Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
enredoenredo | s. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de enredarenredar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

en·re·do |ê| en·re·do |ê|
substantivo masculino

1. Intriga; maquinação; tramóia; ardil; mexerico.

2. Mentira que produz inimizades.

3. Acção ou entrecho de romance ou peça de teatro.

4. Mau trabalhador que estorva os outros e não faz quase nada.


en·re·dar en·re·dar - ConjugarConjugar
(en- + rede + -ar)
verbo transitivo

1. Prender na rede.

2. Enlear, entrelaçar, emaranhar.

3. Armar intrigas, enredos.

4. Encalacrar, entalar, comprometer.

5. Tecer o enredo de (obra literária).

verbo pronominal

6. Prender-se na rede.

7. Emaranhar-se.

8. Meter-se em (coisa de que é difícil sair ou levar a cabo).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "enredo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se o verbo vir na frase eu não quero que eles "vão" à festa, está correto e se não qual é a forma correta.
Na frase Eu não quero que eles vão à festa está presente o verbo ir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de cá para lá, ou de um local próximo para um local mais afastado.
Se quiser utilizar o verbo vir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de lá para cá, ou de um local afastado para um local mais próximo de quem fala, deverá utilizar a forma venham.
Em ambos os casos, a frase estará correcta, pois trata-se de formas verbais no presente do conjuntivo (ou presente do subjuntivo, no português do Brasil), por fazer parte de uma oração subordinada completiva ou integrante, que é complemento directo do verbo querer. As duas frases apenas diferem no sentido dado por ser o verbo ir ou o verbo vir.




Tenho, há algum tempo, uma "discussão" com uma amiga relativamente à palavra "espilro". Eu digo que esta palavra existe há muito, muito tempo, ao passo que a minha amiga diz que só passou a existir segundo o novo acordo ortográfico. Podem ajudar a esclarecer-nos?
Não encontrámos uma datação para a palavra espilro, mas esta palavra (e o verbo de que deriva regressivamente, espilrar), provém de uma epêntese em espirro (espirro > espilro) e não terá com certeza surgido como consequência do novo Acordo Ortográfico. Rebelo Gonçalves, no seu Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966) regista espilrar e espilro, afirmando que se trata de um registo popular. Idêntica informação é fornecida pelo Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.
pub

Palavra do dia

são·-vi·cen·ti·no são·-vi·cen·ti·no
(São Vicente, topónimo + -ino)
adjectivo e substantivo masculino
adjetivo e substantivo masculino

1. Relativo à ilha de São Vicente, em Cabo Verde, ou o seu natural ou habitante.

2. Relativo à vila ou ao concelho de São Vicente, na ilha da Madeira, ou o seu natural ou habitante.

3. Relativo ou pertencente a qualquer localidade chamada São Vicente ou o seu natural ou habitante ou o seu natural ou habitante.

Feminino: são-vicentina. Plural: são-vicentinos.Feminino: são-vicentina. Plural: são-vicentinos.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/enredo [consultado em 22-01-2019]