Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

diesel-eléctrico

diesel-eléctricodiesel-elétricodiesel-elétrico | adj.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

diesel·-e·léc·tri·co |ét|diesel·-e·lé·tri·co |ét|diesel·-e·lé·tri·co |ét|


adjectivo
adjetivo

[Mecânica]   [Mecânica]  Diz-se de um veículo cuja força é produzida por um motor diesel que acciona um gerador eléctrico que fornece energia aos motores para moverem os eixos. = DÍSEL-ELÉCTRICO

Plural: diesel-elétricos.Plural: diesel-eléctricos.

• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: diesel-elétrico.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: diesel-eléctrico.


• Grafia no Brasil: diesel-elétrico.

• Grafia em Portugal: diesel-eléctrico.
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

E a mobilidade no futuro? Eléctrico ou a Diesel ? O consenso está difícil. Eis um ótimo artigo de opinião do Professor Manuel João Ramos, Prof. Associado, ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa Já alguém se colocou a hipótese de que, se calhar, há mais que um inimigo e estamos a espadeirar contra

Em Tupiniquim

primeiros nove meses do ano entre os automóveis não movidos exclusivamente a gasolina ou diesel . Tal como os clientes particulares, os clientes empresariais também estão a aderir à electrificação. Mais de 8.000 da totalidade foram entregues a frotas empresariais por toda a Europa. O novo Nissan LEAF tem por

Em www.infomotors.net

capacidade de carga, beneficiem da eficiência e requinte de um propulsor eléctrico em diversos cenários de condução, mantendo, ao mesmo tempo, a autonomia e a liberdade de utilização oferecidas por um motor a gasolina tradicional. O elegante formato de carroçaria da Mondeo Station Wagon foi desenvolvido

Em www.infomotors.net

arrancador baseado numa bateria de polímeros de lítio, consegue efectuar até 25 arranques de uma viatura com sistema eléctrico de 12 volts, desde que com motores com menos de 4.0 litros de cilindrada, caso funcionem a gasolina, e 2.5 litros se a diesel . Existem numerosos modelos, com preços completamente

Em Ver

O novo Nissan LEAF é o automóvel eléctrico mais vendido em Portugal nos primeiros sete meses do ano, e em Maio último estabeleceu um novo recorde e facto inédito em Portugal: foi líder de vendas entre os ' não Diesel ou gasolina '! De facto, numa altura em que as vendas de automóveis de zero

Em www.infomotors.net
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Como se escreve: quere-la ou querêla?
As grafias quere-la, querê-la e querela são formas parónimas, isto é, formas diferentes com grafia e som semelhantes.

As formas quere-la e querê-la correspondem a formas verbais do verbo querer seguidas do clítico a, na forma -la (o pronome clítico -a assume a forma -la quando a forma verbal que o precede termina em -r, -s ou -z); quere-la pode transcrever-se foneticamente ['k3rilá] e corresponde à segunda pessoa do presente do indicativo (ex.: tu queres a sopa? = quere-la?), enquanto querê-la pode transcrever-se foneticamente [ki'relá] e corresponde ao infinitivo (ex.: para alcançares alguma coisa, tens de querê-la muito).

A grafia querela pode transcrever-se foneticamente [ki'r3lá] e corresponde a um substantivo feminino, cujo significado poderá consultar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.




1. Mal-formação ou malformação genética? Plural: malformações? 2. Como é mais correto: má perfusão ou mal-perfusão? Ex.: "hipofluorescência por má perfusão sub-retiniana compatível com degeneração miópica" // "hipofluorescência por mal-perfusão sub-retiniana compatível com atrofia central areolar".
Em relação à primeira dúvida, a grafia correcta é malformação (plural: malformações), como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.

Quanto à segunda dúvida, o termo que questiona não se encontra registado nos dicionários consultados nem como malperfusão (cuja forma correspondente inglesa malperfusion é de uso generalizado), nem como má-perfusão, pelo que se aconselha a grafia de locução: má perfusão.

Esta dúvida retoma a questão sobre o uso do advérbio mal justaposto a um substantivo: de acordo com as regras da língua portuguesa, um substantivo (ex.: ) é geralmente modificado por um adjectivo (ex.: ), o que está na origem de formas como má-fé (e não malfé), enquanto um verbo (ex.: fadar) é habitualmente modificado por um advérbio (ex.: mal), o que está na origem de formas como malfadar (e não maufadar).

Esta polémica já se fez sentir relativamente ao par malformação/má-formação, tendo o uso consagrado a forma malformação, seja por influência das formas francesa e inglesa malformation, seja pela percepção de mal- como um prefixo. Aliás, segundo o Vocabulário da Língua Portuguesa de Rebelo Gonçalves (Coimbra: Coimbra Editora, 1966, p. 630), o prefixo mal- escreve-se com hífen apenas quando o elemento que se lhe segue começa por vogal (ex.: mal-estar) ou h (ex.: mal-humorado); nos restantes casos, é sempre aglutinado (ex.: malcriado, malquerente, malsão).

Esta reflexão pode aplicar-se a ainda outras palavras como malcriação, malquerença ou malsonância.

pub

Palavra do dia

mi·o·clo·ni·a mi·o·clo·ni·a


(mio- + grego klónos, -ou, movimento confuso, agitação + -ia)
nome feminino

[Medicina]   [Medicina]  Contracção muscular rápida e involuntária de um ou de vários músculos, geralmente repetida com intervalos variáveis. = MIOCLONISMO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/diesel-el%C3%A9ctrico [consultado em 13-08-2022]