PT
BR
Pesquisar
Definições



fantasia

A forma fantasiapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de fantasiarfantasiar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de fantasiarfantasiar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
fantasiafantasia
( fan·ta·si·a

fan·ta·si·a

)
Imagem

Roupa que representa um traje típico de uma época, de uma profissão ou um objecto, um animal, uma personagem, uma figura, etc., usada sobretudo como disfarce em festas (ex.: crie a sua própria fantasia de Carnaval).


nome feminino

1. Capacidade para imaginar. = IMAGINAÇÃO

2. Espírito; pensamento, ideia.

3. Vontade passageira.

4. Ficção.

5. Capricho.

6. Gosto extravagante.

7. Roupa que representa um traje típico de uma época, de uma profissão ou um objecto, um animal, uma personagem, uma figura, etc., usada sobretudo como disfarce em festas (ex.: crie a sua própria fantasia de Carnaval).Imagem = DISFARCE, MÁSCARA

8. Obra em que o artista ou o escritor segue a sua imaginação, sem se sujeitar à verdade ou às regras.

9. [Música] [Música] Peça musical em que o compositor, pondo de parte qualquer forma estudada, deixa simplesmente actuar a fantasia da sua imaginação.

10. [Música] [Música] Paráfrase de uma obra musical.

etimologiaOrigem etimológica:latim phantasia, -ae, ideia, noção, fantasma, aparição, do grego fantasía, -as.
fantasiarfantasiar
( fan·ta·si·ar

fan·ta·si·ar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Idealizar; imaginar.


verbo pronominal

2. Vestir-se com traje de Carnaval.

etimologiaOrigem etimológica:fantasia + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "fantasia" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



As palavras segmentos e seguimentos têm o mesmo significado? Ambas podem ser empregadas na seguinte frase: ... em cooperação com outros seguimentos [ou segmentos?], tais como órgãos públicos, universidades?
As palavras segmentos e seguimentos (que se pronunciam de modo semelhante no português do Brasil, mas não no de Portugal) não são sinónimas, ou seja, não têm o mesmo significado, como pode verificar seguindo as respectivas hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Como tal, na frase que refere, a palavra que deve ser usada é segmentos, designando “sectores” (...em cooperação com outros segmentos, tais como órgãos públicos, universidades).



Na frase "aja como homem e pense como mulher", devo usar aja ou haja de agir? Qual é o correto?
Na frase que menciona, Aja como homem e pense como mulher, o termo correcto é aja, forma verbal (3ª pessoa do singular do imperativo, podendo também ser 1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil]) de agir. É uma forma homófona, i.e., lê-se da mesma maneira mas escreve-se de modo diferente de haja, forma verbal (1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil] e 3ª pessoa do singular do imperativo) de haver. Para as distinguir, talvez seja útil ter presente que pode substituir a forma aja (do verbo agir) por actue – “Aja/actue como um homem e pense como uma mulher” – e a forma haja (do verbo haver) por exista – “Haja/exista paciência!”.