Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
enredoenredo | s. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de enredarenredar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

en·re·do |ê| en·re·do |ê|
substantivo masculino

1. Intriga; maquinação; tramóia; ardil; mexerico.

2. Mentira que produz inimizades.

3. Acção ou entrecho de romance ou peça de teatro.

4. Mau trabalhador que estorva os outros e não faz quase nada.


en·re·dar en·re·dar - ConjugarConjugar
(en- + rede + -ar)
verbo transitivo

1. Prender na rede.

2. Enlear, entrelaçar, emaranhar.

3. Armar intrigas, enredos.

4. Encalacrar, entalar, comprometer.

5. Tecer o enredo de (obra literária).

verbo pronominal

6. Prender-se na rede.

7. Emaranhar-se.

8. Meter-se em (coisa de que é difícil sair ou levar a cabo).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "enredo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Eu posso usar a palavra amiguíssima? Recebi um texto de um autor desconhecido que contém esta palavra: "Mulheres, personalidades honradíssimas Temos nós, orgulho em tê-las. Mãe, amada, irmã... amiguíssimas Impossível não percebê-las. Desde as meigas, às extremistas, Não há quem possa vencê-las." Coloquialmente é errado falar/escrever esta palavra?
O adjectivo amigo aceita um superlativo regular (amiguíssimo) e um irregular (amicíssimo), derivado do superlativo latino.

Por favor, consulte também outra dúvida já respondida sobre o mesmo assunto em superlativos eruditos.




Estou com uma dúvida: o correto será adverti-lo, adverte-lo ou advertê-lo?
Como se trata do verbo advertir, a forma adverti-lo é a forma do infinitivo (advertir) seguida do pronome átono o que assume a forma -lo. Este clítico, assim como as suas flexões a, os e as, quando segue formas verbais terminadas em -r, -s ou -z, apresenta a forma -lo, -la, -los, -las, com consequente supressão de -r, -s e -z. A forma adverti-lo poderia ser usada numa frase como não conseguiu advertir o menino do perigo --> não conseguiu adverti-lo do perigo.

A forma adverte-lo será muito menos usada, pois é a forma do presente do indicativo na segunda pessoa do singular (tu advertes) seguida do pronome átono oque assume a forma -lo, por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece). Poderia ser usada numa frase como tu advertes o menino todos os dias para ele não fazer isso, mas ele faz na mesma --> tu adverte-lo todos os dias para ele não fazer isso, mas ele faz na mesma.

A forma *advertê-lo não corresponde a uma nenhuma forma verbal portuguesa.

pub

Palavra do dia

xi·le·ma |ê| xi·le·ma |ê|
(xilo- + -ema)
substantivo masculino

1. [Botânica]   [Botânica]  Nome científico do tecido vegetal, formado de células vivas, de fibras e de vasos que constituem a madeira. = LENHO

2. Madeira.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/enredo [consultado em 23-01-2019]