Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

exemplarmente

exemplarmenteexemplarmente | adv.
derivação de exemplarexemplar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

e·xem·plar·men·te e·xem·plar·men·te


(exemplar + -mente)
advérbio

De modo exemplar.


e·xem·plar |z|e·xem·plar |z|2


(latim exemplo, -are)
verbo transitivo

1. [Antigo]   [Antigo]  Dar exemplo de.

2. [Antigo]   [Antigo]  Mostrar com ostentação.

3. [Brasil]   [Brasil]  Castigar como exemplo para outros.


e·xem·plar |z|e·xem·plar |z|1


(latim exemplaris, -e)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Que pode ser usado como exemplo ou modelo; que é digno de ser imitado (ex.: filhos exemplares; atitude exemplar). = MODELAR

2. Que serve de lição (ex.: reprimenda exemplar).

3. Em que não há que repreender. = IRREPREENSÍVEL

nome masculino

4. Aquilo ou aquele que deve ser seguido como exemplo. = ARQUÉTIPO, MODELO

5. Modelo que se imita ou que serve para se copiar.

6. Cada uma das reproduções de uma obra (ex.: recebeu um exemplar das actas; foram sorteados 5 exemplares do disco). = CÓPIA

7. Cada uma das unidades de uma série ou colecção (ex.: a estatueta é um exemplar raro).

8. Indivíduo, ser, animal, planta, etc., de uma mesma espécie ou variedade. = ESPÉCIME, ESPÉCIMEN

9. Doente que num hospital serve para estudo da doença que o acometeu.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "exemplarmente" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Por isso: Lembrar-me -ei sempre dos rostos e das mãos que , exemplarmente , me ajudaram a mimar os MEUS velhos Nunca esquecerei que ,há gente que...

Em Tripeiramente

condenáveis dos atletas do Sporting têm de ser punidos, severa e exemplarmente ..

Em Fora-de-jogo

...condenáveis dos atletas do Sporting Clube de Portugal têm de ser punidos, severa e exemplarmente ..

Em O INDEFECTÍVEL

...para a sua classe, l i-o imenso no Diário de Notícias , que dirigiu exemplarmente , e depois na direcção do Diário de Lisboa , o melhor diário que...

Em Abencerragem

ao Tribunal Internacional da Haia e exemplarmente condenado e encarcerado numa prisão de alta segurança, como era a do Forte de...

Em A Quinta Lusitana
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Tenho dúvidas como se escreve: a gerente administrativa ou a gerente administrativo. Qual a forma correta?
A palavra gerente é invariável em género, mas os adjectivos e determinantes que a modificam devem flexionar tendo em conta o sexo da pessoa a que se referem. Assim, deverá escrever o gerente administrativo e a gerente administrativa.



Uma professora minha disse que nunca se podia colocar uma vírgula entre o sujeito e o verbo. É verdade?
Sobre o uso da vírgula em geral, por favor consulte a dúvida vírgula antes da conjunção e. Especificamente sobre a questão colocada, de facto, a indicação de que não se pode colocar uma vírgula entre o sujeito e o verbo é verdadeira. O uso da vírgula, como o da pontuação em geral, é complexo, pois está intimamente ligado à decomposição sintáctica, lógica e discursiva das frases. Do ponto de vista lógico e sintáctico, não há qualquer motivo para separar o sujeito do seu predicado (ex.: *o rapaz [SUJEITO], comeu [PREDICADO]; *as pessoas que estiveram na exposição [SUJEITO], gostaram muito [PREDICADO]; o asterisco indica agramaticalidade). Da mesma forma, o verbo não deverá ser separado dos complementos obrigatórios que selecciona (ex.: *a casa é [Verbo], bonita [PREDICATIVO DO SUJEITO]; *o rapaz comeu [Verbo], bolachas e biscoitos [COMPLEMENTO DIRECTO]; *as pessoas gostaram [Verbo], da exposição [COMPLEMENTO INDIRECTO]; *as crianças ficaram [Verbo], no parque [COMPLEMENTO ADVERBIAL OBRIGATÓRIO]). Pela mesma lógica, o mesmo se aplica aos complementos seleccionados por substantivos (ex. * foi a casa, dos avós), por adjectivos (ex.: *estava impaciente, por sair) ou por advérbios (*lava as mãos antes, das refeições), que não deverão ser separados por vírgula da palavra que os selecciona.

Há, no entanto, alguns contextos em que pode haver entre o sujeito e o verbo uma estrutura sintáctica separada por vírgulas, mas apenas no caso de essa estrutura poder ser isolada por uma vírgula no início e no fim. Estes são normalmente os casos de adjuntos nominais (ex.: o rapaz, menino muito magro, comeu muito), adjuntos adverbiais (ex.: o rapaz, como habitualmente, comeu muito), orações subordinadas adverbiais (ex.: as pessoas que estiveram na exposição, apesar das más condições, gostaram muito), orações subordinadas relativas explicativas (ex.: o rapaz, que até não tinha fome, comeu muito).

pub

Palavra do dia

ga·do·lí·ni·o ga·do·lí·ni·o


([Johann] Gadolin, antropónimo [físico e químico finlandês, 1760-1852] + -io)
nome masculino

[Química]   [Química]  Elemento químico (símbolo: Gd), de número atómico 64, pertencente ao grupo das terras raras.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/exemplarmente [consultado em 07-07-2022]