso é verdade). O sujeito pode ser constituído por apenas uma palavra (ex.: Maria tem grandes encantos; ela é um doce), por um grupo nominal mais ou menos complexo (ex.: A Maria tem grandes encantos; O irmão da Maria é o João; O pai e a mãe do João e da Maria saíram), ou por uma frase (ex.: Quem comete uma infracção está sujeito às consequências; O facto de ele se ter enganado surpreende-me), mas em qualquer um dos casos trata-se de um grupo nominal (ou de uma função substantiva, como é referido na questão, isto é, de uma função desempenhada por um substantivo ou por um conjunto de palavras com valor de substantivo), sendo que qualquer um dos sintagmas acima pode ser pronominalizado por um pronome pessoal sujeito (ex.: Ela tem grandes encantos; Ele é o João; Eles saíram; Ele está sujeito às consequências) ou por um pronome demonstrativo invariável, no caso de frase completiva (ex.: Isso surpreende-me).

Podemos ainda acrescentar que a morfossintaxe é uma parte da gramática ou da descrição linguística que estuda combinadamente a morfologia e a sintaxe (cujas definições poderá encontrar seguindo as hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa).




O correto é indefiro, por hora, o pedido ou indefiro, por ora, o pedido?
Na frase em questão, a expressão correcta a utilizar parece ser por ora, que significa “por agora”, “por enquanto”. A expressão por hora indica uma periodicidade, sendo parafraseável por “em cada hora” (ex.: o carro atingia a velocidade de 170 quilómetros por hora).
pub

Palavra do dia

a·di·a·fo·ri·a a·di·a·fo·ri·a


(grego adiaforía, -as, indiferença)
nome feminino

1. [Filosofia]   [Filosofia]  Indiferença originada pela impossibilidade de atingir ou compreender a verdade. = ACATALEPSIA, ADIAFORISMO

2. [Medicina, Psicologia]   [Medicina, Psicologia]  Ausência de resposta a estímulos devido a exposição anterior a esses estímulos.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/fast-food [consultado em 31-07-2021]